terça-feira, 29 de janeiro de 2019

RESENHA | Suzy e as águas vivas, de Ali Benjamin

Suzy e as águas vivas” é um livro escrito por Ali Benjamin e que foi publicado em 2015 pela editora Verus (selo do Grupo Editorial Record). Este livro vai abordar sobre a dor da perda e o sentimento de saudade.

Ali Benjamin

O ENREDO

Em “Suzy e as águas vivas” nós somos apresentados no mundo da Suzy Swanson, onde ela sofre a perda da sua ex-melhor amiga e passa grande parte do seu dia tentando entender porque agora ela está sozinha no mundo. É como se uma parte dela tivesse sido arrancada.

Só que além da dor transmitida através de cada virar de página, nós conhecemos um pouco mais sobre as águas vivas, pois, para Suzy, ela acredita que sabe o verdadeiro motivo da morte se sua melhor ex-amiga, Franny Jackson.

"Às vezes a gente quer com tanta força que as coisas mudem que não suporta sequer estar na mesma sala com as coisas do jeito que realmente são."

Todos em sua volta acreditam que Franny morreu afogada, mas para Suzy, isso jamais poderia acontecer. Não foi por acaso que ela morreu, precisa ter uma explicação para isso. Então é nisso que ela se agarra e tenta encontrar uma explicação científica para tudo o que aconteceu.

Talvez seja uma forma de estancar a dor que está sentindo, pois sente-se assombrada pela perda de Franny. Tudo isso só faz Suzy descobrir coisas surpreendentes sobre o universo e encontrar esperança mais perto do que ela imaginava.

"A história de cada pessoa é diferente, o tempo todo. Ninguém está com ninguém de verdade, mesmo que às vezes pareça estar."

A PERSONAGEM

Eu não sei por onde devo começar para explicar essa personagem. Suzy demonstra todos seus sentimentos de perda e descoberta durante a leitura. Uma adolescente que acabou de perder sua ex-melhor amiga e que precisa lidar com todas as pressões que a sua idade traz, assim como mostrar para todos sobre a sua teoria.

Gostei da persistência da personagem em mostrar seu conhecimento e suas descobertas, mas ao mesmo tempo me trouxe uma sensação de tristeza porque ninguém queria ouvi-la. É realmente triste quando acreditamos em algo e não temos ninguém para nos ouvir.

"A questão é que temos muito poucas chances de consertar algo, de fazer as coisas ficarem certas." 

O motivo que a autora Ali Benjamin apresentou para as duas não terem sido mais amigas, é algo que pode acontecer em qualquer fase de nossa vida, mas é algo muito comum na adolescência: as novas amizades e a autodescoberta.

Ali Benjamin


A NARRATIVA

O livro é narrado em primeira pessoa e cada capítulo é intercalado entre o presente e o passado. Confesso que a minha parte favorita foi conhecer o passado das personagens e como elas tinham uma grande amizade.

Nas partes narradas sobre o presente, o livro vai focar muito na descoberta de Suzy e sobre as águas vivas. Isso, preciso confessar, deixou a leitura um pouco monótona e não me cativando tanto quanto eu esperava.

"Se as pessoas ficassem em silêncio, poderiam ouvir melhor o barulho de sua própria vida. Se as pessoas ficassem em silêncio, o que elas falassem, quando escolhessem falar, se tornaria mais importante. Se as pessoas ficassem em silêncio, poderiam ler os sinais umas das outras, do modo como criaturas submarinas piscam luzes entre si, ou fazem sua pele assumir diferentes cores."

Exceto isso, ele traz um grande conhecimento sobre águas vivas. Para quem não conhece tanto (assim como eu), apesar de ser um livro fictício, tem muitos fatos que são reais. Então prepare-se para conhecer bastante sobre este universo.

Ainda assim, para mim, o foco do livro deveria ser voltado para a morte de Franny. Ficou um pouco vago como tudo aconteceu e não vi nenhuma solução. Por isso o livro levou apenas três estrelinhas.

"Dizer adeus é importante. É o que nos permite começar a viver outra vez."

FINALIZANDO...

Comecei a ler este livro por indicação e porque queria ler algo com menos de 250 páginas para a última leitura do ano. Li diversas resenhas antes de iniciar a leitura e isso realmente me despertou um grande interesse.

Apesar de “Suzy e as águas vivas” não ter me conquistado do começo ao fim, o livro tem muito para ensinar através de cada capítulo. Traz um grande conhecimento em suas páginas.

"É interessante como não-palavras podem ser melhores do que palavras. O silêncio pode dizer mais que o barulho, da mesma maneira que a ausência de uma pessoa pode ocupar ainda mais espaço do que sua presença ocupava."

Então se você gosta de uma estória com drama e muitas descobertas, com certeza te indico esta leitura.

MAIS QUOTES

"Imagine se pudéssemos dizer: 'opa, isto está muito difícil', e então encolhêssemos de tamanho e voltássemos a ser crianças, como antigamente."

"O truque para qualquer coisa é acreditar que ela é possível. Quando você acredita em sua própria habilidade para fazer algo, mesmo que seja algo assustador, isso lhe dá um poder quase mágico. A autoconfiança é mágica.Permite que você enfrente tudo."


Avaliação: 3,5 ❤ - SKOOB: Suzy e as águas vivas
Título original: The Thing About Jellyfish
Escritora: Ali Benjamin
Editora: Verus
Páginas: 223
Lançamento: 2016

Gênero: drama / sick-lit

SINOPSE
Às vezes, quando nos sentimos mais solitários, o mundo decide se abrir de formas mágicas.
Suzy Swanson está quase certa do real motivo da morte de Franny Jackson. Todos dizem que não há como ter certeza, que algumas coisas simplesmente acontecem. Mas Suzy sabe que deve haver uma explicação — uma explicação científica — para que Franny tenha se afogado.
Assombrada pela perda de sua ex-melhor amiga — e pelo momento final e terrível entre elas —, Suzy se refugia no mundo silencioso de sua imaginação. Convencida de que a morte de Franny foi causada pela ferroada de uma água-viva, ela cria um plano para provar a verdade, mesmo que isso signifique viajar ao outro lado do mundo... sozinha. Enquanto se prepara, Suzy descobre coisas surpreendentes sobre o universo — e encontra amor e esperança bem mais perto do que ela imaginava.
Este romance dolorosamente sensível explora o momento crucial na vida de cada um de nós, quando percebemos pela primeira vez que nem todas as histórias têm final feliz... mas que novas aventuras estão esperando para florescer, às vezes bem à nossa frente.


28 comentários:

  1. Bom dia linda
    Não conheço o livro, mais amei a capa, vou procurar saber mais sobre ele.
    Amei a resenha e a foto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou faltando alguma informação aqui na resenha? Porque sempre sinto isso quando alguém diz "vou procurar saber mais" rsrs

      Excluir
  2. Li outras resenhas e nelas são dito que Frannie morreu aos 12 anos, então deduzo que Suzy tenha a mesma idade da amiga. Fatalidades acontecem, achei muito precoce Suzy achar que não foi acidente e sim uma morte causada por uma água viva.
    Na sinopse diz "Este romance dolorosamente sensível...", mas, gente, não tem nada de romance aí, é drama puro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fatalidades realmente acontecem e fiquei chocada com esse fato. Fiquei triste com todos os acontecimentos, mas a autora focou muito sobre as águas vivas e isso não me agradou tanto. Em questão da sinopse, também não entendo porque diz "romance", sendo que não vejo nada romântico em um fato como esse!

      Excluir
  3. O enredo é convidativo, a personagem parece bem construída, mas não me sinto atraída pela história no geral.
    Parece uma boa leitura, mas não ao ponto de incluir nos desejados.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo haha. Ela estava nos meus desejados por diversos motivos. Foi uma leitura bem ok, mas não me surpreendeu muito.

      Excluir
  4. Eu amei essa capa, linda mesmo. Eu adoro esse tipo de livro, especialmente quando os narradores entram na parte adolescente e estão na escola, quando os conflitos começam a aparecer. Parece ser um livro bem inteligente, inclusive por fazer um paralelo às águas-vivas e tudo mais. Nunca li nada igual e fiquei encantada pelo modo como os sentimentos sobre a leitura foram repassados. Realmente fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei feliz que tenha gostado da resenha. Espero que tenha oportunidade em ler este livro e se encante muito mais!

      Excluir
  5. Oii,
    Ainda não conhecia esse livro, e confesso que não fiquei com muito vontade de ler. Essa história de águas vivas, e de morte que no fim não tem uma solução já me deu preguiça hahha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha entendo. Uma pena que não te despertou interesse.

      Excluir
  6. Olá Fabiana!
    Lembro que quando a obra foi publicada por aqui os blogs não pouparam elogios, e vendo mais essa resenha já percebi que realmente se trata de uma leitura agradável e reflexiva. Gosto da forma como a autora utiliza das àguas vivas para metaforizar alguns aspectos da vida da protagonista, e apesar de haver uma carência relacionada com a perda da ex-amiga, Suzy e as águas vivas consegue abordar a perda e a superação de uma forma consistente e crível.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas pessoas realmente amam este livro e até entendo o motivo. Apesar do mesmo não ter me agradado tanto quanto eu esperava, é uma leitura que aborda muito sobre perda e superação.

      Excluir
  7. Olá Fabiana!
    Acho que o livro é muito bom para quem já perdeu alguém próximo pois ele traz várias reflexões sobre isso. O fato de Suzy querer uma explicação razoável para a morte de sua amiga é algo super natural no ser humano e nos faz ter muita empatia pela personagem. Eu não sei nada sobre o universo das águas vivas e adorei esse bônus que vem junto com a história. A parte da monotonia me preocupa um pouco, mas não diminui o brilho e a importância dessa obra.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei de conhecer mais sobre as águas vivas também, porém achei que focou muito apenas nisso, entende? Mas concordo com você: isso não tira o brilho da obra. Espero que você leia e goste deste livro.

      Excluir
  8. Não sou muito fã de livros sobre perdas, sou uma manteiga derretida e por isso prefiro livros com enredos leves, sem muito dramas, sem falar que nunca me interessei pelas águas vivas... Por isso Suzy e as águas vivas é um livro que dificilmente eu leria. Mas eu amei os quotes, principalmente o último sobre a autoconfiança.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os quotes desse livro são lindos mesmo! Uma pena que o livro não faz muito seu estilo, mas, se um dia der uma chance, espero que goste.

      Excluir
  9. Não conhecia o livro, mas já fiquei anima com os assuntos abordados nele. Suzy parece uma personagem interessante, assim como Franny e despertou minha curiosidade saber o motivo das duas não terem sido amigas. Ainda que o livro não tenha te conquistado é uma leitura quer adoraria fazer, ela pode ser enriquecedora.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com toda certeza a leitura é enriquecedora. Claro, o livro não me agradou em alguns aspectos, mas talvez te agrade muito mais. Espero que leia e adore! Fico feliz que você conheceu o livro por aqui <3

      Excluir
  10. Olá!
    As vezes quando perdemos alguém é muito difícil continuar fazendo o que fazíamos antes e tentamos achar mesmo um motivo. Adorei sua resenha e fiquei com muita vontade de ler esse livro. A foto ficou muito bonita.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que minha resenha tenha despertado seu interesse. Realmente... é muito difícil perder alguém que amamos.

      Excluir
  11. É muito comum quando você perde alguém muito querido você perder o rumo do que fazer com a sua vida parte daquele momento eu acho que é uma das fases mais importantes do luto. Adorei a sua resenha muito bem trabalhada por sinal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que gostou do novo estilo de resenha :D
      E sim, quando perdemos alguém que amamos, sempre procuramos diversas justificativas para o ocorrido. É triste. :(

      Excluir
  12. Esse livro tem uma visão bem diferente e interessante, não conhecia ele, mas fiquei bem curiosa,obrigada pela dica ♥

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma visão diferente mesmo. Espero que faça a leitura e goste do mesmo!

      Excluir
  13. Já tinha ouvido falar nesse livro, mas não conhecia a premissa! Adorei saber mais sobre ele e também que ele é bem curtinho :D

    ResponderExcluir
  14. Olá, Tudo bem?

    Eu ainda não tinha lido nenhuma opinião sobre este livro e parece ser muito bom de ler. Especialmente porque gosto de histórias com drama e muitas descobertas. Vou adicionar na minha lista de desejados. Obrigada pela dica.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gosta de histórias assim, com certeza vai adorar esse livro. Espero que ele te surpreenda em muitos aspectos.

      Excluir