terça-feira, 2 de abril de 2019

RESENHA | Golden Boys - Eros Lavigne, de C. Nan Bianchi

Após me aventurar por Golden Boys contado na versão de Ian Costa, a autora C. Nan Bianchi começou março com um grande lançamento: Golden Boys na versão do queridinho Eros Lavigne. Se eu achava que era impossível me apaixonar ainda mais por um personagem, eu estava enganada. Bem-vindo de volta à Midas!

*resenha do segundo livro SEM SPOILER.

C. Nan Bianchi

O ENREDO


No primeiro livro conhecemos um pouquinho de Eros Lavigne, o roqueiro sexy e rebelde da Midas. Ele é o Golden Boy mais popular e mais disputado pelas garotas. Sabe aquele cantor famoso que todas sonham em um dia namorar? Então, Eros é esse cara!

Com fama de garanhão, ninguém consegue imaginar que ele está sofrendo por amor. Isso seria possível? Ele tem a vida que sempre sonhou e consegue o que sempre deseja com seu sorriso torto e carisma, mas o coração de Eros foi destruído e agora tenta superar essa fase ruim.

"O maior erro do ser humano, descobri então da forma mais amarga e irreversível possível, é julgar que o outro sabe o que se passa no seu coração."

Neste livro também conhecemos mais sobre Evita. Assim como Eros, Evita é uma das divas da Midas. Ela é funkeira, uma mulher totalmente independente e empoderada, e que apesar de ser jovem, não encontra tempo para curtir a vida como sempre desejou.

Apesar de Evita e Eros já conhecerem, em algum momento o mundo de ambos irá colidir. Como as situações de uma funkeira e uma estrela do rock serão resolvidas? O que eles não percebem é que a vida deles está prestes a mudar por completo.

"A triste verdade é que se uma pessoa não consegue te amar pelo que você é agora, acredite, não vai te amar independente do que faça. O agravante é que, indo por esse caminho, você também pode acabar deixando de amar a si mesma."

+ você pode gostar também: Golden Boys – Ian Costa

 OS PERSONAGENS

É impossível você não se apaixonar por algum personagem criado pela Carol! Todos eles esbanjam carisma e você acaba se identificando em certo momento com algum ou até mesmo com todos.

Neste contexto não foi diferente: Eros Lavigne é aquele garanhão, mas que quando entrega o seu coração, ele se entrega por inteiro. É romântico, é apaixonante e vira um crush. Afinal, quem nunca se apaixonou por um cantor? Eu já fui apaixonada e eu só conseguia pensar nisso conforme a leitura avançava e confesso: não tinha sensação melhor do que essa nostalgia.

"Uma coisa que as pessoas não entendem é que as palavras cortam, como navalhas."

Evita também é uma personagem que você olha e pensa: que mulherão! Ela tem menos de vinte e cinco anos e tem uma maturidade indescritível! Ela é aquela personagem que começou de baixo, lá do morro do Rio de Janeiro, foi crescendo e mostrando que funk vai além do estereotipo criado; mostra a sua força e luta por aquilo que acredita. Como não se encantar com uma personagem como ela?

Muitas vezes eu me peguei pensando que queria ter toda essa evolução e essa bravura que Evita tem. Em uma circunstância do livro quando todos começam a acusa-la de algo que não fez, eu fiquei realmente chocada e só conseguia pensar que eu não conseguiria lidar com isso. Então nem preciso dizer que a personagem é extremamente forte, não é mesmo?

"As pessoas acham que nos amam pelo que somos, mas na verdade amam a expectativa do querem que sejamos."

+ você pode gostar também: aquilo que realmente importa

C. Nan Bianchi

A NARRATIVA

Eu sou apaixonada pela escrita da C. Nan Bianchi desde o primeiro livro. A autora consegue cativar o leitor desde o primeiro parágrafo até o último. É impossível largar a leitura.

Com Golden Boys – Eros Lavigne não foi diferente! Em muitos momentos você acaba suspirando pelo romantismo que o personagem esbanja e em outros você tem vontade de gritar “é isso aí!” para toda a determinação de Evita. É uma mistura de sensações maravilhosas.

"Existe certa beleza nas pessoas que não se preocupam em parecer bonitas e perfeitas o tempo todo."

E por falar em sensações... conseguimos matar um pouco da saudade de Ian e Lia, os personagens do primeiro livro (Golden Boys – Ian Costa). E quando eles aparecem, além da saudade, você consegue sentir muitas emoções e que emoções!

Como se já não bastasse os capítulos serem intercalados entre ambos os personagens principais, a autora ainda coloca uma camada de emoções nos personagens do livro anterior deixando tudo ainda mais encantador.

"A vida é real, real demais às vezes. E a realidade, nem sempre é bonita e perfeita. A realidade pode assumir as formas mais horrendas de um pesadelo."

+ você pode gostar também: Red Quinn – um clube para cavalheiros


FINALIZANDO...

A Carol é uma das autoras parceiras aqui do blog e posso dizer que ela sempre arrasa com seus exemplares! Cada livro transborda uma emoção e uma mensagem diferente e é isso que mais me cativa em suas publicações.

Este livro vai te trazer muitos questionamentos: será mesmo que a fama é tudo? Até que ponto precisamos abrir mão de quem amamos e viver todas as experiências que a vida é capaz de proporcionar?

"Acho que a gente passa a vida inteira criando casca por cima de casca para se proteger da dureza do mundo e, uma hora, acabamos descobrindo que somos mais resistentes do que pensávamos, porque, de casca em casca, forjamos nossa própria armadura."

Golden Boys – Eros Lavigne” vai falar sobre a fama, sobre a valorização de sua origem, o empoderamento de uma mulher e o que um homem apaixonado é capaz de fazer por quem ama. Aventura-se neste mundo de música e descubra todas as mudanças que ocorrem na vida de Evita e principalmente na de Eros.


"Destino, taí uma palavra curiosa. Será que ele já vem traçado ou é a gente mesmo que traça afinal?"


"Quando se ama alguém, devemos pintar nossos sonhos não sozinhos, mas juntos, em parceria."

Avaliação: 5 ❤ - adicione no skoob: Golden Boys - Eros Lavigne
*e-book cedido em parceria com a autora C. Nan Bianchi


Título original: Golden Boys - Eros Lavigne
Escritora: C. Nan Bianchi
Editora: Independente
Páginas: 271
Lançamento: 2019
Gênero: jovem adulto / romance

SINOPSE
A sequência de Golden Boys é dedicada a ele, o roqueiro mais sexy e rebelde da Midas: a estrela mor Eros Lavigne.
Quatro meses após perder Lia para o mineiro Ian Costa, Eros está numa fase bem ruim. Tudo parece estar dando errado para o cara que aparentemente tem a vida que todo mundo sonha.
Bem, com certeza não é a que ele sonha.
Evita é uma das Divas da Midas, funkeira, empoderada, com fama de ser barraqueira e promíscua, ela também está numa vibe difícil. Terminou seu namoro e, apesar de jovem, quase não tem tempo para curtir a vida.
Quando seus dois mundos colidem, os astros não fazem ideia de como isso pode mudar tudo.
E muda, muda mesmo.


42 comentários:

  1. Parece bem legal essa história e com aquele gostinho de romance jovem que adoro. O cara clichê, daqueles que a gente pensa clichê mas tem muito por trás, sofrendo por amor, cheio de sentimentos, não só o bonitão que a gente imagina de cara, já ganhou meu interesse. E a garota também parece ser bem fácil de gostar. Já fiquei curiosa com esses dois e o que surge aí. Achei bem interessante os nomes deles também, um tanto diferentes. Um detalhe pequeno mas que acaba sendo grande por dar um certo ar de únicos. Sei lá, me passou essa ideia. Parece uma história fácil de ler e bem envolvente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é realmente incrível e você percebe que o Eros vai além da aparência, sabe? Acho ótimo o jeito que a Carol envolve o leitor com os personagens. Super recomendo! Garanto que você vai amar.

      Excluir
  2. Adoro livros assim, bem clichê mesmo HAHAH Não conhecia, mas já fiquei louca para ler! Amei a capa. Amo histórias que envolvem o mundo da música.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você vai amar muito este livro, principalmente o primeiro! O primeiro tem uma temática muito mais voltada para a música. Vai amar!

      Excluir
  3. Amei a resenha
    Vou por na lista com certeza

    ResponderExcluir
  4. Ainda não conheço a escrita da C. Nan Bianchi mas se não me engano adquiri o primeiro livro em uma promoção e ainda não li, vou ter que corrigir essa minha falta urgentemente pois pelo que li na sua resenha, a série é muito boa :D Sobre o livro da resenha, fiquei super curiosa pra ver como vai funcionar essa mistura de ritmos, rock e funk. E ainda tem o plus de eu gostar quando o livro levanta questionamentos no leitor. Curti muito a resenha ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, aproveita para conferir! Os livros da autora são realmente maravilhosos e essa série, então... sem comentários! Fico muito feliz que tenha gostado e espero que ame os livros, assim como eu.

      Excluir
  5. Amei a resenha, Fabi!! 😍 Nossa, tô encantada aqui, você faz o livro se tornar ainda mais real, é emocionante vê-lo pelos seus olhos. Obrigada ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico tão feliz que tenha gostado da resenha, Carol! <3 Eu que agradeço a oportunidade de ler seu livro e resenha-lo por aqui. Você merece todo sucesso!

      Excluir
  6. Oi! Achei demais essa mistura de estilos e super legal esse amor que promete surgir entre os dois! Ver uma história assim dá mesmo aquela sensação de nostalgia quando a gente só queria aquele cantor daquela banda de rock. Gostei de como ela cria os personagens sem serem estereotipados demais, isso deixa a história mais atrativa! Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro tem muitos acontecimentos e deixar o leitor preso do começo ao fim. Eu super recomendo a leitura e fico feliz que tenha gostado da dica.

      Excluir
  7. Não conhecia esses livros.
    Já gostei de saber sobre, é muito bom quando as personagens são envolventes.
    Me parece uma leitura bem agradável.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma leitura muito boa. Garanto que você não vai se arrepender.

      Excluir
  8. É o tipo de livro que gosto, e curti muita a resenha, mas o fato de ser só em ebook me desanima rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas não desanime por isso não! Dê uma chance ao e-book. O aplicativo kindle (até mesmo pelo celular) é excelente. Garanto que não vai se arrepender. Não deixe de ler essa maravilha <3

      Excluir
  9. Olá!
    o livro uma premissa ótima. É muito raro eu ler livros nacionais, mas esse sim me deixou bem curiosa para ler, principalmente pela trama que envolve os dois personagens e é claro, quem nunca se apaixonou por um cantor né..

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem nunca?! hahaha Garanto que você vai se apaixonar! A escrita é bem fluída e o livro é maravilhoso. Recomendo!

      Excluir
  10. Eu não li o primeiro, mas sua resenha está tão completa e positiva sobre essa continuação que vou colocar na minha lista de leituras rsrs
    Não faz muito meu estilo mas de vez em quando gosto de ler um livro com Bad boy e esse me parece o certo a escolher.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai amar os dois, eu tenho certeza <3 se ler, depois conta pra mim o que achou. Vou adorar saber!

      Excluir
  11. Esta é uma série que ainda não conhecia! Mas que capa é essa? Apesar de ainda não ter lido o primeiro, pelo jeito ambos tem aquela proposta de leitura leve, clichê, romance, bad boy... É tudo aquilo que gostamos de ler para algo mais fluido, eu amo livros com essa pegada ( menos com protagonistas machistas). Adorei conferir a resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você vai adorar ambos os livros. São ótimos! E sem dúvidas tem essa pegada mais leve, vai curtir.

      Excluir
  12. Olá Fabiana!
    Não conheço ainda a escrita da autora. Achei a história bem bacana, principalmente por retratar a vida por trás dos bastidores da fama. Muitas vezes esquecemos que cantores, atores, tem vida pessoal e que nem sempre é um mar de rosas para eles. Os protagonistas são bem cativantes, já estou shippando esse casal.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como esquecemos! Vemos sempre um famoso na frente das câmeras de um jeito, mas nunca sabemos como é por trás, né? É um livro que vale super a pena. Você vai se apaixonar!

      Excluir
  13. Oi Fabiana.

    Adorei sua resenha, pois não conhecia Golden Boys e pela sua resenha estou desejando lê-lo e a sequência também. Preciso conhecer este personagens cativante, tem tudo para me apaixonar também pela história.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É impossível não se apaixonar pelo enredo e por toda a trama apresentada. A escrita da autora é totalmente fluída, o que deixa tudo ainda melhor.

      Excluir
  14. Olá Fabiana!
    É notório que o grande destaque da obra vai para Evita, que foi construída com cuidado pela autora para passar ao leitor a sua personalidade forte, sem contudo soar superficial. O mesmo não pode ser dito de Eros, que decepciona um pouco ao ser apenar um amontoado de estereótipos. Apesar de não inovar, Bianchi entrega uma trama divertida e que consegue prender o leitor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eros não decepciona em nenhum momento! Acredito que ambos são destaques nessa obra!

      Excluir
  15. Eu tô encantada com as quotes! Me identifiquei DEMAIS com uma ali no meio HAUSHAUS
    Não conhecia a autora, mas com certeza está indo pra lista de desejados. Esse contexto me lembrou uma série da Mari Monni que eu adorei o primeiro livro. Cantores não são o meu forte (aliás, tem letra de música no enredo?) mas de vez em quando me apaixono por um HAUSHAUAHSU eu adorei a resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li poucos livros com enredos com cantores, mas os quais eu li, me apaixonei. E não, não tem letra de música, mas seria perfeito né?

      Excluir
  16. Fabiana!
    Não li nada da série ainda, mas já estou encantada.
    Aqui com um personagem com nome de Eros que já é bem sugestivo e ainda saber que ele é roqueiro e romântico, já me conquistou e saber que Evita é forte e não se deixa submeter e ainda é funkeira, traz um contraste bom.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um contraste bem diferente do qual estamos acostumados, né? Mas desperta muita atenção e vale a leitura.

      Excluir
  17. Não conhecia a série nem seus autores, mas a premissa do romance desse livro parece ser muito interessante, gostei mesmo.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita da Carol é maravilhosa! Espero que tenha a chance de conhecer os livros dela e se apaixonar.

      Excluir
  18. Oiê,
    Não conhecia a série e autora, mas achei a proposta da série interessante. Adorei a história e fiquei bem curiosa... Tô anotando a dica e espero conseguir ler em breve.
    Beijão!!!

    ResponderExcluir
  19. Oi, eu gosto muito de romances que tragam músicos como personagens, então já é um ponto dessa história que chama a minha atenção. Pela sua resenha, fiquei super curiosa para ler esse livro e ver mais do relacionamento desse casal que parece ótimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, sem dúvidas, o livro vai te encantar do começo ao fim. Espero que ame!

      Excluir
  20. Oi, Fabiana!
    Confesso que livros do tipo de Golden Boys, com trama sobre roqueiros e protagonista com fama de garanhão não costumam me interessar, por isso, apesar de amar personagens fortes e cheios de bravura como a Evita, dificilmente eu leria Golden Boys... Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um pena que não te agrade :( porque o livro realmente é maravilhoso.

      Excluir
  21. Eu não conhecia a autora e também não havia visto esse livro e nem o anterior. Achei bem legal a trama e muito importante explorar esse encontro entre o rock e o funk. Já gostei da Evita e acho que ela tem muito a mostrar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é maravilhosa! É impossível não se encantar com a trama e com a personagem.

      Excluir