Resenha | Isla e o final feliz (Anna, Lola e Isla #3), de Stephanie Perkins

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Isla e o final feliz” é o terceiro livro da trilogia Anna, Lola e Isla, publicado pela Editora Intrínseca, que pode ser lido de forma independente e que vai apresentar uma história de amor que iniciou de forma inusitada.


Stephanie Perkins
Foto: PS Amo Leitura



Isla é uma garota totalmente tímida e romântica.


Ela sempre teve uma queda por Josh desde o primeiro ano na SOAP - uma escola americana em Paris, porém acreditava que ele nunca havia notado sua presença.


Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias, tudo o que Isla sempre sonhou começa a se tornar realidade: ela e Josh começam a criar um vínculo e se aproximam de uma forma que ela jamais esperou ser possível, apenas em seus sonhos.

Nossos dedos afundam no cabelo um do outro, sinto a respiração dele em meu pescoço. Eu queria que o mundo nos engolisse aqui, agora, por inteiro, nesse exato momento. E é aí que a ficha cai, que me dou conta de que isso - isso - é se apaixonar. (pág. 93)


Porém nem tudo será um conto de fadas. Eles estão prestes a se formarem no ensino médio e terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo todos os drama familiares e questionamentos sobre o futuro.


Stephanie Perkins
Foto: PS Amo Leitura


Após ter lido “Anna e o beijo francês” e “Lola e o garoto da casa do lado”, e ter adorado a escrita da Stephanie Perkins, ler “Isla e o final feliz” me deixou totalmente encantada e um final lindo para a trilogia.


Como eu disse no começo, as obras podem ser lidas separadamente, mas neste terceiro livro, personagens dos anteriores aparecem e têm momentos importantes e inesquecíveis durante a trama. Então eu recomendo que leia os dois anteriores para se apaixonar ainda mais pelos personagens.




E falando em se apaixonar…


Em muitos momentos eu me senti como a Isla: sonhadora, mas também muito realista e insegura com relação ao futuro e sentimentos. Acredito que em muitos momentos de nossas vidas a gente sinta esse medo, esse receio de algo não dar certo ou de se decepcionar. Mas o que ela me mostrou foi que devemos arriscar. Devemos dar uma chance ao amor, ao amanhã.


Stephanie Perkins
Foto: PS Amo Leitura

Outro ponto que me conquistou imensamente foi a amizade de Isla com Kurt. Eles se conhecem desde pequenos, suas mães são melhores amigas, e apesar dele ser um ano mais novo que ela, a amizade é completamente incrível e verdadeira. Não há segundas intenções e nem nada. Apenas o amor e o laço forte dessa amizade.


Conforme você vai avançando nos capítulos, você cria esse vínculo e até deseja ter um amigo como Kurt: atencioso, gentil e amável. Sério, eu adorei muito esse personagem!

Sempre peguei muito pesado comigo mesma. Mas não é melhor ser realista em relação a essas coisas antes que outra pessoa use isso contra você? Antes que alguém machuque você? Não é melhor que você mesma faça isso? Sempre pensei que ser realista faz as pessoas serem mais fortes. (pág. 244)


Gostei também de reencontrar os personagens de Anna e de Lola, principalmente para o desfecho final que a autora Stephanie Perkins criou para eles. Foi lindo e até mesmo emocionante!


Stephanie Perkins
Foto: PS Amo Leitura

Apesar de ter lido algumas resenhas negativas dessa obra, devo confessar que o livro me proporcionou uma leitura maravilhosa. Me diverti em muitos momentos, suspirei em outros e fiquei completamente aflita para saber o final da história entre Isla e Josh.


Então se você gosta de uma leitura leve, com uma garota sonhadora, determinada e apaixonada, você precisa conhecer “Isla e o final feliz”. Garanto que o livro irá te proporcionar excelentes momentos (e suspiros).

As pessoas dizem que a única coisa que cura dor de amor é o tempo. Mas quanto tempo isso vai levar? (pág. 253)

adicione no skoob: Isla e o final feliz

Título original: Isla and the Happilly Ever After
Escritora: Stephanie Perkins
Editora: Intrínseca
Páginas: 304
Lançamento: 2015
Gênero: trilogia / chick-lit

SINOPSE
Tímida e romântica, Isla tem uma queda pelo introspectivo Josh desde o primeiro ano na SOAP, uma escola americana em Paris. Mas sua timidez nunca permitiu que ela trocasse mais do que uma ou duas palavras com ele, quando muito.
Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias envolvendo sisos retirados e uma quantidade considerável de analgésicos, os dois se aproximam, e o sonho de Isla finalmente se torna realidade. Prestes a se formarem no ensino médio, agora eles terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo dramas familiares, dúvidas quanto ao futuro e a possibilidade cada vez maior de seguirem caminhos diferentes.

Com participações de Anna, Étienne, Lola e Cricket, personagens mais do que queridos pelo público apresentados em livros anteriores da autora, Isla e o final feliz é uma história de amor delicada, apaixonante e sedutora, um desfecho que vai fazer os fãs de Stephanie Perkins suspirarem ainda mais.

10 comentários

  1. Olá!
    Em janeiro eu fiz uma leitura que a protagonista me lembrou bastante essa que você descreve na resenha, uma garota que é sonhadora ao mesmo tempo em que se sente insegura. Até por isso, e por eu ter amado esse tipo de personagem, fiquei bastante curiosa para conhecer mais esse livro.

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual livro? Fiquei curiosa para saber o que você citou.

      Excluir
  2. Olá, tudo bem? Faz um tempão que quero ler essa trilogia, mas ainda não consegui comprar os livros. Parece ser uma leitura bem leve e fofinha. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A trilogia é realmente fofa e leve. Espero que tenha chance de conhecê-la.

      Excluir
  3. Oi Fabiana.

    Eu ainda não li nenhum livro essa autora e através da sua opinião eu fiquei com muita vontade de conhecer. Especialmente sabendo que ele te proporcionou uma leitura maravilhosa. Obrigada pela dica.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena conhecer as obras da autora. O melhor de tudo que apesar de ser uma trilogia, podem ser lidos independentes.

      Excluir
  4. Que bom que você gostou, eu infelizmente não curti muito a leitura, não me envolvi com os personagens e algumas atitudes da Isla me irritaram muito.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até consigo entender e imaginar quais atitudes incomodaram haha. Mas é assim mesmo. A leitura sempre proporciona momentos diferentes para cada um <3

      Excluir
  5. Oi, Fabi!
    Eu sempre vejo opiniões divididas sobre esses livros da autora, confesso que já tive o primeiro na minha estante, mas nunca tive vontade de iniciar a leitura. Às vezes me pergunto se estou perdendo uma boa história quando vejo resenhas como a sua!
    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro divide opiniões mesmo. Olha, eu gostei muito da trilogia, mas o primeiro é ainda meu queridinho. Espero que você dê uma chance e curta.

      Excluir