Resenha | Sem você não é verão (Verão #2), de Jenny Han

Sem você não é verão” é o segundo livro da trilogia Verão, escrito pela autora Jenny Han e publicado pela Editora Intrínseca. Após todos os acontecimentos marcantes no primeiro livro – o verão que mudou minha vida –, nesse temos uma jornada diferente para Belly, Jeremiah e Conrad.

*resenha do segundo livro SEM SPOILER.

Jenny Han


Isabel Conklin sempre teve um verão marcante.

Costumava passar na casa da praia com os garotos Fisher. Eles sempre estiveram ao seu lado e sempre aceitaram as diversas aventuras que Belly quisesse.

Apesar de serem totalmente diferentes – Conrad é ousado e inteligente, enquanto Jeremiah é engraçado e espontâneo – os três cresceram juntos e criaram um vínculo incrível e uma amizade indescritível.



Só que, diferente dos outros verões, esse será totalmente oposto. Muita coisa aconteceu há um ano. Alguns sentimentos surgiram e mudaram o rumo totalmente dessa amizade, assim como a perda de uma pessoa afetou a estrutura de todos.


"Eu costumava acreditar; achava que, se quisesse muito alguma coisa, se desejasse o bastante, tudo aconteceria como deveria." (pág. 11)

Belly passará por um momento difícil, um conflito interno. Prestes a ingressar em uma faculdade, ela terá que lidar com todos os dilemas e sentimentos. Ela precisará deixar o seu coração falar mais alto. Será entre Jeremiah ou Conrad?  Ou um novo garoto?

Nesse segundo livro da trilogia Verão, nós conhecemos Belly em uma fase um pouquinho mais adolescente. É quando ela precisa lidar com o primeiro amor e diversas questões delicadas que foram abordadas no primeiro livro – o verão que mudou minha vida.

Jenny Han

Confesso que eu adoro um triângulo amoroso em livros.

Então tudo que a Jenny Han abordou até aqui foi algo gostoso de ler e bem leve. Porém em alguns momentos as atitudes de Belly deixaram um pouco a desejar. Apesar de ser uma adolescente, suas atitudes não estavam condizendo com sua idade, entende? Assim como a personalidade de Conrad e Jeremiah mudam nesse segundo livro.



Depois de algo que mudou tragicamente a vida deles, eles começaram a ver a vida de uma forma diferente e começaram a seguir um rumo diferente também. O que antes tínhamos dois garotos bem jovens, passando por alguns problemas, em “sem você não é verão” temos dois adolescentes lidando sozinhos com seus problemas, mas assim como a Belly, sofrendo pelo primeiro amor.


"A gente acha que conhece o amor, acha que conhece a dor verdadeira, mas não conhece. A gente não conhece nada." (pág. 33)

É bem compreensível o que acontece em cada capítulo e a forma como eles agem com determinado assunto, mas ainda assim queria ressaltar que apesar de ter ficado um pouco irritada com as atitudes de Belly, isso não atrapalhou a leitura. A autora soube como deixar um livro repleto de sentimento e emoção.

Jenny Han

Até agora não vi muita diferença na escrita da autora.

Assim como na trilogia “para todos os garotos que já amei”, Jenny Han aborda as questões sobre coração partido, adolescentes e primeiro amor. Os temas são semelhantes e para quem gostou da outra trilogia, com certeza vai gostar dessa também.

Apesar de serem assuntos semelhantes, na trilogia Verão há algumas questões um pouco mais além. Questões que tocam um pouco mais no coração e te faz compreender alguns pontos. Isso, sem dúvidas, foi um grande boom para mim.


"Existem momentos na vida que desejamos de todo o coração sermos capazes de eliminar. Tipo, simplesmente apagar da existência." (pág. 41)


Jenny Han

É realmente difícil escrever uma resenha de um segundo livro.

Pois há muitas questões que gostaria de abordar, mas que, para quem ainda não leu a série, seria spoiler e isso não é legal (não mesmo). Por isso escrevi alguns aspectos de forma um pouco superficial, mas que expressasse meu sentimento durante a leitura.



De qualquer forma, “sem você não é verão” é um livro com triangulo amoroso, a dor da perda e do primeiro amor, e com um final que te deixa de boca aberta pensando “como assim? Não acredito!” e você sente aquela necessidade de pegar o último livro da trilogia – sempre teremos o verão – e descobrir mais sobre aquele final arrasador.


"Meu pai costumava dizer que, para tudo na vida, há um momento em que o jogo vira. Aquele instante que determina todo o resto, mas dificilmente sabemos disso na hora." (pág. 57)

A escrita da autora é realmente fluída, que conquista qualquer leitor que goste de um romance fofinho, estilo sessão da tarde. É impossível não se encantar com todos os personagens, amar alguns em determinados momentos, assim como odiá-los também.

Se você procura uma leitura leve, a trilogia Verão é uma boa pedida. Descubra o rumo que Belly tomou e com quem seu coração ficou.


"Como podemos nos arrepender de uma das melhores noites da nossa vida? Ninguém se arrepende de uma coisa dessas. Guardamos para sempre cada palavra, cada olhar. Mesmo quando dói, não podemos esquecer." (pág. 104)



Avaliação: 4,5 ❤ - adicione no skoob: sem você não é verão


Título original: It's not summer without you
Escritora: Daya Alves
Editora: Intrínseca
Páginas: 240
Lançamento: 2019
Gênero: romance / chick-lit

SINOPSE
A vida de Isabel Conklin é marcada pelas férias de verão. As outras estações do ano são como um intervalo, dias que passam lentamente enquanto ela espera que o sol lhe traga de volta o que mais ama: o mar, descanso, diversão e, principalmente, Conrad e Jeremiah Fisher.
Os garotos da família Fisher sempre estiveram ao lado de Belly em suas aventuras. Conrad é ousado, sombrio, inteligente. Já Jeremiah, é confiável, engraçado, espontâneo. Mesmo sendo tão diferentes, os três constroem uma amizade que parece inabalável. Apenas parece...
Tudo muda quando, em uma dessas férias, Conrad demonstra sentir algo por ela. O problema é que Jeremiah faz o mesmo. À medida que os anos passam, Belly sabe que precisará escolher entre os dois e encarar o inevitável: ela vai partir o coração de um deles.


Resenha | Sem você não é verão (Verão #2), de Jenny Han Resenha | Sem você não é verão (Verão #2), de Jenny Han Reviewed by PS Amo Leitura on julho 16, 2019 Rating: 5

26 comentários:

  1. Olha o meu misto de amor e irritação aí. Aqueles pequenos detalhes que me incomodaram, falou deles. A mudança de atitudes e personalidades, isso foi algo que me pegou quando li. Dá pra entender pelo contexto, mas teve coisa que me incomodou. E triangulo amoroso as vezes é difícil de ler. Esse foi um que por vezes me irritou, alguém sempre tava me irritando nessa história...
    Mas mesmo com umas coisinhas que não agradaram é uma história legal por como fala de sentimentos e primeiro amor, corações partidos e mudanças na vida desses garotos. Tem coisas que você vai se identificar e torcer e simpatizar. Agora tô lendo a outra trilogia e vou dizer que gostei bem mais dessa da Lara, mas os jeitinhos são bem parecidos mesmo. Quem gosta de um vai achar legal o outro mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, alguns pontos foram o que incomodaram durante a leitura. Exceto isso, foi uma boa leitura mesmo. Ainda prefiro a Lara Jean do que a Belly hahaha torcendo para você gostar.

      Excluir
  2. Quero muito ler a trilogia de para todos os garotos que já amei, essa ja nao tenho tanta vontade. Ao contrario da outra, essa ja ouço muito critica negativa o que me desanima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa trilogia é boa, mas alguns pontos deixam a desejar. Mas é só.

      Excluir
  3. Que delícia de resenha, realmente gostaria muito de ler <3 Estou te seguindo para te acompanhar melhor, adorei seu cantinho <3
    Segredos Literários s2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado <3 espero que goste dos próximos posts.

      Excluir
  4. adorei conhecer esse livro, principalmente conhecer essa trilogia que parece bem gostosa de ler

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma boa trilogia mesmo. Para quem curte leitura leve, vai adorar.

      Excluir
  5. Vi esse livro na ultima vez que fui a livraria, a vendedora elogiou muito e eu achei bem meu estilo, não comprei ainda por ser uma trilogia, tenho uma fila enooorme aqui. Legal ler sua resenha e as fotos ficaram lindas
    Bjos flooor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que, apesar de ser uma trilogia, vale a pena você começar a série. Mas um recadinho: você não vai aguentar a ansiedade após finalizar o primeiro livro :x

      Excluir
  6. Gostei mais desse do que o primeiro, achei mais emocionante.
    Mas não curto triângulo amoroso.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O primeiro livro ainda é meu queridinho, mas confesso que o final desse é muito mais impactante haha

      Excluir
  7. Oi! Eu ainda não li nada dessa autora. Sou daquele tipo que prefere deixar o hype passar, porque se começo a leitura nessa onda, acabo sempre me decepcionando. Mesmo não lendo tantos livros nessa temática, eu gosto de histórias com personagens jovens e ainda em fase de aprendizado e descobrimento, e sei que nessa trilogia tem bastante. Obrigada pela resenha!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se curte leitura assim, com certeza vai gostar da trilogia. Quem sabe depois do hype você curta :D

      Excluir
  8. Eu amei as capas e a premissa parece ser leve, daqueles livros que intercalamos com algo mais denso. Ainda não tinha lido nenhuma resenha dessa trilogia, vou conferir para ver o quanto a autora evoluiu, espero que não seja mais do mesmo.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro não deixa de ser clichê, mas aborda assuntos importantes e que traz aquele quentinho no coração. Espero que leia e curta.

      Excluir
  9. As capas dessa série estão lindas, mas a Jenny Han me decepciona um pouco com seus personagens. Acho que ela erra a mão nas atitudes de seus personagens adolescentes, às vezes.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então... eu senti isso nessa trilogia. Infelizmente as atitudes dos personagens foi algo que me incomodou durante a narrativa.

      Excluir
  10. Oie,
    Essa autora está na minha lista desde a outra trilogia, e ainda não consegui ler, só Deus na causa. Acho essas capas super fofas, e a dica já está anotada, mas confesso que fico com o pé atrás com essas alterações de personalidade repentina. Inda sim vou deixar anotado.

    Beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é comum em um adolescente, né? Então achei isso compreensível (apesar de algumas atitudes me incomodarem bastante).

      Excluir
  11. Olá, tudo bom?
    Adorei sua resenha e as fotos! Quanto ao livro, eu comprei o primeiro da trilogia em Ebook mas confesso que não estou nem um pouco animada para começar. Simplesmente me irrito muito com triângulos amorosos em livros e isso sempre acaba fazendo com que desista de leituras. No entanto, sua resenha me deixou curiosa pelo segundo, pelas temáticas que abordam de amadurecimento, perda e coração partido. Quem sabe eu não dou uma chance pelo primeiro por causa do segundo? ♥
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já adoro um triângulo amoroso em livros hahaha mas espero que você dê uma chance e que o livro te conquiste de alguma forma. Torcendo por isso! <3

      Excluir
  12. Oiê,
    Estou apaixonada pelas suas fotos, mas falando sobre o livro, gosto muito da escrita da autora, mas acho que esse lance de abordar temas muito similares não me anima tanto, mas acredito que darei uma chance a leitura, já que vc disse que tem novos pontos de reflexão.
    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é um ponto diferente da outra trilogia, sabe? Estou torcendo para você dar uma chance e gostar :D

      Excluir
  13. Olá.
    Eu não conhecia essa trilogia, só aquela primeira da autora. Achei a capa muito bonita e os personagens, principalmente o Conrad e Jeremiah adoráveis, mas que pena que as atitudes da Belly destoem um pouco de sua idade.
    Fiquei curiosa para saber como o livro termina.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente a atitude dela deixa um pouco a desejar, mas ainda assim, é uma trilogia fofa e que vale a pena.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.