RESENHA | Véspera de um reencontro: uma linda história de natal

Véspera de um reencontro” foi o primeiro recebido em parceria com a editora Coerência neste ano. Esse é um livro de contos, onde conhecemos dez escritas diferentes, mas todas interligadas à uma única família: a família Villas Boas.

editora coerência

O ENREDO

Nessa história conhecemos um pouco mais sobre o Villas Boas e todos os seus problemas. Afinal, qual família não têm problemas? Nenhuma é perfeita e nem todas seguem uma tradição, principalmente no natal.

É assim que a história começa: contando um pouco mais sobre cada um da família, os sonhos, os desejos e como gostaria que família ficasse unida novamente, principalmente nessa época tão maravilhosa.

editora coerência
Durante os acontecimentos o leitor começa a questionar se realmente é possível manter essa família unida de novo, pois são diversas circunstâncias que fica difícil acreditar. Mas é com um bom desenrolar que tudo se encaixa.

OS PERSONAGENS

É difícil falar dos personagens, pois alguns conquistaram mais do que os outros. Aliás, sempre temos alguém na família que não somos não próximos, não é mesmo? E não foi diferente durante a leitura.

Como cada personagem tem vida por um autor diferente, você consegue entender pontos de vista diferentes, os anseios e os medos de cada um. O desejo de ter a família de volta ou até mesmo a vontade de mostrar que está melhor do que aparenta.

Cada personagem possui uma característica diferente, mas o que faz você pensar que em cada família também é assim: existe aqueles que gostaria de ter todos juntos, aqueles que buscam perdão, aqueles que tentam resolver os conflitos...

Toda família tem sua particularidade e durante os contos de “véspera de um reencontro” conhecemos um pouco mais dessa grande família. Em certo momento, com certeza, você vai se identificar com algum dos personagens apresentados.

editora coerência

A NARRATIVA

Sabe o que mais gostei durante a narrativa? Foi conhecer diversas narrativas diferentes. Apesar de ser uma única família, o livro traz dez autores nacionais e com isso, dez narrativas diferentes; forma de escritas diferentes. E isso foi uma experiência diferente e única.

Alguns autores eu já conhecia a escrita, como era o caso de Helô Delgado (entre laços e conflitos), Giovanna Vaccaro (e se... e procura-se um coração) e Deborah Strougo (inesperadamente você e de repente nós dois). Outros eu tive a oportunidade de conhecer e me surpreender, como foi o caso do Robson Cuer.

Cada conto me conquistou de alguma maneira, mas preciso dizer que a forma como o Robson narrou alguns fatos, me deixou surpresa e até mesmo com o coração na mão. Ele trouxe um drama diferente para a história e que, particularmente, amei!

editora coerência
Os outros autores também possuem uma narrativa fluída. Gostei muito de me aventurar pela família Villas Boas e vivenciar cada momento de uma maneira diferente. Fiquei até curiosa em ler outros livros dos autores que participaram desse livro de contos.

FINALIZANDO...

Véspera de um reencontro” é aquele livro cheio de amor, conflito, descoberta e perdão. Vivemos diversos momentos com os personagens da família Villa Boas, descobrimentos histórias instigantes e sentimentos a importância do natal na vida de cada pessoa.

Para quem é apaixonado pelo natal, assim como eu, pode acrescentar esse livrinho para ler nessa época. Se eu amei lendo agora, imagina em um clima natalino... vai conquistar ainda mais!

Na própria capa diz: “uma linda história de natal” e, sem dúvidas, é uma linda história, com muitas lições e descobertas. Vale a pena conhecer.


Avaliação: 4 ❤ - adicione no skoob: véspera de um reencontro

Título original: Véspera de um reencontro

Escritora: Eliana Portella, Helô Delgado, Giovanna Vaccaro, Deborah Strougo, Daiane Galego, Kate Willians, Robson Cuer, Vinicius Silva, Kimberly Mascarenhas e Raphael Miguel
Editora: Coerência
Páginas: 165
Lançamento: 2018
Gênero: contos / literatura nacional


SINOPSE
Nem toda família segue as tradições. Algumas se perdem com o passar dos anos. Outras acabam se afastando por intrigas. A família de Heitor Villas Boas faz parte desse grupo. Construir um império empresarial e financeiro não bastou para manter sua família unida. Cada um seguiu seu caminho, alguns sentem falta, outros realmente não se importam.
Seria possível reunir uma família assim? Que há muito tempo se esqueceu que existe amor e esperança? Uma família. Muita história. Amores, conflitos, descobertas e perdão.


19 comentários:

  1. Amei a resenha
    Só vejo elogios sobre esse livro, depois vou por na lista de leitura

    ResponderExcluir
  2. Eu não sou muita fã de contos, sempre acho que fica faltando algo na historia por ser muito rapido rsrs...de qualquer forma, esse livro é lindo, a arte gráfica ta belissima!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tinha essa mesma sensação haha mas esse livro como é um conto mas escrito por diversos autores, ele tem um começo/meio/fim. Espero que leia e goste.

      Excluir
  3. Fico muito feliz em ter lhe emocionado! A ovelha grafitada da família é um dos contos que mais gostei de escrever, e confesso que eu mesmo me entrego a esta emoção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me emocionou e muito. Sua escrita é boa e o seu conto tocou meu coração. Parabéns!

      Excluir
  4. Ah, já quero!
    Gosto muito de contos, ainda mais quando há a possibilidade de conhecer várias escritas.
    Gostei que os contos sejam interligados, isso é bem legal.
    Com certeza é uma leitura que vou querer fazer.


    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado. Realmente são todos interligados e garanto que você vai adorar!

      Excluir
  5. Fabiana!
    Já tive oportunidade de ler um livro escrito dessa mesma forma, com um tema principal, e cada autor trazia seu conto sobre o tema e acho essa forma excepcional.
    Como gosto de contos, fiquei curiosa para saber o que essa família tem de tão importante e a narrativa dos escritores.
    E ainda como foi o tal reencontro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então se já leu um livro assim, com certeza vai se encantar por esse! Espero que tenha oportunidade de ler e goste.

      Excluir
  6. Adorei, não sou muito acostumada com contos mas este livro parece ótimo para me arriscar mais.

    ResponderExcluir
  7. Achei bem interessante pela construção da trama. Isso de ser uma família e várias pessoas diferentes escrevendo sobre cada um fica bem interessante. Ainda mais pelas mudanças de narrativa e estilo. Torna cada personagem único de um jeito bem diferente do que seria um só autor. E é família né, a gente vai se identificar com aquelas diferenças, aqueles detalhes que cada familiar tem com seus parentes e pessoas envolvidas. Também gosto do estilo de contos, então fica uma leitura bem interessante pelo todo. Parece bom.

    ResponderExcluir
  8. Olá Fabiana!
    Uhuuulll, mais uma dica de livro pra ler no natal! A premissa na qual esse contos partem nos faz refletir bastante sobre a "família perfeita", se ela realmente existe e se todas as intrigas do ano podem ser esquecidas apenas "porque é natal". O livro me pareceu bem interessante e ainda podemos conhecer vários autores nacionais de uma só vez.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Fabi

    eu amei a capa e a edição, qro mt lê-lo.
    gostei dessa coisa de ter várias narrativas num único livro!
    Acho q vou curtir mt a leitura!

    Bjoooooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Amei a proposta do livro, não conhecia ele e confesso que agora estou bem curiosa!!! Achei a capa uma lindeza!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  11. Olá Fabiana!
    A obra é capaz de conquistar o leitor com a forma verossímil com a qual retrata a complexidade das relações familiares, mostrando que toda família possui suas particularidades. Além disso, esse toque natalino faz com que os contos fiquem ainda mais calorosos, fazendo que seja fácil se identificar com as situações.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Olá que livro encantador adorei a premissa ele aborda uma das minhas datas preferidas do ano, fiquei bem empolgada para ler, espero ter a oportunidade em breve! Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi Fabiana, sua linda, tudo bem?
    Primeiro, achei lindo o título do livro. E amo o Natal, é minha época favorita do ano, por isso gosto muito de leituras que o retratem. Não tenho o costume de ler contos, mas com certeza esses têm tudo para me conquistar. Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.