domingo, 8 de outubro de 2017

[Resenha] O Conde Enfeitiçado (os Bridgertons #6)

Escritora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 304

SINOPSE: "Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton.
   Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele.
   Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.
   Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz.
   No sexto livro da série Os Bridgertons, Julia Quinn mostra, em sua já consagrada escrita cheia de delicadezas, que a vida sempre nos reserva um final feliz. Basta que estejamos atentos para enxergá-lo."




Sinceramente não sei por onde começar essa resenha. Primeiro porque foi um livro que adorei demais e me diverti muito na leitura e segundo porque a série dos Bridgertons está chegando ao fim e comecei a ficar nostálgica.

Neste sexto livro da série, ele relata a história de Francesca Bridgerton. Ela é casada com John e não há dúvidas que ele é o amor da sua vida. Porém essa felicidade que permanece entre o casal dura apenas dois anos, pois John acaba morrendo de neurisma. Infelizmente Francesca tornou-se viúva muito cedo e não há nenhum herdeiro.


"Em toda vida ocorre um momento decisivo. Um instante tão extraordinário, tão claro e tão nítido que temos a sensação que havermos sido golpeados no peito, deixados sem fôlego, sabendo sem a menor sombra de dúvida, que nossa vida jamais será a mesma." (p. 70)

Michael Stirling é primo de John - mas sentia-se como irmão pela convivência de todos os anos e claro, era seu melhor amigo - é o próximo a assumir o lugar de John em todas as questões burocráticas. Só que ele esconde um grande segredo: ele conheceu a mulher da sua vida, dois anos atrás, mas ela casou-se com seu primo e ninguém jamais poderia desconfiar desse crescente amor.

Sem aguentar a continuar sufocando esse sentimento e ainda mais cuidar de todo o poder que seu primo tinha, Michael decide que é hora de ir passar um tempo fora; Michael decide ir para a Índia. Francesca, sem entender essa mudança repentina de Michael e sofrendo a morte de seu marido, ela decide passar um tempo com sua mãe.


"Nenhum homem com algum grau de inteligência fingiria compreender a mente de uma mulher." (p. 3307)

Quatro anos depois Michael retorna. Agora ele se sente preparado para encarar todas as obrigações que foram deixadas de lado nesse tempo; Francesca continua de luto e percebe que é hora de seguir com a sua vida. O que será que esse reencontro de Michael e Francesca irá ocasionar?



Ah, o que dizer desse livro? Ele me conquistou - e muito! - do começo ao fim. Muitas vezes eu senti vontade de bater em Francesca por conta de suas atitudes; muitos momentos eu suspirei por conta das atitudes de Michael e ansiava cada vez mais pelo fim do livro e saber como tudo iria acabar.


"Quem quer que tivesse falado que era sempre melhor dizer a verdade era um idiota. Michael teria dado qualquer coisa para voltar no tempo e fazer aquilo tudo desaparecer. Mas esse era o problema com as palavras. Não podia tomá-las de volta." (p. 4673)

Acho que o que mais me conquistou nesse livro foi o fato de Francesca não ser totalmente inocente. Como ela já havia se casado, ela conhecia como funcionava um relacionamento, as consequências do casamento e todas as obrigações que ela teria que enfrentar novamente decidindo que deveria seguir com a sua vida.

O livro me arrancou várias risadas também e o final me deixou com o coração apertadinho. Eu não esperava que tudo fosse acabar daquela forma e tenho que dizer que Julia Quinn me surpreendeu! Esse livro realmente relata todas as dúvidas, medos, inseguranças da personagem e no final é possível perceber o amor que permaneceu com ela e que sempre irá.


"Podia viver sem o seu amor, mas não sem a sua felicidade." (p. 5203)

Após a leitura de "um perfeito cavalheiro" - que se tornou um dos meus livros favoritos! -, os outros da série não estava me agradando. Confesso que comecei a ficar com receio em que a série não atingisse todas minhas expectativas, mas esse livro aqueceu meu coração e entendi o porque eu realmente estou amando esses romances: Julia Quinn sabe como conquistar um leitor, além de despertar o interesse no mesmo em fazer parte dos Bridgertons e claro, o final feliz que é proporcionado mesmo após um grande sofrimento.

Como disse no começo, já estou ficando nostálgica por estar quase finalizando esses romances de época. Acredito que ainda há muito mais que amar, que sofrer e que rir com essa divertidíssima família.


"Era algo que ele nunca ousara esperar, algo que jamais poderia ter sonhado que existisse. Era amor." (p. 5274)



Avaliação: ❤❤❤❤❤

6 comentários:

  1. Olá,
    Esse é próximo livro que vou ler da série e também já estou meio triste por que logo logo vai acabar.
    Amo muito os Bridgertons ♥
    Bjs e um bom Domingo!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me diga :(
      Estou triste também porque a série vai acabar, ainda mais que esse e o sétimo foram ótimos. Ansiosa pelos próximos.

      Beijos e boa segunda.

      Excluir
  2. Oieee! Que engraçado, eu gostei muito do livro, mas não é meu preferido rsrsrs mas a Julia Quinn é um arraso e foi bem legal conhecer melhor a Francesca! <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita gente tem um caso de amor/ódio com esse livro haha.
      Eu adorei a narrativa dele e por pouquinho mesmo não favoritei haha

      Beijos.

      Excluir
  3. Oiiiiiiiee!!!
    A cada vez que vejo uma resenha dessa mulher meu coração parte mais um pouquinho rs
    Acho que sou a única que nunca leu nada dela!
    Já vi muitos comentários positivos desse aí, que bom que você gostou <3

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me sentia da mesma forma hahaha mas aí no meio do ano para cá decidi que era hora de conhecer essa série e não me arrependo nenhum pouco! Alguns eu gosto mais do que outros, claro, mas vale muito a pena.
      Espero que você leia e ame <3

      Beijos.

      Excluir