Romance contemporâneo: o que é?

Muitas vezes você já se perguntou o que é romance contemporâneo? Sabemos que na literatura existem diversos subgêneros como romance de época, romance histórico (que abordei nesse post), entre outros. Pensando nisso, decidi explicar um pouco mais sobre o tema.


contra todas as probabilidades do amor
Foto: PS Amo Leitura
Segundo uma informação do Wikipedia, o romance contemporâneo é um subgênero de romances, geralmente definido contemporaneamente com o tempo em que foi escrito.
Ou seja:
O romance contemporâneo precisa apresentar:
  • uma história atual;
  • situações/assuntos/temas atuais;
  • apresentem uma narrativa no presente;
  • e que tragam algumas reflexões/discussões sobre a leitura.
Esses romances podem conter tanto personagens adultos quanto personagens adolescentes, assim como também pode ser escrito em primeira ou terceira pessoa.

3 sugestões de romances contemporâneos

Contra todas as probabilidades do amor

Sejam bem-vindos ao acampamento Pádua. Um retiro de verão para adolescentes problemáticos. Mas não se tratam de problemas comuns, como não querer estudar, mentir ou colar na prova. Não! Estamos falando de problemas reais. Alguns deles tão grandes, tão sérios, que até um adulto desmoronaria sob o peso deles. No acampamento, Zander, uma garota enviada pelos pais contra a sua vontade, encontra uma série de adolescentes na mesma situação, e com três deles ela estabelece uma relação de amizade — Grover, Alex e Cassie. Todos os quatro são tão diferentes quanto as pessoas podem ser, mas têm algo em comum — eles estão quebrados por dentro. Em meio às sessões de grupo e, à medida em que o verão dá as caras, os quatro revelam seus trágicos segredos. Zander encontra-se atraída pelos encantos de Grover, e então começa a se perguntar, depois de muito tempo, se pode apostar em ser feliz novamente.
Mas, antes, ela precisa lidar abertamente com seus problemas, para poder juntar seus pedaços e reconstruir sua vida
Você pode pensar que se trata de uma história triste. E há partes duras sim, mas, Rebekah Crane consegue mostrar como na dificuldade podemos encontrar uma saída. Isso é uma das coisas que faz o livro completamente encantador, divertido e doce, capaz de deixar em você um grande sorriso no rosto.


Rainhas geek


Charlie é youtuber, atriz, bissexual... E uma das atrações principais da Supa Con, a convenção de cultura pop mais famosa do mundo. Essa é sua chance de mostrar aos fãs que superou seu término público com o ex-namorado – e co-estrela de seu último lme – Reese Ryan. O reencontro de Charlie e Reese deixa o clima pesado, mas quando a it
girl Alyssa Huntington aparece como convidada surpresa no evento, o que Charlie pensava ser apenas um crush de internet se mostra muito real.
Melhor amiga de Charlie, Taylor quer ser invisível. Seu cérebro parece estar programado para funcionar de maneira diferente das outras pessoas e ela gosta de rotina e estabilidade. A única mudança que ela quer em sua vida é no status de sua amizade com Jamie, o que ela sabe que nunca acontecerá. Mas, ao ouvir sobre um concurso de cosplay de seu fandom favorito, Taylor começa a repensar até onde vai seu medo de se destacar.




Quando eu parti

Quando um coração falha, não é apenas o corpo que trai. Mas sonhos desfeitos, amores não vividos, destinos cruzados. Maribeth Klein tem a própria cota de problemas: do marido omisso até a chefe e ”ex-amiga” Elizabeth, passando pelos gêmeos superativos. Ela está sempre tão ocupada que mal percebe um ataque cardíaco.
Depois de uma complicação inesperada no procedimento cirúrgico, Maribeth começa a questionar os rumos que sua vida tomou e faz o impensável: vai embora de casa.
Longe das exigências do marido, filhos e carreira, e com a ajuda de novos amigos, ela finalmente é capaz de enfrentar o passado e os segredos que guarda até de si mesma.



Romance contemporâneo: o que é? Romance contemporâneo: o que é? Reviewed by PS Amo Leitura on fevereiro 27, 2020 Rating: 5

21 comentários:

  1. É difícil mesmo definir romance contemporâneo, porque abrange muita coisa! Mas eu adoro. Peguei as dicas!
    Beijos
    renatavarelaescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dentro do romance existem diversas subcategorias, né? É complicado mesmo definir. Fico feliz que tenha gostado das dicas :)

      Excluir
  2. Olá!!
    Eu amo demais romance contemporâneo, é um dos meus preferidos, mas desses só li o primeiro, que eu AMEI! É um livro lindo, que me deixou muito emocionada.
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro romances contemporâneos também! E "contra todas as probabilidades do amor" me conquistou imensamente também.

      Excluir
  3. Contra Todas as Probabilidades do amor é um livro lindo.
    Acho bacana sempre explicar um pouco dos gêneros literários. Fiz uma vez uma série sobre isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achooo que cheguei a ver seu post também, não me recordo haha. E "contra todas as probabilidades do amor" é m livro lindíssimo mesmo!

      Excluir
  4. Olá, tudo bem? Eu adoro ler romances contemporâneos! Gostei bastante da tua postagem, achei super esclarecedora. Não li nenhum dos livros citados ainda, mas quero muito ler "Quando eu parti".

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adorei "quando eu parti". É um livro bem diferente que a Gayle Forman escreveu e que me conquistou imensamente. Espero que tenha a chance de conhecer. Fico feliz que tenha gostado do post :)

      Excluir
  5. Ahhh eu amo! Meu subgênero da vida! Fiquei muito feliz em ver "Quando eu parti" da minha diva nesse post! Esse livro é maravilhoso!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gayle Forman é maravilhosa e esse livro, sem dúvidas, merecia esse destaque.

      Excluir
  6. Oi Fabiana.

    Eu gosto muito de romance contemporâneo, mas confesso que não li nenhum dos livros que você mencionou. A sua postagem é muito boa e esclarece para quem não tem hábito de ler o gênero. Adicionei as dicas na minha listinha.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dúvidas sobre esse e outros gêneros sempre surgem e acabei percebendo isso, e vendo a necessidade de escrever. Fico feliz que tenha gostado e espero que tenha a chance de ler alguma obra citada.

      Excluir
  7. Olá, tudo bem? Realmente sinto que ainda o universo literário tem dificuldade de classificar ou categorizar os livros, por isso o post foi super bem vindo. Não leio muito romances contemporâneos, admitindo, preferindo os de época hehe No entanto, ainda assim, adorei as suas dicas e quem sabe no futuro me arrisque?! Adorei!

    ResponderExcluir
  8. Sou uma negação pra conseguir definir direito os subgêneros dos generos que leio. Pensando aqui que esse é o subgenero que mais gosto de ler, amo quando algum assunto importante da atualidade é abordado na historia. Boa noite e Meninas que falam ,são bons exemplos. Rainhas geek Está no meu kindle, tô doida pra ler logo.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Fabiana!
    è sempre bem difícil definir o que é um romance contemporâneo, né? na academia temos chamado também de romances do tempo presente porque parece deixar mais específico o tipo de narrativa que tem sido escrita. Desses que você indicou, Quando eu Parti é o meu preferido, também gosto muito de Rainhas geek, mas a Gayle sempre me arrebata em suas histórias.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Oiii,

    Adorei o post! É muito importante difundir a informação, porque muita gente não sabe diferenciar os gêneros, principalmente quando são bem próximos (tipo romance de época e romance histórico). Eu particularmente amo e um bom romance contemporâneo e estou bem curiosa para conferir Contra Todas as Possibilidades do Amor, é uma história que quero desde o lançamento.

    Beijinhos...
    http://www.equipenerd.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Fabiana!
    Achei bem legal o seu post, pois para quem não conhece muito bem essas subdivisões, ele acaba sendo esclarecedor. Eu gosto bastante de romances contemporâneos, pois está mais perto da nossa realidade.
    Dos três citados por você, eu não conhecia o primeiro e o da Gayle Forman eu tenho aqui em casa, mas é um dos poucos dela que ainda não li.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2020/02/resenha-o-ano-em-que-te-conheci.html

    ResponderExcluir
  12. Gosto de romance contemporâneo, pois a linguagem é de outra forma, a leitura em si é mais agradável, eu gosto muito.

    ResponderExcluir
  13. Olá!!!
    Atualmente eu estou muito voltada para os clássicos, mas não é que eu não goste de romance contemporâneo pois na verdade eu AMO.
    É complicado porque fazendo Letras o pessoal acha que eu tenho apenas que gostar do que é cânone e para mim não é assim, pois tem tanto romance contemporâneo que trazem histórias com temáticas tão importantes que ignorar e dizer que não é bom só porque ele é um livro de massa me chateia.
    Adorei o post.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá tudo bem?
    Gosto bastante de romances contemporâneos, mas só me dei conta disso depois da sua explicação - que aliás achei muito informativa. Dos livros citados, estou querendo ler Quando Eu Parti. Adorei o post.

    ResponderExcluir
  15. Oi fabi
    interessante e muito esclarecedor o seu post de hoje.
    Acho super louvável esse tipo de post formador e informativo. Dentro da literatura temos tantos gêneros que se dividem em sub generos que se confundem com estilos de escrita, é bem confuso às vezes.
    e se em muitas vezes nos apaixonamos por romances de época, porque nao nos apaixonarmos por histórias contemporâneas ne

    Amei

    Bjos e Cheiros
    Blog Livreando

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.