RESENHA | Atroz: uma fuga inesquecível, de Evilane Oliveira

Atroz” é um jovem adulto que recebi em parceria com a autora Evilane Oliveira e a mesma teve seu livro físico publicado em 2017 pela Editora Coerência.

Evilane Oliveira

O ENREDO

Neste enredo nós vamos conhecer dois personagens de mundos completamente diferentes, mas que acabam se conhecendo pelo destino.

Luca tem uma vida complica. É o irmão mais velho e sustenta sozinho seus dois irmãos, Valentina e Felipe. A sua vida e sua preocupação gira apenas em torno deles, sempre priorizando e buscando a melhor forma de sustento.

Uma das formas que Luca encontrou para colocar comida na mesa foi através das rachas ilegais, porém, a polícia sempre está em seu encalço e foi aí que ele decidiu roubar o primeiro carro que encontrou e dentro dele estava Alicia.

Alicia é totalmente o seu oposto: filha de pais ricos e completamente sonhadora, ela é uma estudante de arte e acabou de mudar para o apartamento de sua amiga, pois o sonho de seu pai era totalmente outro para ela.

Sua vida é quieta e nada surpreendente acontece, até o momento em que um jovem rapaz entra em seu carro, levando-a junto para seu apartamento e sua vida. E é nessa hora que ela começa a ver a fragilidade daquele Atroz, como ela decidiu chama-lo.

O mundo de ambos irá colidir e muitas reviravoltas irão acontecer.

OS PERSONAGENS

Como já citado, os personagens possuem personalidades e vivem em mundos diferentes. Era quase impossível que eles se conhecessem, mas a forma como a autora trouxe os acontecimentos, ficou divertido e cômico.

Confesso que demorei um pouquinho para me apegar a eles, principalmente pela Alicia. Com o jeito que tudo aconteceu, foi difícil aceitar essa relação que surgiu em seguida entre ela, Luca e os seus irmãos. Até mesmo a atitude de Luca leva-la para casa dele foi difícil de entender.

De qualquer forma, esse incomodo que senti durante a leitura não afeta de forma alguma o desenrolar da história e muito menos o envolvimento dos personagens. A forma como Alicia se apaixonada pelos irmãos de Luca e cuida deles como se fossem seus, é linda! Assim como é impossível não se encantar com o cuidado e carinho que Luca possui por eles.

Evilane Oliveira

A NARRATIVA

Imagina a seguinte cena: uma patricinha, têm tudo o que sempre sonhou, acaba conhecendo um rapaz totalmente ousado e pegador, que até mesmo infringe algumas leis, e acabam virando amigos. É algo que realmente não estamos acostumados a ler em livros e isso é bom! É diferente!

A escrita da Evilane Oliveira é boa e bem fluída. Todos os acontecimentos são narrados em primeira pessoa e intercala entre o ponto de vista de ambos os personagens, o que faz o leitor vivenciar tudo de uma forma mais intensa e entender todos os pensamentos e sentimentos conflitantes.

FINALIZANDO...

Atroz” é um adjetivo que remete a feroz, muito cruel, tormentoso. Então pelo título do livro é possível imaginar o que a leitura seria capaz de proporcionar, mas acredito que a mesma foi um pouco além, mostrando sobre descobertas, amor entre irmãos, amores impossíveis e amizade.

Apesar do casal não ter me conquistado como eu esperava e alguns pontos terem me incomodando durante a leitura, isso é apenas um detalhe.  Nada tira a beleza e a forma singela da autora narra todos os sentimentos. É possível ver a sinceridade de tudo por trás de cada palavra.

Como nossa vida pode mudar em um piscar de olhos, não é mesmo? Lucas e Alicia são a prova disso.



Avaliação: 3,5 ❤ - adicione no skoob: Atroz
*e-book cedido em parceria com a autora Evilane Oliveira





Título original: Atroz: uma fuga inesquecível
Escritora: Evilane Oliveira
Editora: Coerência
Páginas: 408
Lançamento: 2016

Gênero: literatura nacional / romance / jovem adulto

SINOPSE
ATROZ
Adj.
Feroz; muito cruel.
Tormentoso.
Luca não tem uma vida fácil. Cuidar dos irmãos mais novos, Valentina e Felipe, é sua maior prioridade e é por isso que na escuridão da noite ele corre em rachas ilegais. A grana é boa e ele pode cuidar deles sem tantos percalços no caminho. Porém na noite em que o racha é descoberto pelos policiais Luca precisa fugir rápido. Com o carro muito longe para pegar, ele corre pelas ruas tentando despistar os policiais.
E foi nessa hora que ele resolveu roubar o carro de uma patricinha.
Só que ela veio junto.
PUREZA 
P.metf. 
Virtude do que não tem maldade nem malícia; 
Candura, sinceridade.
Alicia está entrando para sua tão sonhada faculdade de arte, mesmo contra a vontade do pai, ela está radiante. Pintar é tudo que ela pode querer profissionalmente. Sua vida é simples e até bastante quieta, mas quando seu carro é roubado por um homem mal e cheio de arrogância, tudo de calmo é inundado pela parte escura do homem que ela denominou; Atroz.
Durante uma noite e um dia Luca conheceu a parte frágil e delicada de Alicia e ela conheceu o homem atroz, arrogante e idiota, mas também um homem carinhoso com os irmãos e a para sua agonia; cuidadoso com ela.
O mundo dos dois vai colidir e só um deles vai continuar de pé; com certeza não é o de Alicia.


26 comentários:

  1. Bem interessante isso dos personagens tão diferentes e do encontro deles, algo que seria bem difícil não fossem as circunstancias. Só isso, da personalidade deles e todas as "barreiras" já anima pra ver o que se desenrola na história. Parece ter uma narrativa legal e fácil de ler e gostei do jeito dos personagens e os dilemas. Uma boa dica essa ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico contente que a dica tenha sido bacana para você :D Espero que leia e seja uma leitura bem agradável.

      Excluir
  2. devida ter uma livro fisico com essa capa do ebook..sobre a historia, é bem daqueles cliches pra se ler numa tarde ou depois de um livro pesado...sempre bom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se ainda tem, mas a editora Coerência que vendia a versão física. A autora também tem, pode falar diretamente com ela :D E realmente... é uma história bem clichê mesmo, mas que vale a leitura.

      Excluir
  3. Resenha maravilhosa.
    Quero muito ler esse livro, a capa é simplesmente maravilhosa.
    Tenho até uns marcadores sobre o livro 💚

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é bem lindinha mesmo. Os marcadores, então, ainda mais lindos!

      Excluir
  4. Olá Fabiana!
    Eu acho o tema patricinha que se apaixona por "bad boy" um enredo bastante batido, mas a forma como a autora caracterizou esses personagens foi totalmente nova. Vemos que a patricinha é meiga e sonhadora, e o bad boy não é tão bad assim. E tudo fica ainda mais esclarecedor quando vemos pelo ponto de vista de cada um. Acredito que a química entre o casal demorou para ser entendida devido justamente a esse universo tão distinto deles, mas me parece uma leitura bem agradável.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo contigo. É sempre importante conhecer o ponto de vista de ambos os personagens. A gente se conecta de uma forma diferente com a história, não acha?

      Excluir
  5. Adoro esses livros que tem um contexto diferente do que estamos acostumados, um clichezinho é bom, mas assim nos surpreende. Realmente às vezes os personagens nao nos conquistam de primeira, mas depois fica tudo legal, normal né.
    E o livro parece ser bem legal sim
    Bjis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil mesmo se conectar algumas vezes com os personagens, mas em algum momento a gente acaba criando alguma afeição por eles. É um livro bom legal, sim.

      Excluir
  6. A sinopse e a capa me chamaram muita atenção, foi o que me levou a comprar esse livro.
    Também tive essa demora em me conectar com as personagens, e confesso que algumas situações criadas foram desnecessárias.
    Mas no geral, é uma leitura agradável.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Algumas situações realmente foram difíceis de vivenciar, mas... É uma leitura agradável sim. Acho que por muitos motivos apresentados as pessoas se apaixonam perdidamente por este livro.

      Excluir
  7. Olá Fabiana!
    Essa típica relação do tipo "mundos opostos" é algo que se encontra frequentemente em muitos livros, porém autora acerta ao dotar seus personagens com características que os tornam singulares aos olhos do leitor, ainda que em alguns pontos seja preciso alguma interpretação mais demorada para entender algumas atitudes. Enfim, apesar de pouco original, a trama com certeza é capaz de prender o leitor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os personagens realmente possuem características singulares. É um bom livro e para quem gosta desse tipo de trama, vai se apaixonar.

      Excluir
  8. Fabiana!
    Gosto quando nossos autores nacionais trazem um enredo de certa forma inédito e nos conquistam através do amor fraternal, dos laços de amizade e pela ousadia.
    Apesar de suas poucas ressalvas e do eventos que a incomodaram um pouco, acredito que o livro seja eletrizante e mostre a divergência das classes sociais.
    Gostei do seu adendo final com os sinônimos das palavras que mostram um pouco do tom que o livro traz.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro realmente tem uma ressalva bem grande na classe social e que o amor é capaz de superar qualquer barreira e isso é lindo! Assim como o amor fraternal e a amizade é algo bem bonito neste enredo.

      Excluir
  9. Olá tudo bem? Não conhecia o livro, porém mesmo gostando muito de romance não me senti atraída pela leitura, sua resenha ficou muito bacana, adorei as divisões e menções sobre a leitura, até breve!

    ResponderExcluir
  10. Oi Fabi

    N conhecia o livro e parecer do tipo que gosto.
    Vou anotar para lê-lo mais pra frente, tomara que eu goste hehehehe

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, se é do jeito que você gosta, então aproveita! Espero que seja uma leitura boa para ti.

      Excluir
  11. Olá!
    Gostei da trama, esses personagens me cativaram e adoro esses tipos de romances..E se não me engano tenho esse livro em meu kindle e agora lendo a resenha fiquei curiosa para ler..

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproveita o e-book e leia. Espero que ele te conquiste de alguma forma.

      Excluir
  12. Oi, Fabiana!
    Uma patricinha + um bad boy?! Sinceramente não é o tipo de trama que me chama a atenção, mas eu amo histórias com crianças e como li outros livros da Evilane Oliveira e gostei se eu tiver a oportunidade de ler Atroz vou arriscar a leitura sim... Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, foi isso que realmente pegou na leitura :( mas, o envolvimento do personagem com os irmãos, foi algo realmente lindo. Espero que você tenha chance de ler e se apaixone pela história.

      Excluir
  13. O tema patricinha e bad boy que se apaixonam já está totalmente batido, o que muda é o desenrolar que o autor dá a trama, mas não consegui gostar dessa. Tudo começa com um sequestro - não consigo encontrar outra palavra pra situação -, depois ele a leva pra casa dele, ela gosta dos irmãos dele, se apaixonam... Olha, desculpa, mas tá difícil engolir essa história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não existe outro termo para isso. Foi um dos motivos que realmente foi difícil o desenrolar deste enredo :(

      Excluir

Tecnologia do Blogger.