Resenha | As quatro rainhas mortas, de Astrid Scholte

As quatro rainhas mortas”, lançado no final de 2019 pela Galera Record, vai contar uma história cheia de reviravoltas, segredos e mistérios.

Astrid Scholte
Foto: PS Amo Leitura


Em Quadara, quatro rainhas governam. Cada uma representa o seu próprio quadrante: 
  • Iris representa Archia, a ilha de terras férteis;
  • Corra representa Eonia e toda a sua tecnologia;
  • Marguerite representa Toria e toda a soberania dos curiosos habitantes;
  • E Stessa representa Ludia, o quadrante onde encontra-se diversão e arte.


Apesar de cada quadrante se conectar, elas governam separadamente. Cada um possui uma regra, mas todas respeitam as Leis das Rainhas, buscando sempre o melhor para a nação.

O problema é que todas possuem segredos, assim como Kelarie Corrington. Uma jovem de 17 anos, a toriana é a maior mentirosa do continente e está em busca de respostas. É a única capaz de desvendar os mistérios entregar o chip de comunicação contendo as mais diversas memórias e até mesmo como as quatro rainhas serão mortas.

Astrid Scholte
Foto: PS Amo Leitura
Antes de tudo, vou deixar registrado uma dúvida que surgiu em muitos leitores após a publicação dessa obra: “as quatro rainhas mortas” é livro único.

Dito isso...

Tenho que dizer que inicialmente a leitura foi um pouco confusa para mim. Entender a posição de cada rainha em cada quadrante foi uma boa jornada, mas, ao decorrer dos capítulos, ficou fácil identificar a forma como cada uma governava.

Eu conhecera tempos sombrios; com frequência, eu os havia causado. Memórias felizes seriam o suficiente, mesmo que jamais as vivenciasse outra vez? Eu esperava que sim. (pág. 126)

Apesar de elas governarem juntas, mas separadas (um lema do próprio livro), elas seguem as 10 Leis das Rainhas onde, por exemplo, precisam manter a paz entre os quadrantes, assim como gerar uma herdeira até os 45 anos e não pode demonstrar nenhum tipo de amor.

Porém, nem tudo é perfeito. Existe um segredo que assombra todos dos quadrantes, assim como existe romance proibido e poucos dias para pegar o assassino. E é a partir desse ponto que o livro ganha um grande desenrolar e deixa o leitor completamente preso no enredo.

Astrid Scholte
Foto: PS Amo Leitura

Amar alguém é sempre correr o risco de ter o coração partido. Mas os momentos na companhia um do outro compensam qualquer dificuldade. (pág. 223)

Os capítulos são intercalados no ponto de vista de cada rainha e até mesmo de Kelarie, assim o leitor consegue entender e até mesmo conectar os mistérios envolvidos.

Em muitos momentos eu desconfiei de diversos personagens, tanto dos principais quanto dos secundários, mas o resultado final do livro foi bem diferente do que eu esperava e gostei. Há segredos que realmente não conseguimos desvendar, pelo menos não logo de cara.


Você não precisa se perdoar. Todos cometemos erros. Devemos seguir em frente. (pág. 272)

Um ponto que eu achei que deixou um pouco a desejar na estória foi o final um pouco corrido. Nos primeiros capítulos a autora Astrid Scholte soube descrever perfeitamente todos os detalhes e um cenário encantador.

Porém, depois de desvendar o verdadeiro assassino, a autora começou a transcrever tudo de forma rápida, deixando o final um pouco a desejar, principalmente após acontecimentos arrebatadores.

Exceto isso, não tenho muito o que dizer. Foi uma leitura muito boa e que me conquistou bastante e o livro cumpre o que promete: fantasia e mistério.

Astrid Scholte
Foto: PS Amo Leitura
De qualquer forma, “as quatro rainhas mortas” é um livro que prende, que conquista e faz você desejar encontrar o verdadeiro vilão da estória. Um livro com paixões proibidas, segredos e mistérios.


adicione no skoob: as quatro rainhas mortas
*livro recebido em parceria com o grupo editorial record, em 2019


Título original: Four dead queens
Escritora: Astrid Scholte
Editora: Galera Record
Páginas: 392
Lançamento: 2019
Gênero: fantasia / jovem adulto

SINOPSE
Na efervescência de paixões proibidas, segredos e alguns mistérios, o reinado das quatro rainhas de Quadara está ameaçado – resta saber como, e por quem. No continente de Quadara, há séculos quatro rainhas reinam absolutas, cada uma representando o próprio quadrante. Juntas, mas separadas. A decidida Iris fala por Archia, a ilha de terras férteis; a estoica Corra representa a tecnológica Eonia; Marguerite, a mais velha das rainhas, é a soberana de Toria e de seus curiosos habitantes; e Stessa, a mais jovem, é o rosto de Ludia, o quadrante da diversão e da arte. As quatro mulheres dividem o poder, sempre respeitando as Leis das Rainhas, sempre pensando no povo e no melhor para a nação. Mas elas têm segredos, e estes podem ser letais. Tão letais quanto Kelarie Corrington. Aos 17 anos, a toriana é a mais hábil larápia e a melhor mentirosa de Jetée. um distrito de excessos, contrabando e charlatões. O último lugar que Varin, um mensageiro eonista, deveria visitar. Mas ele foi roubado... por Keralie, e a jovem é a única esperança de reaver a mercadoria e manter seu emprego. Um mensageiro nunca pode perder sua encomenda. Para piorar, há coisas muito mais sinistras nos chips de comunicação afanados por Keralie. Algo que pode enredar a larápia e o mensageiro em uma conspiração para assassinar as quatro rainhas de Quadara. Sem opção, os dois resolvem se unir para descobrir o assassino e salvar a própria vida no processo. Quando sua relutante parceria começa a se transformar em algo mais, os dois precisam aprender a confiar um no outro e a superar as diferenças entre quadrantes para viver esse amor. Mas será que uma curiosa toriana e um insensível eonista têm alguma chance?

Resenha | As quatro rainhas mortas, de Astrid Scholte Resenha | As quatro rainhas mortas, de Astrid Scholte Reviewed by PS Amo Leitura on janeiro 10, 2020 Rating: 5

16 comentários:

  1. Eu quero muito ler esse livro. Tanto pela premissa quanto pelo fato de ser um volume único. Adorei o fato de ter as perspectivas das outras rainhas e da Kelarie e também por envolver o mistério. Não vejo a hora de ler.
    https://blog-apaixonadaporpalavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fato de ser livro único foi o que mais me conquistou também. Espero que você dê uma chance e ele te conquiste.

      Excluir
  2. Já gostei de saber que é livro único.
    E gostei ainda mais de ver que é uma ficção/fantasia bem elaborada, desenvolvendo cada reino dominado por cada irmã e toda essa trama e carregada de mistérios a serem desvendado, já causa curiosidade.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei uma premissa bem diferente, mas que ao mesmo tempo se conectou de uma forma muito boa e trouxe uma excelente história. Espero que você tenha chance de conhecer também!

      Excluir
  3. Olá, tudo bem? Não conhecia esse livro ainda, mas parece ser uma história incrível de fantasia. Saber que é um livro único com certeza me deixou ainda mais tentada a ler a obra. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livros de fantasia e única ainda, é para conquistar qualquer leitor haha.

      Excluir
  4. Oi, Fabiana!
    Parece que o final apressado é uma característica que se repete muito em alguns livros. Fico pensando se é porque a autora tem pressa em passar o que quer que seja na conclusão, ou se é porque ela quer acabar logo com a história. hahaha
    Em todo o caso, é uma leitura que quero muito fazer, mas infelizmente o valor do livro é um pouco alto, então tenho que esperar.. rsrs
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente o final deixou um pouquinho a desejar, mas exceto isso, é uma boa leitura e vale a pena. Também não entendo o porquê dessa "pressa" em fazer um final hahaha.

      Excluir
  5. Oi Fabiana.

    Recentemente li uma resenha sobre este livro e fiquei bem curiosa. Agora lendo sua resenha, meu interesse aumentou. Ainda mais sabendo que contém mistério na história é a capa me conquistou . Achei ela lindíssima.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é lindíssima mesmo! Fico feliz que tenha gostado e espero que tenha chance de ler e que ele te conquiste também.

      Excluir
  6. Olá, tudo bem? Eu li esse livro ano passado e tive algumas ressalvas ao longo da história, inclusive também achei o final meio apressado. É um bom livro, mas sendo volume único, sinto falta de uma construção melhor na fantasia. Enfim, é bom mas poderia ser melhor heheh Sua resenha está incrível assim como as fotos. Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, acredito que por ser um livro único, a autora poderia ter explorado melhor alguns aspectos, mas exceto isso, foi uma boa obra. E muito obrigada! <3 fico feliz que tenha curtido a resenha e as fotos.

      Excluir
  7. Olá! Ganhei esse livro de presente do meu pai e estou ansiosa pra ler (espero terminar durante a maratona haha), mas também estou com receio dele não me encantar tanto. Adorei as fotos ♥️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu espero, de verdade, que ele te conquiste. Depois me conta o que você achou!

      Excluir
  8. Olá,
    Desde que li a sinopse deste livro confesso que fiquei bem curiosa. Gosto do conceito e por parecer misturar muitos gêneros. Com certeza quero ler.

    Debyh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem muita fantasia no livro e se você curte, com certeza vai gostar desse ;D

      Excluir

Tecnologia do Blogger.