Resenha: A Improbabilidade do Amor, de Hannah Rothschild

maio 15, 2018

O que você faria se encontrasse uma obra de arte em um brechó e anos mais tarde descobrisse que a mesma valia muito dinheiro? O que a nossa personagem Annie não esperava era que sua vida mudaria completamente a partir daquele momento.


editora morro branco
"A improbabilidade do amor" vai narrar a história da querida Annie, com 31 anos e tem um grande sonho de ser uma renomeada chef. Vive sozinha em seu pequeno apartamento e apesar de suas frustrações, ela possui uma grande esperança de encontrar o verdadeiro amor.


📖 "Desenvolvi um sexto sentido para isso. Se bem que não adianta nada ter uma boa intuição quando não se pode fugir nem gritar." (pág. 36)



Falando em amor... Annie está saindo com um cara, mesmo não acreditando que esse relacionamento terá tanto futuro. Para comemorar o aniversário, ela decide ir em uma loja de quinquilharias e encontra uma pintura escondida atrás de várias coisas. A pintura está mal cuidada, não parece nada de mais e é algo que ninguém se interessaria, mas despertou um grande interesse em Annie. O que piora a situação é que o cara não aparece!


editora morro branco
Completamente frustrada, ela decide que ficará com o quadro, afinal, ela pagou por ele! Ela fez um grande negócio com o vendedor e agora já era tarde demais para voltar atrás. Tudo já havia mudado. E é quando o desenrolar da história começa e altas revelações aparecem, deixando o leitor completamente apaixonado pelo enredo!


📖 "Meu sofrimento não é como uma névoa: ele tem um peso físico, uma presença real. Às vezes, assume a forma de um cobertor pesado, ou pequenos pesos puxando para baixo minhas mãos e minhas pálpebras. Ou pode parecer como uma rocha ou uma mala que eu preciso arrastar ou levar." (pág. 53)



A vida de Annie estava tudo bem até esse quadro aparecer. Ela achou no brechó, qual valor ele teria? Mas é quando várias pessoas começam a cruzar a sua vida e diversos acontecimentos começam afetá-la, e ela descobre que o quadro não é um quadro qualquer; é uma obra de arte com mais de 300 anos! O que ela fará para ter sua vida normal de volta?


💭


Sabe aquele livro completamente bem narrado, cheio de explicações, personagens diferentes, mas que cruzam o caminho dos outros personagens de uma forma sutil e completamente delicada? Então, "a improbabilidade do amor" é capaz de mostrar, em riqueza de detalhes, os acontecimentos de cada envolvido e a conexão que cada um têm, mas ainda não sabe, entre si.


editora morro branco


Cada página a história fica ainda mais interesse. Eu confesso que nunca fui tão fã da história da arte, mas a forma como Hannah Rothschild descreve os acontecimentos, os quadros e tudo, me deixou completamente encantada. Me via muitas vezes completamente perdida na história e torcia para que os caminhos de todos os envolvidos se cruzassem. Quando isso aconteceu, a história ficou ainda mais interessante!


📖 "Todas as relações humanas baseavam-se em algum tipo de contrato, alguma troca. O amor era apenas um dos bens envolvidos nesse processo, tão volátil e negociável quanto qualquer ação no mercado aberto." (pág. 152)

Além disso, o que mais me encantou na obra foi a forma como Annie é uma personagem simples, delicada, mas que é capaz de encantar todos em sua volta com toda essa sutileza. Repleta de confiança, ela mostrou do que ela é capaz e mostrou o seu melhor para todos aqueles que não acreditavam. Isso foi incrível! Os outros personagens que aparecem no decorrer da história, como é o caso de Rebecca e Jessie, também são encantadores. É maravilhoso conhecer a história de cada um deles, pois você consegue entender o momento que estão vivendo e o porquê de determinadas atitudes.

editora morro brancoOs elogios acabaram? Não! Porque essa obra é tão incrível que merece ainda mais elogios. Mais um ponto forte na narrativa é que a autora deu voz ao quadro. Além dos capítulos narrados pelos personagens, também temos capítulos em que o quadro a improbabilidade do amor narra sobre seus donos dos séculos passados, narra sobre seus acontecimentos atuais e como ele desejaria poder interferir em grandes momentos na vida. Ele é um quadro que, apesar de tudo, consegue se apegar a nova dona e torce completamente por sua felicidade.


📖 "Uma das coisas boas de se apaixonar é que a gente fica mais aberto e vulnerável. Às vezes acabamos em lugares que nunca íamos imaginar." (pág. 201)


Para amantes de arte, "a improbabilidade do amor" é um livro excelente; até mesmo para os não amantes de arte, o livro é altamente indicado! Você acaba percebendo que o livro em si é uma verdadeira obra de arte!



MAIS QUOTES

📖 "Mais do que qualquer outro trabalho que já tenha visto, esta pintura capta o significado de amar. Não sei se você já sentiu isso... se sabe o que significa ter seu coração virado do avesso por pura paixão desenfreada... mas foi isso o que senti." (pág. 351)


📖 "O amor não se trata apenas de sentimentos, mas também de dar provas desses sentimentos." (pág. 399)


📖 "- Como provo amor? - É uma pergunta que há séculos ocupa a mente de grandes homens e mulheres." (pág. 497)

Avaliação: 5/5 ❤


Título original: The Improbability of Love
Escritora: Hannah Rothschild
Editora: Morro Branco
Ano de publicação: 2018
Páginas: 544
Gênero: Literatura estrangeira / ficção / romance

SINOPSE | SKOOB
Quando Annie McDee encontra um quadro sujo em um obscuro brechó, ela não tinha ideia do que descobriu. Chef talentosa, mas falida, Annie cedeu ao impulso e gastou as últimas libras que tinha no bolso em um presente para um homem que mal conhecia. 
   Enquanto se debate com a solidão de um coração partido e a falta de perspectiva, ela está longe de imaginar as repercussões de sua pequena extravagância: singelamente pendurada em sua casa está agora uma obra-prima. De repente, Annie se vê sugada pelo tumultuado mundo das artes de Londres, povoado por socialites, oligarcas russos, leiloeiros desesperados e comerciantes sem escrúpulos, todos planejando colocar as mãos em sua grande descoberta. 
   Na tentativa de desvendar o passado da pintura, Annie descobrirá não apenas uma lista de antigos proprietários ilustres, mas alguns dos segredos mais sombrios da história europeia. E, quem sabe, se abrir novamente ao amor.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Oi,

    Confesso que não sou nada interessada na história de arte, mas a tua resenha foi tão maravilhosa que fiquei muito interessada em ler esse livro.
    Vou anotar a dica e espero gostar tanto da leitura quando relatou no post.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.

      Bom, eu confesso também que não sou muito fã, mas esse livro foi uma verdadeira obra de arte e abordou tudo de uma forma tão diferente e tão intensa que eu me apaixonei. Espero que você ame também.

      Beijos.

      Excluir

curta no facebook

sobre o blog

blog PS Amo Leitura
Blog PS Amo Leitura, 2014
O blog surgiu com o intuito de compartilhar o meu amor pela leitura com todos.

o que estou lendo