Resenha | A adorável loja de chocolate de Paris, de Jenny Colgan

sexta-feira, 31 de julho de 2020

A Adorável Loja de Chocolate de Paris, mais um livro publicado pelo selo romances de hoje da Editora Arqueiro, e escrito por Jenny Colgan, vai contar uma história cheia de crescimento e amadurecimento.

Jenny Colgan


Ser supervisora numa fábrica de chocolate não significa que você saiba fazer chocolate, certo? E era exatamente o que acontecia com Anna Trent.

Porém, após um acidente de trabalho (o que eu diria que é quase inusitado acontecer), a vida de Anna muda completamente. No hospital, ainda em recuperação, ela reencontra uma antiga professora de francês, a Claire, onde em uma das conversas, ela menciona que há uma oportunidade perfeita para a jovem moça, porém, em Paris.


"A vida é isto: a necessidade de aguentar as coisas." (pág. 20)

Mesmo se sentindo uma fraude, afinal, há uma grande diferença entre um chocolate industrial e um artesanal, ela tem uma chance de se mudar de país e trabalhar em uma loja de chocolate bem reconhecida da região.

Encarando esse novo desafio, Anna irá para Paris e descobrirá sobre o verdadeiro chocolate e também sobre si mesma.



Jenny Colgan

Um livro sobre crescimento e amadurecimento.

Desde quando a Editora Arqueiro anunciou o lançamento do selo romances de hoje, eu venho me aventurando nessas histórias incríveis e cheias de crescimento.

A proposta do selo é apresentar personagens fortes, determinadas e que enfrentam problemas atuais, porém, mesmo apresentando o mesmo selo, os livros são histórias independentes.


"Quando somos jovens, achamos que vamos ter muitas oportunidades no amor. Somos descuidados, desperdiçamos a juventude, a liberdade e o amor porque pensamos que teremos essas coisas para sempre. Mas elas não duram. Gastamos tudo para só depois avaliar se fizemos isso com sabedoria." (pág. 123)

Aqui encontramos uma história onde somos capazes de ver todo o crescimento e amadurecimento da personagem Anna, assim como entendemos o romance do passado da senhora Claire.

Jenny Colgan

Com a narrativa intercalada entre essas duas personagens, é algo que deu mais vida na trama. O que deixou tudo ainda mais envolvente, foi a autora Jenny Colgan apresentar algumas cartas do passado de Claire, de 1972, onde ela conta a sua história de amor e uma esperança que até hoje permanece intacta.

E também conhecemos a história da Anna. O acidente de trabalho dela foi algo que cômico, mas ela tem um humor ácido e consegue cativar com um jeito diferente. Impossível não arrancar algumas risadas ao longo da leitura.



Anna é aquela personagem que a gente sente vontade de ser amiga, sabe? Ela é jovem, nada a prende na cidade natal e após perder esse emprego, o que a impediria de viajar para outro país? Uma decisão que mudou o rumo de sua vida e a fez enxergar além; enxergar quem ela realmente é.

São duas personagens incríveis e cada uma tem um pouquinho para ensinar a outra. É muito fácil se apegar e amar a trajetória que cada uma trilhou.


"Ah, nunca houve uma explicação para o coração humano..." (pág. 228)

Jenny Colgan

Uma leitura leve e bem humorada.

Desde quando conheci a escrita da autora através do livro A Pequena Livraria dos Sonhos, pude perceber em como a sua narrativa é algo leve, bem humorado e ela consegue colocar vários ingredientes, como pitadinha de drama e lições de esperança, ao longo da trama.

E há algo que eu gostei bastante nesse livro, assim como em A Padaria dos Finais Felizes, é que há receitas no final. Durante toda a trama nós conhecemos algumas especialidades da personagem e é possível fazer essas delícias. Então isso torna tudo ainda mais envolvente.



Com uma escrita viciante, A Adorável Loja de Chocolate de Paris é um romance maravilhoso e que nos faz acreditar que tudo é possível quando lutamos por algo, assim como o amor é capaz de sobreviver ao longo dos anos.




Título original: The Loveliest Chocolate Shop in Paris
Escritora: Jenny Colgan
Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Lançamento: 2020
Gênero: chick-lit / romance / romances de hoje

SINOPSE
Sim, é verdade que Anna Trent é supervisora numa fábrica de chocolate. Mas isso não quer dizer que ela saiba fazer chocolate. Por isso, quando um acidente muda sua vida e Anna tem a chance de ir trabalhar numa tradicional loja em Paris, ela tem certeza de que vão descobrir que é uma fraude.
    Afinal, existe uma diferença muito grande entre o chocolate industrial da sua cidade natal, no norte da Inglaterra, e as criações feitas à mão, com ingredientes da melhor procedência, pelo grande chocolatier Thierry Girard.
    Mas com um pouco de sorte, muita paciência e a ajuda dos novos amigos, o exuberante Sami e o galanteador Frédéric, Anna vai descobrir mais sobre o verdadeiro chocolate – e sobre si mesma – do que jamais sonhou.
    Cheio de lições de esperança, engraçado e irresistivelmente viciante, A adorável loja de chocolates de Paris é um romance delicioso que nos lembra que sempre vale a pena lutar pelas coisas mais doces da vida.

2 comentários

  1. Oi! Primeiramente, gostaria de te parabenizar pelo blog lindo! Eu amo a editora arqueiro, mas confesso que não estava familiarizada com a proposta desse selo. Adorei! Amo personagens fortes. Outra coisa que me chamou atenção e que achei diferenciado foi o fato de ter receitas no final!

    ResponderExcluir
  2. Oiii!

    Que bacana esse selo!! Eu não estava sabendo do lançamento e fiquei bem feliz e animada para ler algo... Gosto muito desse estilo de leitura e com certeza eu adoraria ler.
    Gostei da sua resenha e fiquei feliz em conhecer o enredo, meu sonho trabalhar em uma loja de chocolate, mas fico imaginando a loucura de mudar com uma mentira.
    Dica anotada.

    Beijinhos,

    Ani
    www.entrechocolatesemusicas.com.br

    ResponderExcluir