Resenha | O verão que mudou minha vida (Verão #1), de Jenny Han

Em algum momento você já imaginou que um verão poderia marcar a sua vida? Em “o verão que mudou minha vida”, escrito pela mesma autora de “para todos os garotos que já amei” – Jenny Han – e publicado pela Editora Intrínseca, vamos conhecer sobre o verão de Isabel Conklin.

Jenny Han

O ENREDO


Para Belly, as outras estações são apenas estações. Ela espera todo ano pelo verão e aproveitar o mar, descanso e diversão, principalmente com a família Fisher – mais precisamente com Jeremiah e Conrad.

A mãe de Belly e a mãe dos irmãos Fisher sempre foram amigas. Passar o verão na casa da praia era uma tradição para elas; era o momento de reunir as crianças e matar a saudade. Mas não somente elas aproveitavam: Belly, seu irmão, Jeremiah e Corand buscavam aventuras e brincadeiras – pelo menos, quando crianças.

"Os momentos, quando passam, não podem ser recuperados." (pág. 133)

Jenny HanPorém, nesse último verão, tudo seria diferente. Belly já não era mais aquela garotinha. Seu corpo já tinha desenvolvido bastante no último ano e os meninos já olhavam de uma forma diferente para ela. Como lidar com todos eles naquele verão? Afinal, ela guarda uma paixão secreta pelos irmãos Fisher.

Em meio de descobertas, mudanças e amadurecimentos, Belly vai se envolver em um triangulo amoroso e precisará tomar decisões muito difíceis e que mudarão a sua vida. Alguma dúvida que este verão será diferente de todos os outros?

A PERSONAGEM

É quase impossível não se apaixonar pelos irmãos Fisher e por qualquer personagem abordado nessa narrativa. Jenny Han soube como conquistar o coração do leitor desde a primeira frase do livro.

Belly é aquela personagem fácil de gostar, de se apegar e entender todos os seus dilemas. Ela é como a gente: sofre por amor, fica confusa sobre seus sentimentos... todos os sentimentos que afligem qualquer adolescente.

O fato de existir um triangulo amoroso no enredo pode não agradar muitas pessoas, mas se você, assim como eu, gosta desses acontecimentos na narrativa, então vai ficar torcendo imensamente para que ela escolha seu favorito. Eu sempre torcia!

Jenny Han


A NARRATIVA 

Mais uma vez Jenny Han me conquistou do começo ao fim! Quando li a trilogia “para todos os garotos que já amei”, fiquei totalmente encantada com sua escrita a forma de escrever: uma narrativa leve e totalmente fluída.

Em “o verão que mudou minha vida” não foi diferente. Mas o que mais me chamou atenção foi a autora abordar assuntos delicados em seu enredo. É algo que eu adoraria falar, mas não quero estragar a experiência de ninguém com a leitura. Digo apenas que pode te trazer um certo espanto e aperto no coração.

"Eu me perguntei se era possível acabar com a dor de alguém com um beijo. Porque era isso que eu queria fazer: tirar dele toda dor e sofrimento." (pág. 220)

Mas não foi apenas isso que ganhou meu coração. Outro ponto que me cativou bastante foi o fato de a autora ter capítulos intercalados entre o presente e o passado. Isso fez com que eu me conectasse ainda mais com todos os personagens e entendesse perfeitamente como tudo aconteceu até aquele ponto. Apaixonante, não?

FINALIZANDO...

O verão que mudou minha vida” é aquele livro fofo, cheio de amor, calor, indecisões, assuntos delicados e até mesmo de erros, afinal, são adolescentes e eles estão aprendendo lidar com todas as questões complicadas da vida e cada um age de alguma forma com cada assunto. É inevitável.

Para quem já leu a outra trilogia da autora, sem dúvidas vai adorar essa nova. É aquele livro para ler rapidinho, em uma única tarde, aquecer o coração, ficar na torcida e cheia de expectativa para saber o que acontecerá no próximo livro – sem você não é verão.

Há dúvidas de que esse primeiro livro da trilogia me conquistou imensamente? Imagina o que os próximos irão me proporcionar? Então se você procura uma leitura leve, com personagens adolescentes, emoções do passado retomando para o presente... esse livro é a dica perfeita.


Avaliação: 4,5 ❤ - adicione no skoob: o verão que mudou minha vida

Título original: The summer I turned pretty
Escritora: Jenny Han
Editora: Intrínseca
Páginas: 240
Lançamento: 2019
Gênero: chick-lit / romance / trilogia

SINOPSE
A vida de Isabel Conklin é marcada pelas férias de verão. As outras estações do ano são como um intervalo, dias que passam lentamente enquanto ela espera que o sol lhe traga de volta o que mais

ama: o mar, descanso, diversão e, principalmente, Conrad e Jeremiah Fisher.

Os garotos da família Fisher sempre estiveram ao lado de Belly em suas aventuras. Conrad é ousado, sombrio, inteligente. Já Jeremiah, é confiável, engraçado, espontâneo. Mesmo sendo tão diferentes, os três constroem uma amizade que parece inabalável. Apenas parece...
Tudo muda quando, em uma dessas férias, Conrad demonstra sentir algo por ela. O problema é que Jeremiah faz o mesmo. À medida que os anos passam, Belly sabe que precisará escolher entre os dois e encarar o inevitável: ela vai partir o coração de um deles.
Na trilogia Verão, acompanhamos Belly dos 15 aos 24 anos. Em meio a descobertas e mudanças, ela se apaixona, se envolve em um triângulo amoroso, entra na universidade e descobre que amadurecer também significa tomar decisões difíceis.

Resenha | O verão que mudou minha vida (Verão #1), de Jenny Han Resenha | O verão que mudou minha vida (Verão #1), de Jenny Han Reviewed by PS Amo Leitura on julho 05, 2019 Rating: 5

13 comentários:

  1. Ah esse livro...
    Eu gosto desses personagens e quando li me conquistaram, mas a coisa do triângulo e de uns dramas aí me desanimou muito. Lembro que li com aquela coisa de "clichê clichê clichê" na cabeça e não sei se foi o tempo, se foi alguma pirraça de época, mas a leitura empacava muito porque começava a sentir certo enjoo da personagem e de tudo que tava acontecendo. Ao mesmo tempo adorava porque tem mesmo uns temas interessantes, coisas delicadas sendo abordadas e etc. Mas sei lá, batia aquela coisa de amar e não gostar tanto e com o resto dos livros foi assim também. Pode ser pirraça minha, não sei.
    É um livro legal, uma história que aborda boas coisas e fácil de se identificar pelos sentimentos e processos que estão passando. Rápido de ler também. Mas também pode ser que não agrade tanto assim. Ainda não li aquela outra série dela mas espero que seja melhor do que essa foi pra mim, viu. Talvez o que tenha estragado essa foi a minha expectativa muito alta.
    Mas espero que goste ainda mais dos outros, muita coisa acontece e se gostou desse vem mais coisa boa por aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei que seria bem clichê também, mas confesso que quando começou abordar assuntos delicados e tudo mais, me surpreendeu. Isso me conquistou demais! Eu adoro um drama e um triângulo amoroso em livros, então isso foi ótimo para mim hahaha. Quem sabe você dê uma nova chance aos livros e veja tudo com outros olhos?! <3

      Excluir
  2. Oi!! Eu adoro a Jenny Han, a escrita dela é muito gostosa, mas eu odeio mais que tudo triângulo amoroso, eu acho tudo tão chato que evito ao máximo. É uma pena porque tinha adorado o enredo e essa capa é linda!
    Beijo

    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena que triangulo amoroso não te agrade :/ ao que parece, a Jenny sempre aborda um triangulo amoroso, né? Mas dê uma chance. Há assuntos bem importantes relatados no livro.

      Excluir
  3. Iniciei essa leitura com muita expectativa, então acabei não curtindo tanto. Não gostei da Belly de cara, mas amei o Jeremiah.
    É uma leitura fofa mesmo, e os próximos são bem melhores.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No começo a Belly é aquela garotinha mimada, né? Já acostumei com livros assim haha mas o que gostei bastante foi a forma que ela foi amadurecendo e tudo mais. Já li o segundo e gostei bastante também.

      Excluir
  4. Oi Fabiana.

    Eu ainda não conheço a escrita da autora, mas tenho muita curiosidade. Geralmente gosto de romances com triangulo amoroso e como você mencionou que a história é cativante, com certeza tudo indica que é um livro muito bom. Dica anotada.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, você precisa conhecer! Jenny Han tem os romances mais fofinhos. Eu adorei como tudo desenrolou neste livro. Espero que você goste.

      Excluir
  5. Oi!
    Você acredita que ainda não li nenhum livro da Jenny Han, apesar de ter assistido o filme Para todos os Garotos que já Amei, tenho ouvido falar muito bem de sua escrita leve e divertida. Parabéns pela resenha fiquei curiosa sobre os personagens e esse triângulo amoroso, com quem ela irá ficar? Já estou curiosa kkk. Obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, nos próximos livros o "quem ela vai ficar" é bem forte hahaha. Eu achei super fofo "para todos os garotos que já amei". Garanto que você vai gostar da escrita dela!

      Excluir
  6. Eu simplesmente amo a escrita de Jenny Han, fiquei imensamente feliz com a trilogia, adorei todos os livros que compõe essa história e olha que nem gosto de verão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que dos três, esse foi o que mais gostei. A escrita da Jenny Han realmente é cativante demais!

      Excluir
  7. Olá!
    Uma das minhas leituras atuais e estou gostando rs' adoro esse clima de verão, paixão, amizades e praia. Ainda estou conhecendo cada um,mas estou adorando e com vontade de ir a praia! Espero gostar dos demais livros, a escrita da Jenny é ótima e super fluida.

    beijos!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.