Na mídia | Opinião sobre Por Lugares Incríveis

quarta-feira, 25 de março de 2020

"Por lugares incríveis" é um filme produzido pela Netflix, baseado na obra escrita por Jennifer Niven, publicado pela editora Seguinte, e que vai abordar assuntos delicados como depressão e como isso pode mudar a vida de alguém.

Jennifer Niven
Imagem retirada do site da Netflix

Li "por lugares incríveis" em 2016 e lembro que foi uma leitura que eu gostei, mas que não me marcou. Talvez não era a leitura para realizar no momento? Talvez. Penso até mesmo em reler para saber como vou me sentir agora, 4 anos depois.

Mas, mesmo não me apaixonando completamente pela história, decidi dar uma chance ao filme e devo dizer que, de certa forma, ele me conquistou mais do que eu esperava.

Jennifer Niven
Imagem retirada do site Blogs O Povo
A história de "por lugares incríveis" conta sobre Violet Markey (Elle Fanning) que tenta se afastar de todos após um trágico acidente de carro com a sua irmã. Ela se questiona todos os dias porque somente ela sobreviveu e se sente culpada por isso.

Por outro lado conhecemos o Theodore Finch (Justice Smith) que é considerado o "esquisitão" da turma, sempre recebendo "piadinhas" dos valentões do colégio e precisa lidar com toda essa dor e depressão sozinho.

Uma improvável amizade surge entre eles, fazendo com que o contato seja necessário e é assim que eles vão tentando superar suas próprias dores.

Jennifer Niven
Imagem retirada do site Adoro Cinema
Vi muita gente criticando o filme por não ser similar ao livro. Se eu dissesse que eu lembro de todos os detalhes do livro, estaria mentindo. Não me recordo de muita coisa, apenas dos pontos principais e isso eu gostei de ver na telinha.

É perceptível ao longo do filme toda a dor que Violet sente. Ela é uma personagem que está passando por muitas questões difíceis e a dor está estampada em seu rosto. Quando ela conhece Finch, de certa forma, é como se ela encontrasse um motivo para sorrir.

Mesmo com toda a dor e sofrimento de cada um, Finch faz o possível para ver Violet bem. O problema que nesse processo, ela não percebe que os "sumiços" que ele dá de vez em quando, é um sinal de alerta. Um sinal que tem algo errado acontecendo.

Jennifer Niven
Imagem retirada do site Adoro Cinema

Foi um filme que me deixou com o coração apertado e com lágrimas nos olhos. A sensação que senti ao assistir foi totalmente diferente de quando eu li. Ele me conquistou e me marcou!

Quantas vezes as pessoas estão enfrentando alguma depressão ou passando por algum problema perto de nós e não conseguimos perceber? Às vezes, tudo que elas precisam, é de ser ouvida. De compartilhar suas angustias.

"Por lugares incríveis" mostrou como a depressão pode destruir a vida de alguém. Isso não é brincadeira, não é frescura. É grave! É necessário prestar atenção e procurar ajuda. É necessário ter empatia por quem está enfrentando algum quadro assim.


⚠️ 

Esse filme pode conter gatilhos!



10 comentários

  1. Particularmente não gostei muito da adaptação. Além de faltar um certo aviso sobre gatilho, como os detalhes estão frescos na mente, achei que eles trataram com certo descuido os distúrbios do Finch
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Rumo aos 4K no instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo seu ponto de vista. Muita gente não gostou dessa adaptação, mas comparado com a leitura, acho que foi boa. Talvez deveriam ter tratado o distúrbio de Finch de uma forma diferente.

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?
    Eu li o livro há uns 4 anos também e lembro que foi uma leitura que me fez muito mal. Achei um livro lindo, mas não leria de novo e não pretendo ver o filme. Mas confesso que de qualquer forma o filme não despertaria muito meu interesse porque detestei a escolha do elenco. Acho os dois atores muito fracos para um tema tão difícil.
    Mas gostei de saber sua opinião sobre o filme e que bom que ele te emocionou mais do que o livro. E parabéns por ter colocado o aviso de gatilhos. A divulgação da Netflix foi totalmente errada, colocando como um filme indicado para quem gostou de Para todos os garotos que já amei e A Barraca do Beijo. Então, é importante fazer esse tipo de alerta.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a Netflix fez uma comparação para público jovem, mas não são o mesmo tempo. Esse filme merece ter o destaque de gatinhos, assim como a série "os 13 porquês". É um tema muito delicado!

      Excluir
  3. Eu vi muitas críticas negativas em relação ao filme e isso me deixou com um pé atrás, até porque eu sou uma pessoa que acaba muitas vezes se decepcionando com adaptações de livros que amo. Como ainda pretendo ler o livro, não apostarei no filme antes. Mas fico feliz que o filme tenha te agradado e emocionado.

    São importantíssimos os temas abordados. Depressão é mesmo um assunto sério e gosto quando os autores trabalham bem o tema, demonstrando o quanto é necessário falar sobre isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas pessoas não estão gostando da adaptação e eu me senti diferente por ter gostado haha. De qualquer forma, o assunto de depressão precisa ser abordado, só precisam colocar que há possíveis gatilhos.

      Excluir
  4. Oi Fabiana, tudo bem?
    Andei lendo resenha desse livro e sendo honesta, imagino o porquê das resenhistas terem sofrido com o livro. Para ficar pior, eu mesma resolvo, de curiosa, pesquisar sobre o livro e o filme e o único pensamento que me veio foi: se fosse eu passando por aquela situação de..., provavelmente eu ia parar na polícia por agressão porque sem dúvida eu ia quebrar a cara de alguém no processo. Não estou brincando, eu faria MESMO isso.
    Um beijo de fogo e gelo da Lady Trotsky...
    http://www.osvampirosportenhos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito complicado, pois esse tema precisa ser abordado e cada um tem uma reação diferente de agir com isso.

      Excluir
  5. Olá!!!
    Eu não minto que sou uma das pessoas que o filme agradou, pois bem acho que o mesmo ficou muito mais no romance.
    Assim a Violet realmente foi bem explorada no filme, o Finch achei que o roteiro esqueceu de muitas questões sobre ele e isso ficou pra mim no ahn??
    Mesmo assim fico feliz que você tenha gostado do livro.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei do livro, mas gostei mais do filme, como citei haha. O filme me agradou mais e gostei da atuação da Violet.

      Excluir