Resenha | Perdida, de Carina Rissi

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

O que você faria se viajasse para o século XIX? Em Perdida, publicado pela Verus e escrito por uma das escritoras brasileiras mais aclamadas, Carina Rissi, vamos conhecer a história da Sofia e como ela foi parar em dois séculos atrás.

Perdida


Sofia é aquela personagem que estava acostumada com a modernidade e todas as suas facilidades. Totalmente independente e trabalhadora, ela tem pavor à menção da palavra casamento. Os únicos romances que ela se deixa viver são aqueles que os livros proporcionam.

Após um acidente com seu celular, ela precisa comprar um novo, porém, algo misterioso e diferente acontece em sua vida: após muita insistência da vendedora e uma luta para conseguir ligar um aparelho que, até então, era o último modelo da loja, Sofia consegue realizar, mas vai parar no século dezenove, sem realmente entender o que está acontecendo.


"Está na hora de começar a crer que existem mais coisas no universo além daquelas que os seus olhos podem ver."

 

Em primeiro momento, ela pensa que bateu forte e cabeça e tudo isso não passa de um sonho. Como seria possível um celular tele transporta-la para dois séculos atrás? As pessoas, com certeza, achariam que ela ficou louca. E é nesse momento que Ian Clarke, um jovem prestativo, aparece em sua frente para ajudá-la. Ian hospeda Sofia em sua casa até que ela consiga se lembrar onde mora. Para ele, ela está apenas confusa, enquanto ela busca maneiras de voltar para o presente.

E no meio desse misto de emoções, Sofia vai descobrir muitos costumes do século passado e também acabar mostrando alguns do século XXI, mas com cautela, afinal, ela não quer que ninguém descubra sobre isso. Mas o que ela não espera é que esse misto de emoções pode ir além do imaginado.

Perdida

Sempre vi inúmeros comentários positivos sobre as obras da Carina Rissi, mas confesso que sempre tive um receio de começá-las. Esse ano, com o projeto #ClubeLendoCarinaRissi, do @clubepsteratura, vi que era o momento ideal de entender o porquê essa autora é tão amada e hoje posso dizer que entendo perfeitamente.

Esse foi meu primeiro contato com a autora e entendo todo o hype de suas obras. A Carina tem uma escrita fluída e envolvente, o que desperta o interesse em saber o que irá acontecer no próximo capítulo, assim como nos envolvemos completamente com Sofia e Ian.

E por falar em personagens... A Sofia amadureceu e aprendeu muito ao longo da trama. No começo, a achei um pouco superficial, mas a sua "viagem no tempo" para o século XIX, fez com que ela percebesse certas coisas e começasse a valorizar os pequenos gestos. Já Ian, me conquistou logo quando apareceu em cena e nos últimos capítulos me deixou ainda mais encantada.

Tenho apenas uma ressalva sobre a obra, principalmente na questão da Sofia gostar de Jane Austen e quando chega ao século passado, se surpreende com alguns costumes da época. Mas, exceto isso, Perdida é uma leitura que conquista e deixa o gostinho de "quero mais". Estou realmente curiosa para saber o que acontecerá no próximo livro da série - Encontrada.


"E aprendi que uma vida simples podia ser a mais complexa de todas, a mais feliz de todas, sobretudo se o amor da sua vida estivesse ao seu lado."

 

Quando finalizei a obra, me peguei analisando-a como um todo. Em quantos momentos nós não percebemos algo importante ou deixamos passar uma oportunidade de ser feliz? E já parou para analisar que o amor pode estar em qualquer lugar e até mesmo onde menos esperamos? A vida é uma caixinha de surpresa e pode nos surpreender a qualquer momento.

Perdida me proporcionou boas risadas e ótimos momentos de descontração. Em muitos momentos você vai gargalhar de alguns acontecimentos entre Sofia e Ian e em outro, você vai suspirar. Um nacional que merece ser conhecido e posso dizer que todos deveriam dar uma chance para a Carina Rissi.


perdida
Adicione no Skoob | Compre na Amazon

Título original: Perdida
Escritora: Carina Rissi
Editora: Verus
Páginas: 364
Lançamento: 2013
Gênero: chick-lit

SINOPSE

Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo e lindo Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...

2 comentários

  1. Oie,
    Que bom que você decidiu dar uma chance para a autora! Sempre me diverti muito com todos os livros que li dela e admiro muito seu trabalho <3
    Beijos, Fantasma Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmm, foi uma experiência maravilhosa e não me arrependo. Amei conhecer sua escrita e já estou ansiosa por todas as obras <3

      Excluir