sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

RESENHA | Corações quebrados, de Sofia Silva

Corações quebrados” é o segundo livro da série Quebrados – sendo o primeiro Sorrisos Quebrados – lançado em dezembro de 2018 pela Editora Valentina e escrito pela autora portuguesa Sofia Silva. Um livro que vai te fazer ter esperança de dias melhores e como podemos encontrar pessoas incríveis no caminho.

Sofia Silva

O ENREDO

Apesar do primeiro livro da série, Sorrisos Quebrados, ter partido meu coração em milhões de pedacinhos logo no prólogo, em Corações Quebrados eu tenho meu coração partido, sim, em muitas partes, mas ele traz muita esperança.

Vamos conhecer Emília onde teve sua vida mudada drasticamente após um acidente de carro, onde além de perder todas as pessoas que ela amava, ela teve uma parte de si mesma destruída.


"É difícil conversar sobre pesadelos e morte com as pessoas, afinal não é o tema mais alegre que existe, por isso há a tendência de nos fecharmos dentro de um casulo, e, passado algum tempo, sentimos que é o lugar mais confortável. O problema é que só cabe uma pessoa, e, quando percebemos, estamos sozinhos naquele casulo apertado demais, mas o medo do exterior não nos permite sair." (pág. 27)

Neste enredo também vamos conhecer Diogo. Sua vida muda completamente após um acidente na Guerra onde ele perdeu todos os companheiros de trabalho e não entende porque foi “poupado”.

Sofia SilvaAmbos não se conhecem, mas tem muito o que conversar. Ele mora em Portugal e ela no Brasil, como seria possível surgir essa ligação?  E foi através de muitas conversas em chat que uma grande amizade surgiu e perceberam que poderiam superar a dor juntos.


"O amor é aceitar a outra pessoa pelo seu todo, não por metades mostradas." (pág. 44)

OS PERSONAGENS

É impossível não se apaixonar pelos personagens principais! Ambos apresentam cicatrizes do passado e precisam lidar dia após dia com toda a dor e quando se conhecem, a conexão deles é um pouco complicada, mas depois torna-se algo maravilhoso.

É bem compreensível que eles tenham receio de se relacionar com outras pessoas, ainda mais deixar essas pessoas entrarem em sua vida após toda a dor causada, mas é aí que eu me apaixonei por Diogo: ele faz o possível para mostrar para Emília como é bom viver! Ele deixa a dor dele de lado para lidar com a dor dela.


"As pessoas nem sempre entram na nossa vida quando estamos bem, mas a sua presença torna-a melhor." (pág. 48)

Emília tem muitas cicatrizes, principalmente externas, e para lidar com todas é algo extremamente complicado. Quando ela deixa que o Diogo conheça todas suas feridas, é muito profundo todo o seu sofrimento e é aí que vem a carga emocional do livro.

Impossível você não se apegar aos personagens, viver todos os sentimentos que ali emana e até mesmo os sofrimentos. Você se apaixona na mesma medida, sofre com a mesma intensidade e vive todos os acontecimentos a cada instante. É incrível!


"Por mais controle que tenhamos sobre nós, não podemos controlar a vida ou mesmo as decisões dos outros. O máximo que podemos fazer é aceitar que a nossa existência não depende unicamente da forma como agimos, mas das ações que nos rodeiam." (pág. 65)

+ Leia a resenha de Sorrisos Quebrados

Sofia Silva


A NARRATIVA

Impossível não falar da narrativa viciante da Sofia Silva, pois quando falamos de sofrimento e acontecimentos arrebatadores, a autora sabe como conquistar o leitor, partir seu coração em muitos pedaços e até mesmo reconstruí-lo depois. É uma intensidade de acontecimentos e todos arrebatadores!

Uma coisa bem diferente do primeiro livro é que neste nós conhecemos um personagem Português e uma Brasileira, então para dar vida aos mesmos e deixar algo bem fluído, a autora intercalou os capítulos no ponto de vista de cada um, sendo os do Diogo com a narrativa de português de Portugal. Isso deu muita vida aos personagens!


"Às vezes, as pessoas não dizem a verdade, mas não porque esconder é mais fácil, e sim porque admitir é doloroso demais." (pág. 68)

Sofia SilvaPara quem não está acostumada com uma narrativa como essa (como é meu caso), pode demorar um pouco mais para se conectar com o personagem, mas isso não tira a beleza de forma alguma do enredo.

FINALIZANDO...

Em “sorrisos quebrados” nós conhecemos a Paola, personagem que sofreu abuso e violência doméstica. Já em “corações quebrados” nós conhecemos personagens que sofrem depressão e é algo delicado de narrar, porém é real. Algo que acontece com muitas pessoas.


"Muitas pessoas têm vários relacionamentos não porque se cansam rapidamente da rotina, mas porque é difícil encontrares no outro o reflexo de quem tu és. Não precisa ser alguém com os mesmos gostos, sonhos ou desejos, mas sim aquela pessoa que vê em ti aquilo que nunca reparaste que faltava." (pág. 77)

Um livro que traz esperança de encontrar pessoas incríveis como Diogo e que mostre que é possível sorrir e se apaixonar, sem se sentir culpado, por toda a tragédia que aconteceu em sua vida.

As cicatrizes fazem parte de quem somos e apesar de algumas serem internas, nós precisamos acreditar em um amanhã melhor e lutar para que possamos sobreviver cada dia. Saudade é algo que sempre vai fazer parte, mas é preciso olhar para o futuro e se permitir viver.


"Às vezes, para uma relação durar uma vida, é preciso derramar sangue, dizer Odeio-te e sair porta afora. Nem sempre a vida é cor-de-rosa, mas, se as pessoas se amam, todos esses momentos menos bons são ultrapassados. Digo mais, se um dia pensar que a sua relação é perfeita demais, é porque, na realidade, vocês já não sentem mais nada um pelo outro. Os casais reais discutem, mas amam-se ainda mais." (pág. 97)

Vocês precisam conhecer a série Quebrados e se apaixonar infinitamente! Um livro que vale a pena e que conquista o leitor do começo ao fim.


MAIS QUOTES

"Mostrar quem realmente somos é uma das coisas mais difíceis deste mundo. Quando conhecemos alguém, só mostramos aquilo que pensamos que irá agradar a essa pessoa. Nunca dizemos que temos mau feitio ou ataques de ciúmes, e que somos insuportáveis em algumas situações diárias: discutimos no trânsito e não cedemos lugar a pessoas mais velhas. Não, nada disso. Nós mostramos a melhor versão de nós mesmos. A melhor aparência, o sorriso mais bonito e as gargalhadas tão pouco frequentes no quotidiano, na esperança de que a pessoa goste de quem somos no nosso melhor, o que acaba por cegá-la àquilo que somos na totalidade." (pág. 123)

"Uma vez li em algum lugar que quem ama nunca sabe quando isso aconteceu, porque no momento em que percebemos que amamos alguém é sinal de que o sentimento já estava lá." (pág. 137)

"Quero apenas que aprendas que, às vezes, é preciso ficar sem alguém para dar valor à sua importância, e eu preciso ser valorizado. Preciso que minha voz seja mais alta do que as vozes que ouves na tua cabeça. Essas não gostam de ti como eu." (pág. 288)

"Sei que não sorriremos todos os dias e também sei que no nosso futuro haverá dias menos bons, contudo, e diante de todos bem-queremos, prometo amar-te todos os dias, mesmo quando estivermos zangados." (pág.331)


Avaliação: 4,5 ❤ - SKOOB



Título original: Corações quebrados
Escritora: Sofia Silva
Editora: Valentina
Páginas: 344
Lançamento: 2018
Gênero: romance / drama / sick-lit

SINOPSE
CORAÇÕES QUEBRADOS aborda a depressão, o luto e a deficiência física.
Entre as dores da perda e a incapacidade de seguir em frente, Emília vive os seus dias numa clínica. Está estagnada. É nesse inferno pessoal que ela conhecerá Diogo, alguém que também foi vitimado por uma tragédia.
Será que é possível dois corações quebrados encontrarem a felicidade?
Numa sociedade onde a nossa aparência continua a valer mais do que a essência, é difícil continuar a jornada da vida quando tudo nos é arrancado.
Passamos os dias a olhar a capa das pessoas. Julgamos sem compreender que nunca conheceremos totalmente uma história sem ler cada página. Sem compreender o seu início, meio e fim.
Duas pessoas fisicamente distantes.
Dois corações quebrados pela vida.
Dois sotaques que se misturam entre a dor, o riso e o amor.
Por isso, olhem sim a capa de cada pessoa, mas virem a página.


+ concorra a um vale de R$ 30,00 na Amazon. Saiba como!

46 comentários:

  1. Achei muito interessante a parte do Diogo ser narrada em português de Portugal...fiquei muito curiosa!!! Eu adorei o primeiro livro dessa série, to ansiosa por ler esse...ja esta na minha whishlist!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, isso deixa a leitura mais viva, sabe? Se você já adorou o primeiro livro, com toda certeza vai adorar esse também!

      Excluir
  2. Cara eu amei essa resenha, não vejo a hora de ler o livro
    A escrita da Sofia é de arrebentar corações mesmo ��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita da Sofia é maravilhosa mesmo! Você vai amar demais esse livro.

      Excluir
  3. Aaaa. Eu já esbarrei com esse livro por ai. Não sabia que tinha dois. Me interessei pelo enredo ❤👏

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim! É uma série. Já estou mega curiosa para conhecer outros livros da autora. Ela é incrível!

      Excluir
  4. Parece mais um livro difícil dessa autora. Cheio de sentimentos e muita coisa ruim para os personagens. Depressão é complicado de narrar. Achei legal como os dois acabam criando uma amizade que os ajuda a ter esperança. A ligação é importante e pelo tanto de sentimentos na trama da pra ver que é fácil torcer por eles e pelo melhor. A narrativa dela parece ótima de acompanhar também. Bem, mais uma história forte pelo visto e que a gente se conecta bem com a trama e personagens. Legal isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente... falar sobre depressão é algo muito delicado. Acho incrível quando um autor consegue abordar isso de uma forma tão intensa e tão realista, mas que ao mesmo tempo nos dê aquele "tapa na cara", sabe?

      Excluir
  5. Imaginava que a Sofia Silva fosse brasileira, me surpreendi positivamente, creio nunca ter lido uma obra portuguesa. Conheci o primeiro livro pelo barulho que fez na época que foi lançado e gostei da premissa, lendo a resenha deste segundo sinto que a escrita da autora é acolhedora e conquista o leitor nas primeiras palavras. Adorei a história de Emilia e Diogo. suas cicatrizes e esperança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achava até antes de conhecer a sua escrita haha. Você precisa conhecer os dois livros. Não vai se arrepender.

      Excluir
  6. Olá Fabiana!
    Se só pela resenha já fiquei emocionada mal posso esperar pelo rio de lágrimas que vou derramar ao ler esse livro. Sofia construiu personagens tão humanos que automaticamente fazem com que nos conectemos a eles. Achei fantástica essa mudança de linguagem para caracterizar o personagem português. E o que são esses quotes??? Maravilhosos.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prepare-se mesmo! Lágrimas vão surgir em muitos momentos, principalmente no primeiro livro. É incrível a forma como ela aborda esse assunto e como nós ficamos conectados. Você vai se apaixonar!

      Excluir
  7. Olá Fabiana!
    Aprecio muito quando os autores utilizam estratégias viáveis para tornar os personagens aprofundados, e aqui Silva acerta ao promover o amadurecimento dos protagonistas a partir do passado conturbado de forma verossímil e que não soa superficial. Além disso, a ligação do leitor com os personagens é facilitada com essa dinamicidade relacionada com os pontos de vista, fazendo que haja uma maior perspectiva dos acontecimentos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É incrível quando o autor consegue fazer essa conexão dos personagens com os leitores, né? Admiro muito e isso sempre deixa a leitura ainda mais prazerosa. A Sofia realmente sabe escrever perfeitamente bem.

      Excluir
  8. Li esse livro semana passada e permaneço encantada.
    Sua resenha transmitiu tudo que senti, essa mensagem de esperança é lindo.
    Diogo é apaixonante, amei a maneira como ele ajudou a Emília.
    História linda!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, que lindo ver que minha resenha foi como você se sentiu <3 Fico feliz demais em ler isso. Diogo realmente é encantador! Ele e Emília é um casal exemplo!

      Excluir
  9. Ola!
    Achei linda a capa! É a história é realmente emocionante. É ótimo ver que mesmo em meio a tragédia e esperança vem de onde menos se espera. Pelo sua resenha, já amo o Diogo. Ganhou um pedacinho de mim. Uma linda história.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Acho linda essa mensagem que a autora transmitiu, de sempre existir esperança nas pequenas coisas e quando menos esperamos. É incrível.

      Excluir
  10. Eu me sinto totalmente alheia ao mundo por ainda não ter lido Sorrisos quebrados, primeiro porque é uma narrativa super importante e que merece ser lida por todos, segundo porque sou coração mole e gosto de me emocionar, já percebi que vou me emocionar com Corações quebrados também hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai se emocionar, sim! Então prepara o coraçãozinho e os lencinhos hahaha. Acho que é uma leitura necessária e você vai amar.

      Excluir
  11. Eu ainda quero ler Sorrisos Quebrados, então saber que segundo livro te trouxe esperanças é animador. Gosto de personagens com um passado difícil, isso sempre traz boas lições e narrativas viciantes e bem fluídas é tudo de bom, sem dizer que vem tratando de um assunto tão importante como a depressão. Também quero ler.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito legal quando os personagens tem um passado difícil e encontra um jeito de sobreviver a todos esses problemas.Amo quando o autor consegue transmitir isso em suas páginas.

      Excluir
  12. Oi,
    Ainda não tive oportunidade de ler o primeiro livro da série, mas sei o tanto que ele é maravilhoso, e triste ao mesmo tempo, senti que aqui a autora também se manteve nesses detalhes.
    A história tem uma trama bem forte, depressão deve ser sempre falada, discutida, e gostei como ela mostrou as diferenças de uma pessoa que tem atenção no tratamento, em relação a outra que não, acredito que foi uma boa jogada, até mesmo para abrir os olhos do leitor.
    Sobre o romance, amo quando são construídos gradativamente, com confianças, duas pessoas se redescobrindo, já me ganhou.
    Amei, quero ler, sem dúvidas.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é realmente incrível. Um assunto delicado e importante; um assunto que precisa ser discutido. Acredito que você vai amar muito essa história, assim como eu.

      Excluir
  13. Oi tudo bem?
    Em 90% das vezes leio comentarios positivos a esse livro e aos demais da autora, e embora ache que a temática dos livros extremamente importantes e ache que eles precisem sim ser discutidos, não gosto muito da escrita poetica da autora, fora isso acho bem interessante a obra
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena que a escrita não te convence tanto :/ é realmente maravilhosa e aborda assuntos bem importantes. Espero que um dia dê uma chance e se encante.

      Excluir
  14. Sorrisos quebrados 'acabou' comigo logo no começo de 2018 hehehehe
    amei a escrita da Sofia e achei mega interessante que ela escrevesse um personagem conterrâneo dela e com a linguagem de lá!
    Tô super ansiosa pra conferir essa hitória!

    Bjooooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ele te destruiu, prepara seu coração para mais uma destruição hahaha esse livro é bem intenso também e você vai adorar a linguagem abordada.

      Excluir
  15. Oi, li Sorrisos Quebrados e fiquei com muita vontade de ler outros livros da autora, Corações Quebrados parece tão bom quanto o anterior pela sua resenha, e também traz um tema muito importante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão bom quanto, realmente. Se você já gostou do primeiro, com certeza vai gostar bastante do segundo.

      Excluir
  16. Amei os trechos. Fiquei com vontade de ler. :)

    ResponderExcluir
  17. Olá !!! Tenho visto muitos comentários positivos sobre o livro e acredito que vale muito a pena a leitura. Achei linda a capa. Estarei lendo assim que tiver oportunidade. bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é linda e tem todo um significado por trás das cores, sabia? Achei incrível quando descobri. E a leitura vale super a pena mesmo. Recomendo!

      Excluir
  18. É impressionante como todos elogiam o trabalho dessa autora, desse ano não passa irei conhecer a escrita dessa portuguesa. Pode deixar que esse segundo livro com temática tão atual e relevante será lido. Beijos e parabéns pela leitura, resenha e fotos (lindas).
    Dica mais que anotada!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado <3
      O trabalho da autora é incrível, ainda mais a forma como ela aborda assuntos delicados. Você precisa conhecer!

      Excluir
  19. Oi Fabiana, sua linda, tudo bem?
    Não sabia, mas achei incrível a autora colocar português de Portugal nos diálogos dele, confere mais veracidade ao texto. Eu acho lindo quando duas pessoas conseguem se curar juntos. É muito difícil fazer com que as pessoas aceitem o luto e principalmente o fato de só elas terem ficado, esse sentimento de achar que não merece ser feliz é muito comum, infelizmente. Já vi que irei ser destruída ao ler essa historia, mas sairei com o coração preenchido. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Confesso que estranhei um pouco no comecinho, mas depois me adaptei com essa linguagem e achei ótima. Foi maravilhoso conhecer esse casal e a forma como eles se conectaram e buscaram juntos a cura. Você vai amar, eu tenho certeza! E fico feliz que tenha gostado da resenha <3

      Excluir
  20. Oie,
    Eu acho a capa de Sorrisos Quebrados linda demais, mas a segunda deixou a desejar demais pra mim, ainda sim o enredo é bem interessante e despertou minha curiosidade, além dessa ser a segunda resenha positiva que vejo da obra. Dica anotada

    Beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda prefiro a capa da primeira também, mas essa tem um significado por trás de tudo. Achei incrível! Espero que você leia e goste do livro.

      Excluir
  21. Oi, Fabiana!
    Li Sorrisos Quebrados e amei, seu prólogo também partiu o meu coração, mas a história é linda!
    Ainda não li Corações Quebradas mas pretendo, contudo, pelos seus comentários acredito que irei me apaixonar por essa história da Sofia Silva também, principalmente por Diogo, um mocinho que deixa sua própria dor de lado para lidar com a dor da mocinha já me ganha de cara.

    Achei muito bacana a narrativa do Diogo ser de português de Portugal, com certeza isso dá uma sensação de originalidade.
    Amei os quotes, principalmente o último, é Diogo se declarando, né?! 😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sorrisos Quebrados foi uma leitura surpreendente mesmo! Não foi diferente de Corações Quebrados que mostra tanta coisa incrível, principalmente por Diogo abrir mão da própria dor para cuidar da Emília. É lindo!
      Você vai se encantar demais por essa história!

      Excluir
  22. Preciso ler Sorrisos Quebrados, mas não me sinto preparada. Não por tudo o que já li em resenhas. E agora não sei se algum vou estar preparada pra essa série.
    Amei a sensibilidade da editora em deixar as falas de Diogo em português de Portugal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa preparar os lencinhos e o coração para iniciar essa série. O primeiro livro vai te destruir e depois juntar os pedacinhos. Esse vai te trazer esperança! Imagina o que os próximos reservam?!

      Excluir
  23. Me apaixonei por essa série na primeira resenha que li. Pelas resenhas são livros apaixonantes e difíceis de não gostar. E Corações quebrados mostra personagens feridos e com muitas cicatrizes, enfim, nos mostra algo muito interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É impossível não se encantar com todo o enredo por trás de tudo. Você vai se apaixonar por essa história e criar esperanças também.

      Excluir

@psamoleitura