Resenha: Quando o Amor Bater à Sua Porta, de Samanta Holtz

agosto 10, 2018

Um rapaz que perdeu a memória; uma autora sofrendo a pressão de suas publicações. O que eles têm em comumO nome do personagem do seu novo romance é o mesmo do rapaz que está em sua porta: Luiz Otávio. E tudo que ele se lembra, e encontra, é um papel que ele precisava encontrá-la. DestinoCoincidência? Acaso?


Samantha Holtz


Malu Rocha tem 29 anos e é conhecida por todas os seus livros de romances publicados. Em sua vida, diferente dos livros que escreve, ela não acredita muito no amor após um momento terrível de seu passado. Após esse momento que ela não desejaria ter vivido, ela acaba tornando-se uma mulher independente, confiante e bem-sucedida.

Samantha HoltzSua vida é uma rotina: todo dia de manhã ela as para pedalar, passa grande parte do seu tempo escrevendo – já que a editora faz uma enorme pressão para entregar o manuscrito – e toda semana visita seu avô no asilo já que ele é a única família que ela tem próximo. Só que sua rotina sai totalmente do eixo quando um rapaz, aparentemente sem memória, bate em sua porta com um papel dizendo que não se lembra de nada e tudo o que ele tem é que tinha que encontrá-la para uma reunião.

🌸 "Desde os mais remotos séculos, poetas tentaram, filósofos se esforçaram, escritores encheram folhas de papel... e ninguém conseguiu. Porque o amor não foi feito para ser entendido, estudado ou explicado; o amor foi feito para ser sentido." (pág. 20)

Buscando ajuda de sua assessora, Rebeca, Malu tenta buscar informações para ajuda-lo, apesar de achar a história bem estranha. Como Rebeca é uma pessoa desorganizada e nunca faz backup das coisas, ela não tem essa informação e não consegue se lembrar de nenhum Luiz Otávio. Mesmo relutando para não o dispensar imediatamente já que não tem nenhuma informação útil, ela decide em ajudá-lo a descobrir sua verdadeira identidade.

Porém, ajudar Luiz Otávio vai trazer muitas mudanças na vida de Malu e, principalmente, em seus livros. Afinal, esse rapaz tem o mesmo nome do personagem do seu novo romance! Isso quer dizer algoSeria um sinal? O que a vida reserva para a nossa escritora? Juntos, Luiz e Malu vão embarcar em uma descoberta: ele por sua memória e ela para seu autoconhecimento.

🌸 "Às vezes, o motivo das nossas aflições não é o que fizemos, mas o que deixamos de fazer." (pág. 63)

💭
Samantha Holtz

Quando o amor bater à sua porta” é um livro gostoso de ler. Com uma narrativa em terceira pessoa, ele possui uma premissa muito interessante. Já imaginou você, escritora super renomeada no romance, escrevendo seu novo romance, mas não acreditando no verdadeiro amor? E, simplesmente do nada, um homem absolutamente bonito aparece em sua porta dizendo que precisava encontra-la, mas não se recorda do porquê, e ele tem o mesmo nome que seu personagem fictício? O que você faria em uma situação como essaSinceramente eu não teria nenhuma reação.

🌸 "Porque é o amor que dá razão a tudo. Seja na união de um casal ou na conquista dos seus sonhos." (pág. 103)

Uma coisa que me perguntei bastante no decorrer do livro foi o seguinte: como alguém consegue escrever sobre o amor, sem senti-lo de verdadeAfinal, o que é o amor? É uma pergunta completamente difícil de responder e também um pouco pessoal, afinal, para cada pessoa o amor é representado de uma forma diferente. Mas fiquei imaginando como é possível escrever sobre ele e não conseguir sentir verdadeiramente isso dentro de você?! Foi um grande questionamento durante a leitura, mas em certo ponto a autora esclareceu tudo do motivo que levou a Malu a desacreditar nesse lindo sentimento.

Samantha Holtz
A forma como a autora Samanta Holtz criou esse universo foi muito bacana. Me envolvi com os dramas apresentados por nossa Malu, assim como todos os dilemas enfrentados por Luiz Otávio para recuperar sua memória. Tudo o que acontece depois desse encontro são momentos que irão ajudar ambos os personagens em suas trajetórias e principalmente no amadurecimento.

🌸 "As pessoas lutam, erram, se decepcionam. Perdem a memória. Mas, quando se sentam para ver um filme ou abrem um livro para ler, não querem mais daquele sentimento negativo. Querem sonhar, acreditar que a felicidade é possível, mesmo que através de uma história inventada por outra pessoa. Elas passam a acreditar naquilo e, por um instante, tomam o sentimento emprestado, como se fosse delas. É por isso que elas gostam tanto dos finais felizes." (pág. 113)

Quando digo de amadurecimento estou me referindo a personagem Malu. Logo nas primeiras páginas criei uma certa antipatia por ela. Motivo: a forma como ela foi narrada parecia totalmente arrogante, principalmente quando falava com sua assessora. Mas, ao decorrer dos capítulos, a personagem foi amadurecendo, mas ainda apresentava alguns “deslizes” da forma como falava. Confesso que isso me deixou um pouco triste na leitura, pois eu me coloquei no lugar da assessora ou de uma fã e imaginar um escritor daquela forma me deixou um pouco frustrada.

Entendo que em muitos momentos é difícil você manter as aparências e ficar sorrindo 24 horas por dia. Todos somos humanos e passamos por momentos complicados em nossas vidas, mas isso não muda o fato de temos empatia pelo próximo, não é mesmo? Infelizmente a Malu não me conquistou tanto da forma como eu esperava, mas já Luiz Otávio... ele me conquistou desde o momento que foi citado no livro! Única coisa que senti falta foram explicações detalhadas de como tudo aconteceu para ele quando recuperou a memória. Temos apenas fragmentos de como pode ter acontecido e não uma explicação exata.

🌸 "Você não deve buscar a felicidade no outro, mas em si mesmo." (pág. 131)

Samantha Holtz

 “Quando o amor bater à sua porta” é um romance clichê, com grandes altos e baixos, e que em muitos momentos você vai sentir vontade de gritar com Malu por conta de suas atitudes (principalmente nos últimos capítulos). Se você gosta desse tipo de trama, está esperando o que para deixar este livro entrar em sua vida e em seu coração?

🌸 "Mas como pensar no futuro que se desenhava no infinito se o presente de ambos parecia tão complexo? Onde residia a eternidade, onde começava o para sempre? Talvez o infinito não pertencesse ao futuro, e sim ao presente..." (pág. 191)

🌸 "Aprendi que o amor é como um pássaro; às vezes pousa em nosso ombro, às vezes foge de nós. Cabe a nós aprendermos a reencontrá-lo sempre que ele ressurge sob novas formas e valorizar cada momento em que se faz presente." (pág. 301)

Avaliação: 3,5 ❤
*compre na Amazon.


Título original: Quando o amor bater à sua porta
Escritora: Samanta Holtz
Editora: Arqueiro
Ano de publicação: 2016
Páginas: 304

Gênero: Ficção / romance

SINOPSE | SKOOB
Ele tem um passado do qual não se lembra. Ela precisa esquecer o seu.
Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso.
Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade.
O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja.
Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer.

You Might Also Like

7 comentários

  1. Eu amei essa leitura <3
    Li assim que foi lançado e foi uma surpresa conhecer a escrita da autora.
    Finalizei a história apaixonada e querendo mais hahahahah
    Sei que foi clichê e concordo com as suas ressalvas, mas na época eu precisava de algo leve e por isso ele conseguiu suprir minhas expectativas <3

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  2. Eu leria esse livro mais pela curiosidade, pois a sinopse em si não me chamou tanto a atenção.
    Deve ser um bom livro,mesmo que tenha um clichezinho básico,mas serve para matar o tempo.

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu desde que esse livro lançou eu quero ler ele e sua resenha me deixou ainda mais curiosa para ler ele.

    ResponderExcluir
  4. Oi! Sempre vi a capa desse livro por aí, mas nunca dei muita bola. Acabei me encantando pela premissa, e mesmo parecendo clichê achei bem interessante. Até me lembra um filme, que não consigo me lembrar agora, e que aborda essa questão da ficção misturada com a realidade. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  5. Oi Fabiana.

    Eu acho a capa deste livro muito bonita, porém a história ainda não conseguiu chamar minha atenção. Mesmo que sua resenha esteja bem bacana, dessa vez vou deixar para pegar outra dica literária na próxima visita.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oie!

    Sabe aquele livro que você sempre vê por ai e nunca da atenção para ver sobre o que se trata? Então, essa sou eu com esse livro. Sempre vejo ele por ai mas nunca parei nem pra ver a sinopse.
    Adorei sua resenha, ela me deu uma ideia bem ampla da história e me convenceu a prestar atenção no livro a próxima vez que o vir.

    Beijos
    Carol
    www.thereviewbooks.com.br

    ResponderExcluir
  7. Adorei a premissa do livro, gosto bastante desses enredos que algo inesperado vem para mudar rumos de vidas, afinal a vida é isso. Que bom que a autora esclarece sobre a questão do amor e fiquei curiosa para saber o que aconteceu com a Malu e ainda que ela não tenha te conquistado tando é um livro que eu adoraria ler, ainda mais por amar um bom clichê.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir

curta no facebook

sobre o blog

blog PS Amo Leitura
Blog PS Amo Leitura, 2014
O blog surgiu com o intuito de compartilhar o meu amor pela leitura com todos.

o que estou lendo