Setembro amarelo: 8 livros que falam sobre suicídio

setembro 12, 2018

Segunda, dia 10 de setembro, foi o dia mundial da prevenção do suicídio. Esse dia foi criado em 2003 pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e Organização Mundial de Saúde, com objetivo de prevenir o ato de suicídio.


Com isso, decidi apresentar para vocês alguns livros que abordam suicídio e que é preciso ser sentido:

setembro amarelo


OS TREZE PORQUÊS

Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker, uma colega de classe e antiga paquera, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.




POR LUGARES INCRÍVEIS

Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.
Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.


EU ESTIVE AQUI

Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo...
Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal?
A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos. 
Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... E de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida. 


O ÚLTIMO ADEUS

O Último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz. 
O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carro velho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diário que ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Eis uma das grandes questões desse livro apaixonante. 


A PLAYLIST DE HAYDEN

Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.


COMO SE APAIXONAR

Depois de não conseguir evitar que um homem acabasse com a própria vida, Christine passa a refletir sobre o quanto é importante ser feliz. Por isso, ela desiste de seu casamento sem amor e aplica as técnicas aprendidas em livros de autoajuda para viver melhor.
Adam não está em um momento muito bom, e a única saída que ele encontra para a solução de seus problemas é acabar com sua vida. Mas, para a sorte de Adam, Christine aparece para transformar sua existência, ou pelo menos tentar ajudá-lo. 
Ela tem duas semanas para fazer com que Adam reveja seus conceitos de felicidade. Será que ele vai voltar a se apaixonar pela própria vida?


AS VANTAGENS DE SER INVISÍVEL

Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras - são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.





MAIS DO QUE ISSO

Um garoto se afoga, desesperado e sozinho em seus momentos finais. E morre. Então ele acorda. Nu, ferido e com muita sede, mas vivo. Como pode ser? Que lugar é este, tão estranho e deserto? Enquanto se esforça para compreender a lógica de seu pior pesadelo, o garoto ousa ter esperança. Poderia isto não ser o fim? Poderia haver mais desta vida, ou quem sabe da outra vida?







BÔNUS

Conto "24 horas para escolher viver":
Há um ano, Catarina perdeu os seus pais e irmão em um acidente de carro, onde somente ela sobreviveu. Desde então ela tem pensado todos os dias em desistir de viver, até que novamente no dia 24 de dezembro ela sofre outro acidente e conhece um policial que está destinado a passar as próximas 24 horas convencendo-a a escolher viver.
Um conto sobre dores, perdas e a importância de recomeçar. 








Participe do top comentarista de Setembro

You Might Also Like

8 comentários

  1. Oi. Acho muito importante os alertas que esse mês aponta para as pessoas estarem sempre atentas... não li nenhum dos livros citados, mas tenho na minha estante "Quando tudo faz sentido" que também aborda o tema, mas ainda não tive a oportunidade de ler.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. É um mês bastante sensível para todos nós que nos empenhamos por olhar o outro com olhos de amor e empatia, não sabemos a dor que sentem, mas podemos a partir de nossos gestos sutis fazer a diferença na vida de quem precisa sem nem percebermos.
    Todos os títulos são ótimos, mas o que mais chamou minha atenção foi Como se Apaixonar. Acredito que tenhamos fortes reflexões e aprendizados com essa leitura que me parece bastante agradável.
    Abraços! 😊

    ResponderExcluir
  3. Oi! Com esse mês da prevenção, tenho conhecido muitos livros que tratam dessa temática, alguns até que eu nem imaginava serem sobre suicídio. Quero muito ler Os 13 porquês, pra tirar da minha mente a série. Por lugares incríveis já li , tem um canto especial no meu coração. O último adeus parece ser muito tocante, entrou pra minha lista de desejados. Obrigada pelo post!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  4. Olá Fabiana.

    É um alerta muito importante mesmo que não pode deixar de lado. Eu gostei dos livros que você mencionou, porém eu li apenas A Playlist de Hayden. Os outros livros eu tenho muita vontade de ler e ainda tenho na lista de desejados. Parabéns pelo post.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ei Fabi,
    Acho muito importante essa campanha, da sua lista li O último adeus e achei forte, intenso e mostra a dificuldade em lidar com a perda, Por lugares incríveis não funcionou comigo, achei que foi romantizado e que os personagens foram cruéis e desligados com o protagonista e Como se apaixonar foi fofo, uma leitura cheia de esperança e mudanças para ambos os lados. Três livros muito bacanas.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  6. Seleção de livros incriveis que falam de um assunto super sério!
    Desses já li ''Eu estive aqui''. Mas tenho outros no kindle que quero ler em breve.
    um beijo

    www.chuvanojardim.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, achei seu post bastante interessante, O último adeus é o meu livro escolhido para trabalhar no TCC, sendo assim, ando lendo bastante sobre suicídio. Já conhecia as outras histórias, menos a dica bônus e preciso confessar que foi a que mais despertou meu interesse. Com certeza vou procurar mais sobre!

    ResponderExcluir
  8. Dos livros que você citou, eu li apenas 24 horas para escolher viver e achei a história impactante. Em relação aos demais, ainda não tive a oportunidade de conhecer. Mas todos eles estão na minha lista de leituras.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Instagram

NO FACEBOOK

SOBRE

blog PS Amo Leitura
PS Amo Leitura surgiu em 2014 com o intuito de compartilhar o meu amor pela leitura com todos.

o que estou lendo

Skoob