sexta-feira, 23 de novembro de 2018

RESENHA | A flor cor de rosa, de Ana Souza

Até onde você se deixaria levar em nome do amor?

Ana Souza

A flor cor de rosa” vai no levar para alguns momentos da vida de Clarisse Marins, uma advogada bem renomeada e que tem a oportunidade de um grande futuro em Paris, mas que esconde um segredo.

O convite para uma carreira promissora vem dos donos do escritório de advocacia e seu filho, Maximiliano Menegathy, que acabou de retornar de uma viagem no exterior. Max tem um encanto que Clarisse não consegue descrever e mesmo não desejando um relacionamento, ainda mais agora que sua carreira está decolando, ela não consegue resistir.

Ana Souza
Mesmo sabendo que seu futuro está prestes a mudar, Clarisse e Max acabam se envolvendo e com isso ele toma a decisão: irá se mudar para a França e ajudá-la em tudo que for preciso nessa sua nova jornada. Porém, os encantos que os cercam podem ser destruídos.

Clarisse criou uma imagem de Maximiliano e aos poucos ela foi desvendando quem ele era de verdade. Ele, por outro lado, não imaginava que a advogada guardava um segredo e, quando descobriu, deixou a raiva falar mais alto. Agora, qual será o final dessa história?

💭
Ana Souza

Recebi o livro “a flor cor de rosa” em parceria com a autora Ana Souza. Quero muito agradecer o contato da autora com o blog e na confiança com o mesmo. Logo de cara somos apresentados com essa capa fofíssima e já imaginamos uma história de encher o coração de amor e em seguida a uma sinopse que não revela tanto, porém que pode apontar diversos assuntos.

Como citei, o livro apresenta muitos assuntos: sucesso na carreira da personagem, um amor corrosivo, um segredo, o laço com a família e a vontade de crescer. Tudo isso em um único enredo é algo incrível e apesar da autora narrar os fatos sem muitas explicações, isso não atrapalhou a leitura em nenhum momento. 

"Se a pessoa não está ao seu lado, é porque ela não vale a pena. Não se pode mandar no sentimento alheio. Se a pessoa não quer, está no direito dela." (pág. 58)

Saber por tudo o que a personagem passou, estava vivendo e conquistando em sua vida, foi ótimo. Ana Souza soube como apontar esses fatos no momento certo e descrever como a vida da protagonista estava caminhando. Ela deu vida aos personagens, os descreveu da forma que cada um teve o seu final merecido.

Ana SouzaTenho que relatar algo que me deixou um pouco encabulada durante a leitura: as cenas picantes. Como nunca fui fã de livros mais ousados, digamos assim, isso acaba me deixando um pouco incomodada. Mas para quem não se importa com cenas como essas, então com certeza vai adorar a forma como a autora as descrevem.

A escrita da autora é boa e com alguns pequenos ajustes, como citado, tem tudo para ser um grande sucesso. Vale ressaltar que, com o final apresentado, “a flor cor de rosa” sem dúvidas terá uma continuação! O que mais temos para explorar de Max e Clarisse? Ou seremos apresentados para seus amigos que também tiveram a sua importância no enredo? Saberemos só no “próximo capítulo”.

Ana Souza

Avaliação: 3 ❤
*adicione o livro no Skoob: A flor cor de rosa

Título original: A flor cor de rosa
Escritora: Ana Souza
Editora: Multifoco
Ano de publicação: 2018
Páginas: 200
Gênero: Romance / literatura nacional


SINOPSE
A belíssima e obstinada advogada Clarisse Marins, foi convidada para recepção do famoso Maximiliano Menegathy, que chegou ao Brasil depois de sua temporada de estudos no exterior. A curiosidade que move ambos, se torna uma arrebatadora e intensa paixão, movida por suas semelhanças e aguçada por suas diferenças. A liberdade de Clarisse... A possessividade de Max...
Batalhadora, decidida e intensa, Clarisse se vê assombrada pelos seus demônios do passado e sente seu relacionamento ameaçado, quando chega a hora de revelar toda sua verdade.

7 comentários:

  1. Oi!
    Não conhecia essa autora mas adorei a capa e a sinopse. Gosto de livros mais curtinhos e despretensiosos, sempre acabam me encantando. Tomara que o segundo seja muito melhor!
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito de saber que o foco não está nas cenas picantes e que foram bem conduzidas pela autora.

    É bom quando os personagens são bem desenvolvidos -o que parece ser esse o caso -, e não tem cenas picantes só para prender o leitor ao texto.

    Vai pra minha lista de leitura com certeza! 😁

    ResponderExcluir
  3. Fabiana, suas palavras são muito importantes para mim. Obrigada pelo carinho com a obra e com os personagens. Em Janeiro teremos o lançamento do próximo livro da série. Como sempre apaixonada nas belíssimas foto. Parabéns pelo seu trabalho. Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Oi Fabiana!
    Nunca tinha ouvido falar nesse livro, acredita? Achei a história meio instigante e me deixou um tanto curiosa. Eu também não curto muito essas cenas mais picantes nos livros, rs. Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Eu não conhecia o livro nem a autora e achei a capa realmente muito fofa, achei a premissa do livro bem interessante e gostei. Adorei a sua resenha, você trouxe os principais pontos da trama e me deixou bem curiosa para poder ler também.

    ResponderExcluir
  6. Oi Fabiana.

    Algumas pessoas ficam incomodadas com cenas picantes mesmo e às vezes acaba atrapalhando um pouco a leitura. Eu sou tranquila com livros mais ousados, por isso vou adicionar na minha lista de desejados. Fiquei bem curiosa pela história. Obrigada pela dica.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oiii, eu não conhecia o livro e tudo que você falou sobre ele me agradou!
    Vou adicionar ele na minha lista de leituras e tomara que consiga ler ele logo!
    Adorei a sua resenha!

    ResponderExcluir