Você conhece a Coleção Romântica da VR?

sexta-feira, 13 de janeiro de 2023

 A Coleção Romântica da VR Editora é composta por livros de romance apaixonantes e que tenho certeza que vai conquistar todos apaixonados pelo gênero. Por isso, decidi fazer esse post contando quais são os livros já publicados pelo selo. 

VR Editora


Voltar para mim


Laura G. Miranda
Gina deseja voltar a ser a mulher que habita o próprio corpo. Aos 45 anos, é excelente profissional, financeiramente estável e tem uma família exemplar. Ela se vê, entretanto, presa num mundo que não a preenche mais e deseja romper essas correntes. É quando decide fazer uma viagem – deixando muitas incertezas naqueles que ficam. Em sua jornada, inevitavelmente será julgada, porém ela sabe que precisa seguir em frente. Reencontrar a si, porque toda mulher merece ser feliz. 


Alma Armênia

Magda Tagtacian
Alma é uma mulher em sua maturidade. Descendente de armênios que migraram para a América, cresceu rodeada das histórias e da culinária de sua terra. Por meio dos relatos de seus avós, também aprendeu sobre a luta do povo armênio, numa guerra que parece nunca ter fim. Em seu trabalho como jornalista do Boston Times, Alma conhece Lucciano, fotógrafo com quem viaja para cobrir uma pauta do jornal. Nesta viagem surge uma conexão especial entre os dois e, com o passar dos anos, fica cada vez mais evidente o magnetismo irresistível que os envolve. Há, no entanto, um problema: Lucciano, além de filho do editor-chefe de Alma, é casado. Para completar, depois de 18 anos trabalhando no jornal, Alma não se identifica mais com o lugar e precisa finalizar este ciclo. Em meio às turbulências da paixão e da necessidade de mudança, ela decide viajar ao Oriente Médio para se reconectar com suas raízes. Nessa jogada perspicaz, ela encontrará muito mais do que imagina: conflitos internos e externos com uma infinitude de possibilidades.



Tinha que ser você

Georgia Clark
Nos últimos vinte anos, o casal Liv e Eliot Goldenhorn administrou a "Amor em Nova York", uma empresa de assessoria de casamentos. Quando Eliot morre abruptamente, ele deixa metade do negócio para sua amante, a jovem Savannah. A experiente Liv, então, precisa lidar com a presença de Savannah. Mas o que começa como um pesadelo pessoal e profissional se transforma em algo que nem mesmo a impetuosa Liv Goldenhorn poderia imaginar. Tinha que ser você habilmente reúne Liv, Savannah e casais tão diversos e únicos como a própria cidade de Nova York, em um enredo cheio de humor trançado ao estilo do já clássico filme Simplesmente Amor. 


O fio que nos une

Deborah Strougo
Após perder o noivo em um acidente, Letícia se fecha para o mundo, desacreditando no amor com a certeza de que seu coração nunca mais poderá se recuperar. Até que, um dia, sua grande amiga Marina a leva para um festival no bairro japonês da cidade, e Letícia acaba fazendo um pedido no santuário local.

É quando coisas misteriosas começam a acontecer e nossa protagonista se vê numa missão um tanto inesperada: juntar as almas gêmeas conectadas pelo misterioso fio vermelho do destino. Além de ser obrigada a bancar um tipo de “cupido” para pessoas que nem imaginava, a situação de Letícia se complica mais ainda quando Thiago – o novo colega de escritório que sempre usa camisetas engraçadas e é todo trabalhado nas referências geek – surge em sua vida mostrando que o amor pode, sim, renascer após tanta dor.


A caixa de música

Lu Piras
No final do século 19, Carolina é a filha do dono da maior fábrica de tecidos do Rio de Janeiro, mas esconde da família o sonho de se tornar estilista. Num acordo com um coronel do café, o pai da moça a promete em casamento a um homem que ela não ama. Beatriz é estudante de moda na mesma cidade, mas em nosso tempo: o século 21. Ela deseja participar de um importante desfile que poderá abrir muitas portas para sua carreira. Às vésperas do evento, porém, a pandemia de Covid-19 faz o mundo parar, afastando-a de sua grande oportunidade. Decepcionadas com suas perspectivas de futuro, as duas têm em comum mais do que sonhos interrompidos. Vivendo em séculos diferentes, Carolina e Beatriz não se conhecem, mas estão misteriosamente conectadas por uma caixa de música – e este pequeno objeto mágico dará a cada uma a chance de revolucionar a própria vida, mudando seus destinos para sempre.


Até que o inferno nos separe

Sarah Hogle
Naomi Westfield é noiva do homem perfeito, com quem jamais teve uma briga sequer: Nicholas Rose abre portas para ela, lembra-se de seus pratos prediletos... além de vir de uma família influente, da qual qualquer pessoa adoraria fazer parte. Os dois estão organizando um casamento luxuoso que acontecerá em três meses ― e Naomi está totalmente cansada de Nicholas. Ela quer fugir, mas há um problema: quem terminar o noivado terá que pagar todos os custos da festa de casamento. Quando Naomi descobre que Nicholas também está fingindo contentamento, os dois começam a se enfrentar em uma batalha cheia de armadilhas e emoções. Mas, com a contagem regressiva para o casamento cada vez mais apertada, Naomi percebe sua determinação em jogar tudo para o alto diminuir. Isto porque, agora que ambos não têm nada a perder, finalmente estão sendo eles mesmos ― e se divertindo com a última pessoa que esperavam: um com o outro.

Postar um comentário