Resenha | O Retorno, de Nicholas Sparks

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

 Você já se perguntou se existe uma hora certa para o amor? Em O Retorno, lançamento do meu autor favorito Nicholas Sparks, publicado pela Editora Arqueiro, somos apresentados para uma história de amor, recomeços e superações.

o retorno


Trevor Benson não estava planejando voltar para New Bern, uma cidade na Carolina do Norte. Mas após ouvir as últimas palavras de seu avô no leito de morte, ele decidiu retornar ao lugar e para a velha casa onde seu avô viveu por tantos anos.

A sua volta para New Bern será um completo mistério e recheado de segredos. Na sua jornada, ele cuidará das colmeias, uma adolescente chamada Callie aparecerá em sua vida, dizendo que era amiga de seu avô e seu coração baterá mais forte ao conhecer Natalie Masterson, a policial da cidade.


"A vida nos oferece novos rumos o tempo todo, e nesse processo nós crescemos e mudamos. Quando olhamos pelo espelho retrovisor, temos um vislumbre de eus anteriores que podem ser irreconhecíveis." (pág. 07)


Assim como Trevor, Natalie também possui segredos. Porém, juntos, vão desvendar todo o mistério da jovem Callie e o porque ela está sozinha e solitária naquela cidade. E, aos poucos, Trevor vai entender o que tanto atormenta a vida da policial.

o retorno


Dizer que eu estava com saudade da escrita do Nicholas Sparks é pouco! Sempre quando procuro algum romance com drama, sei exatamente onde encontrar. O autor sabe como encher o nosso coração com tudo isso e em O Retorno, ele ainda apresentou uma pitadinha de mistério.


"A vida nos oferece novos rumos o tempo todo, e nesse processo nós crescemos e mudamos. Quando olhamos pelo espelho retrovisor, temos um vislumbre de eus anteriores que podem ser irreconhecíveis." (pág. 07)

 

Venho percebendo que em suas últimas obras, assim como No Seu Olhar e Dois a Dois, ele vem apresentando algo diferente em sua narrativa. Apesar da gente encontrar drama, não é exatamente como em Um Amor Para Recordar, por exemplo. O livro emociona, mas não nos faz soluçar de tanto chorar.

Não que isso seja ruim, porque não é. Eu leria até a lista de supermercado desse homem, mas devo ressaltar que eu sinto falta daquele dramalhão todo que somente Sparks é capaz de nos proporcionar.


“Mas o que posso dizer é que aprendi que a vida nunca segue exatamente o rumo que imaginamos.” (pág. 22)

 

o retorno

Ainda assim, O Retorno é uma obra linda. Foi uma leitura que me instigou muito logo de cara e fiquei bem envolvida com o desenrolar da trama. Ao longo dos capítulos, fiquei me perguntando o que tanto atormentava a vida de Natalie. Criei inúmeras teorias, mas o que realmente aconteceu, foi inesperado para mim. Uma grande surpresa, eu diria.

Temos a Callie, uma personagem que a gente também se apega. A sua jornada, tudo que aconteceu em sua vida, é algo que nos traz ensinamentos e nos faz refletir. Quantas vezes pensamos que as pessoas estão com raiva da gente por determinada atitude, mas que nem sempre é assim? Muitas vezes colocamos coisas em nossas cabeças sem nem ao menos ouvir o outro.


“Mas, como acabei aprendendo, amizades não são assim. As circunstâncias mudam, as pessoas também.” (pág. 100)


Por fim, toda a narrativa é feita em na perspectiva de Trevor. Então conseguimos entender perfeitamente a sua jornada e até mesmo um pouco de seu passado já que o mesmo não foi explorado completamente. O autor focou na sua chegada na cidade e na sua nova rotina.

o retorno

Essa obra me tocou bastante. Me fez perceber que existe o tempo certo para o amor. Que tudo tem o momento e a hora certa para acontecer. A gente pode desejar que as coisas acontecem nesse exato momento, como num piscar de olhos, mas como tudo em nossa vida, existe um propósito; existe um porquê.


“As pessoas são complexas, a vida raramente se desenrola da forma como imaginamos, e as emoções podem ser contraditórias.” (pág. 138)

 

O Retorno me ensinou também a importância do perdão. A importância de seguir em frente, mesmo que em alguns momentos precisemos olhar para trás. É importante que para algumas coisas em nossa vida, a gente tenha uma perspectiva do passado e nos faça enxergar um futuro de uma maneira diferente.


Com sua escrita envolvente, Nicholas Sparks apresentou um drama familiar e uma história de amor, acrescentou uma pitadinha de drama e mistério, e fez um livro apaixonante. Uma leitura para aquecer o coração.


“Perdoar não quer dizer que você esqueceu ou que parou de querer mudar o passado. Quer dizer que você aceita a ideia de que não é perfeita, porque todos cometemos erros. E coisas terríveis podem acontecer com qualquer um.” (pág. 267)

 


Outras obras do autor já resenhadas por aqui:


o retorno
Adicione no Skoob | Compre na Amazon

Título original
: The Return
Escritor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Tradução: Ricardo Quintana
Páginas: 288
Lançamento: 2020
Gênero: romance / drama familiar

SINOPSE
Existe uma hora certa para o amor?
 
Trevor Benson não estava planejando voltar para New Bern, uma cidadezinha na Carolina do Norte. Porém, após ouvir as últimas e enigmáticas palavras do avô no leito de morte, ele decide passar um tempo na velha casa que herdou.
    
Decidido a cuidar das colmeias da propriedade, Trevor nem pensa em se apaixonar. Porém, assim que vê Natalie Masterson, sente uma atração impossível de ignorar. Ela parece corresponder, mas se mantém distante, como se escondesse algo.

Em New Bern, ele também conhece Callie, uma adolescente reservada que era amiga de seu avô. Trevor acha que pode conseguir respostas sobre as circunstâncias misteriosas da morte dele, mas ela oferece poucas pistas – até que uma reviravolta lhe dá uma nova perspectiva.

2 comentários

  1. Amei essa resenha! Me deixou com vontade de ler o livro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado :D Nicholas é maravilhoso e vale a pena conhecer essa obra.

      Excluir