Mostrando postagens com marcador jovem adulto. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador jovem adulto. Mostrar todas as postagens

Resenha | Os nossos refúgios, de Emma Lord

quinta-feira, 23 de maio de 2024

 Você já se sentiu perdida de você mesma? Riley está se sentindo da mesma forma e agora, no dia de sua formatura do Ensino Médio, ela vê a oportunidade perfeita para se reencontrar.

Emma Lord
Leia mais

Resenha | A revolução da rosa, de Emma Theriault

terça-feira, 21 de maio de 2024

 França, 1789. Após Bela ter quebrado a maldição da Fera e ele ter retornado à sua forma humana, agora ela precisa lidar com as chamas da mudança que estão se alastrando em um prenúncio à Revolução Francesa.

Emma Theriault



Nessa releitura de um clássico da Disney, acompanhamos Bela em uma jornada um pouco diferente. Após ter quebrado a maldição que assombrou a Fera e todos do castelo por anos, Bela agora precisa lidar com uma nova questão que determinará muitas coisas em sua vida e, principalmente, de todos os moradores de Aveyon.

Quando ela se depara com um espelho mágico que contém um aviso terrível, tudo que Bela deseja é simplesmente ignorar aquela voz misteriosa, porém, como fazer isso quando facções revolucionárias já podem estar à espreita no próprio palácio?

Então, para não colocar em perigo tudo o que ela mais ama, Bela deve decidir se está pronta para abraçar a própria força e a magia que liga a tantas governantes que vieram antes dela e se tornar a rainha destinada a ser.

Emma Theriault

"A Bela e a Fera" é um dos meus clássicos favoritos de todos os tempos e quando soube desse lançamento, fiquei completamente intrigada em dar uma chance, afinal, a gente sempre quer saber o que acontece além do "felizes para sempre", né?

Comecei a leitura bem envolvida com a jornada da Bela em descobrir mais sobre si mesma. Em certo momento percebemos que ela libertou a Fera, mas o que mais? O que mais ela pode fazer? Ela percebe que muitas mudanças precisam acontecer em Aveyon, ao reino. Mas como fazer tudo isso?

É quando a Fera se torna o rei de Aveyon e ela percebe que existe uma grande responsabilidade e não somente para ele. Desse momento em diante, com a descoberta do espelho mágico que a deixou intrigada e todos os acontecimentos em sua volta, é quando Bela precisa tomar algumas decisões importantes.

E gostei de acompanhar essa trajetória ao longo dos capítulos. Com toda a sua delicadeza e elegância, Bela soube como mostrar a sua voz. Ela soube como conduzir um reino inteiro com toda a sua sabedoria e fazer o possível pelo seu povo. Soube como mostrar à rainha que ela estava determinada a ser.

Então, nessa releitura, conhecemos além daquela história fofa e apaixonante, afinal, aqui temos uma Revolução Francesa prestes a acontecer, onde envolve muita questão política, social e alguns outros pontos. Isso foi o que mais me deixou envolvida com a história.

Apesar de ter gostado da trama e o seu desenvolvimento, a escrita da Emma Theriault não me fisgou completamente, pois, em alguns momentos, senti que existia uma personagem bem juvenil. Claro que Bela estava despreparada para tudo que iria enfrentar em sua jornada, porém, a linguagem usada me deixou um pouco desconectada com o resto, principalmente por outras questões importantes apresentadas ao longo dos capítulos.

Mas, exceto isso, "a revolução da rosa" foi uma leitura que me intrigou em diversos momentos. Uma história onde percebemos a evolução da personagem, em como ela soube escolher o melhor caminho para cuidar das pessoas que ela amava e de todo o reino e em como, muitas vezes, precisamos estar atentos às pequenas coisas em nossa volta. Basta apenas uma simples fagulha para mudar tudo.


COMPRE NA AMAZON — clique aqui.

Emma Theriault
Título original: Rebel Rose
Escritora: Emma Theriault
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 336
Ano: 2024
Gênero: jovem adulto
Classificação: +14

SINOPSE
França, 1789. Bela quebrou a maldição da feiticeira, devolvendo à Fera sua forma humana e enchendo o castelo de vida outra vez. Em Paris, porém, as chamas da mudança se alastram em um prenúncio à Revolução Francesa, e é apenas uma questão de tempo até que a rebelião chegue ao principado de Aveyon.

Quando Bela se depara com um espelho mágico imbuído de um aviso terrível, tudo o que deseja é ignorar a voz misteriosa que a impele a aceitar uma coroa que nunca quis. Mas facções de revolucionários violentos já podem estar à espreita dentro do próprio palácio, e ficar de braços cruzados pode pôr em perigo tudo o que ela mais ama. Com o destino de seu país, seu amor e sua vida em jogo, Bela deve decidir se está pronta para abraçar a própria força – e a magia que a liga a tantas governantes que vieram antes dela – para se tornar a rainha que está destinada a ser.

Leia mais

Resenha | Te vejo ontem, de Rachel Lynn Solomon

terça-feira, 30 de abril de 2024

 E se você tivesse apenas o hoje, o que faria diferente?

Rachel Lynn Solomon



Barrett está empolgada para começar a faculdade. O Ensino Médio não foi muito legal, principalmente as últimas semanas. Muitas coisas aconteceram em sua vida e tudo que ela deseja é que agora, na faculdade, ela possa viver tudo de uma maneira melhor, porém, nem tudo é como ela desejava.

Em seu primeiro dia na universidade, Barrett descobre que Lucie é a sua colega de quarto. O problema é que elas costumavam serem amigas, mas algumas coisas aconteceram e Lucie não a suporta mais. Como vai conseguir fazer com que esses anos de faculdade sejam bons?

Como se isso já não bastasse, o final desse dia se demonstra um completo desastre e é quando, ao acordar na manhã seguinte, é 21 de setembro de novo. Barrett não consegue entender o que aconteceu e como isso é possível, mas ela está revivendo o mesmo dia e isso começa a acontecer por várias semanas seguintes.

Só que para ajudá-la nessa descoberta, Miles, o carinha da turma de física que a irritou logo nos primeiros minutos de aula, também está preso nesse dia há meses e é quando, juntos, vão tentar desvendar esse enigma e voltarem para suas antigas vidas.

Rachel Lynn Solomon

Te vejo ontem” foi uma leitura que alugou um triplex em minha cabeça, principalmente por conta das questões de viagens no tempo, vida alternativa e infinitas possibilidades.

Assim que comecei a leitura, achei que não iria conseguir me apegar tanto a trama e a personagem porque Barrett parecia um pouco chata. Quando ela fica presa no mesmo dia, é compreensível as suas atitudes e a forma que ela tenta lidar com isso.

Então, até aí, a leitura estava boa, mas era só isso. Só que a história foi ficando melhor quando Miles surge e começa a compartilhar suas teorias sobre o motivo de estarem presos nesse dia. Foi quando fiquei completamente presa e envolvida na trama.

Claro que inicialmente fiquei um pouco confusa com todas essas questões abordadas ao longo dos capítulos, mas, aos poucos, fui entendendo todas as teorias, em como os acontecimentos poderiam estar interligados e extremamente curiosa de como iriam resolver isso (se iriam) e se mudaria algo na linha do tempo.

Além desses pontos mais complexos ao longo da leitura, Rachel Lynn Solomon também trouxe diversas outras questões ao longo da narrativa, sobre em como o bullying pode afetar a vida de alguém e a dor pode ser algo constante a partir desse ato, ocasionando vários “bloqueios” ao longo da jornada da pessoa; trouxe representatividade, mesmo que de uma maneira sútil, e algumas reações como ataques de pânico e ansiedade.

A autora também trouxe muitas reflexões ao longo das páginas. O que faria a gente ficar presa em um único dia? O que daria para fazer diferente? O que precisaria ser diferente? Será que o problema está nesse dia ou em algo relacionado a ele? 

É impossível dizer, mas o que aprendemos com essa obra é que precisamos viver intensamente o hoje. Não sabemos se o amanhã irá chegar. É importante ser bondoso, gentil e cuidadoso com as palavras para não machucar pessoas que amamos, mas também podemos consertar nossos erros enquanto podemos.

E é claro que além de tudo já citado, também teve romance ao longo da trama. Rachel soube como mostrar, mesmo que de uma maneira singela, os receios e traumas da Barrett, o que tanto incomodava Miles em sua outra linha do tempo, em como eles eram diferentes em algumas coisas, mas também tinham muito em comum e como esse acaso acabou traçando essa possibilidade para eles.

Esse foi meu primeiro contato com a escrita da autora e eu adorei como ela soube desenrolar tudo perfeitamente bem ao longo dos capítulos. Fiquei realmente apaixonada pelo desenvolvimento, pelas questões abordadas e pelo desenrolar dos personagens.

Então, “te vejo ontem” é um livro sobre possibilidades, novos começos, novas oportunidades. Um livro jovem adulto, com uma boa dose de humor e elementos essenciais que completaram perfeitamente a trama.


COMPRE NA AMAZON — clique aqui.

Rachel Lynn Solomon
Título original: See you yesterday
Escritora: Rachel Lynn Solomon
Editora: Galera
Páginas: 378
Ano: 2023
Gênero: jovem adulto
Classificação: +15

SINOPSE
É o primeiro dia da universidade.

O único desejo de Barrett Bloom é que este seja um novo começo após a experiência complicada que foi o ensino médio. Mas, logo de cara, tudo dá errado.

Ela é humilhada pelo sabe-tudo da turma de física, estraga a entrevista para o jornal da faculdade e, em uma festa naquela noite, acidentalmente incendeia uma fraternidade. Depois de entrar em pânico e fugir, percebe que sua colega de quarto a trancou fora do dormitório, e acaba caindo no sono na área comum dos alunos.

Na manhã seguinte, Barrett ainda não está pronta para encarar um novo dia. Mas, para sua surpresa, acorda em sua própria cama, e nem está mais cheirando a cinzas e sonhos despedaçados. Algo muito estranho está acontecendo: é 21 de setembro. De novo! E depois de um confronto com Miles, o sabe-tudo da turma de física, ela descobre que não está sozinha. Ele está preso no mesmo dia há meses.

Quando suas tentativas de consertar a linha do tempo falham, ela concorda em se unir a Miles para encontrar uma saída. Juntos, eles exploram o misterioso submundo da universidade e pesquisam alternativas científicas para se livrarem do loop temporal. Aos poucos, Barrett e Miles começam a se apaixonar, e se deparam com a maior questão ainda não respondida do universo: o que acontecerá com os dois se eles finalmente chegarem ao amanhã?

Ela precisa apenas que amanhã seja um novo dia... Mas nunca é.

Leia mais

Resenha | Mil vezes amor, de Lynn Painter

sexta-feira, 22 de março de 2024

 Já imaginou ficar presa no mesmo Dia dos Namorados por vários e vários dias? Mas não de um jeito romântico, afinal, tudo de complicado que poderia acontecer nesse dia, aconteceu.

Lynn Painter

Leia mais

Resenha | A noite do crime (Agathas #2), de Kathleen Glasgow e Liz Lawson

quarta-feira, 20 de março de 2024

 No último dia das bruxas, Alice e Íris desvendaram um dos mistérios envolvendo uma jovem do colégio e evitaram que uma pessoa inocente fosse presa. Mas será que a Enseada do Castelo não esconde ainda mais segredos?

Kathleen Glasgow e Liz Lawson

Leia mais

Resenha | Agathas, de Kathleen Glasgow e Liz Lawson

terça-feira, 19 de março de 2024

 E se em sua vida acontecessem vários mistérios, estilo as obras da Agatha Christie, você faria o possível para solucioná-los?

Kathleen Glasgow e Liz Lawson

Leia mais

Resenha | Tudo me leva até você, de Nina LaCour

quarta-feira, 24 de janeiro de 2024

 Descobrir uma carta poderia ser algo simples, mas não para Emi e sua melhor amiga. Após lerem as palavras daquele pequeno papel, elas decidiram buscar respostas e essa foi a melhor coisa que fizeram.

Nina LaCour

Leia mais

Resenha | Melhor do que nos filmes, de Lynn Painter

terça-feira, 23 de janeiro de 2024

Com diversas referências de filmes dos anos 2000, mas também alguns mais antigos, "melhor do que nos filmes" me conquistou desde a primeira página!

Lynn Painter

Leia mais

Resenha | Minha vida com os garotos Walter, de Ali Novak

terça-feira, 19 de dezembro de 2023

 Imagina você ter que morar em uma casa com 11 garotos, como isso seria? É o que Jackie, nossa personagem principal, vai passar em sua vida após perder toda a sua família.

Ali Novak

Leia mais

Resenha | Deu Match, de Emma Lord

terça-feira, 5 de setembro de 2023

Já pensou em realizar um teste de DNA para ajudar um amigo e com isso acabasse descobrindo que você tem uma irmã? É o que vamos encontrar na história de "deu match".

Emma Lord

Leia mais

Resenha | Se ele estivesse comigo, de Laura Nowlin

quinta-feira, 29 de junho de 2023

 Como mudar o destino das coisas que acontecem em nossas vidas? É impossível mudar o rumo de certos momentos e é exatamente isso que a autora Laura Nowlin vai retratar ao longo de "se ele estivesse comigo".

Laura Nowlin

Leia mais

Resenha | Uma tempestade de verão, de K. L. Walther

terça-feira, 30 de maio de 2023

 Como recomeçar a vida após perder uma pessoa tão amada como a sua irmã? Exatamente nessa nova jornada de sua fase que vamos conhecer mais sobre Meredith em "uma tempestade de verão".

K. L. Walther

Leia mais

Resenha | Menina feita de estrelas, de Ashley Herring Blake

segunda-feira, 3 de abril de 2023

 Quando a constelação de Gêmeos despontava no céu, nasceram Mara e Owen. Uma irmã e um irmão unidos pelos astros. Até que um acontecimento muda completamente o relacionamento deles.

Ashley Herring Blake

Leia mais

Resenha | A poção secreta (Potion #1), de Amy Alward

quinta-feira, 23 de março de 2023

 Uma poção do amor foi tomada acidentalmente e a Princesa do Reino de Nova acaba se apaixonando por si mesma. Como mudar essa situação? É exatamente nesse ponto que vamos conhecer a história de "a poção secreta".

Amy Alward

Leia mais

Resenha | A anatomia de um coração, de Jenn Bennett

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2023

 Sabe quando você não se importa com o que falam sobre você? Mesmo que isso te afaste de qualquer tipo de relacionamento? Exatamente como Beatrix, de "a anatomia de um coração", se sente.

Jenn Bennett

Leia mais

Resenha | Tweet Cute, de Emma Lord

segunda-feira, 16 de janeiro de 2023

 Se tem uma palavra perfeita para descrever essa obra é: viciante! Tweet Cute, escrito por Emma  Lord e publicado pela Plataforma21, vai contar uma história jovem, com muitas alfinetadas em redes sociais e uma paixão secreta.

Emma Lord
Leia mais

Resenha | Já disse que sinto sua falta? (Já Disse Que Te Amo #3), de Estelle Maskame

sexta-feira, 14 de outubro de 2022

 E a tão esperada conclusão, principalmente para quem sofreu uma montanha-russa de emoções nos livros anteriores, chegou. Finalmente fiz a leitura de "já disse que sinto sua falta?", de  Estella Maskame, e tenho tanto para falar sobre ela.

Estelle Maskame

Leia mais

Resenha | Já disse que preciso de você? (Já Disse que Te Amo #2), de Estelle Maskame

terça-feira, 11 de outubro de 2022

 Prepara-se para embarcar para Nova York e ficar sem fôlego, ter vários surtos em cada virar de página com "já disse que preciso de você?", escrito por Estelle Maskame.

Estelle Maskame

Leia mais

Resenha | Nós somos inevitáveis, de Gayle Forman

quarta-feira, 28 de setembro de 2022

 Você acredita que os livros são realmente um milagre em nossa vida? Eu realmente acredito nisso, mas Aaron não acredita mais, pois sua fé acabou e é o que vamos descobrir mais em Nós Somos Inevitáveis, lançamento da Gayle Forman.

Gayle Forman

Leia mais

Resenha | Intensa, de Tahereh Mafi

segunda-feira, 19 de setembro de 2022

A vida de Shadi está desmoronando, seu povo perseguido e o seu coração está partido. Seria possível encontrar esperança em meio a um cenário de guerra? É exatamente o que Tahereh Mafi mostra em Intensa.

Tahereh Mafi

Leia mais