Resenha | Olhando a vida de pernas pro ar, de Cláudia Chapier

by - abril 24, 2020

Olhando a Vida de Pernas pro Ar é um lançamento nacional e Young Adult da editora Novo Século, que vai contar a história de Juliana e seus dilemas adolescentes.


Cláudia Chapier
Foto: PS Amo Leitura


Falta pouco para Juliana chegar aos 15 anos e sua vida virou completamente de pernas pro ar nos últimos meses: ela descobriu sobre o amor, deu seu primeiro beijo, usou seu primeiro sutiã, pulou e gritou muito em seu primeiro show; mas junto com o isso, veio o seu primeiro porre e a sua primeira decepção.

Apesar de tudo isso, Juliana não mudaria nada, afinal, a adolescência é a melhor fase de sua vida e junto com seu melhor amigo Sandro, sua turma da escola e seus pais super descolados, ela vai enfrentar todos os dilemas de uma forma leve e até mesmo, descontraída.


O meu primeiro beijo foi muito mais marcante do que meu primeiro sutiã, ou a minha primeira menstruação. Mas, de certa forma, todos estes "primeiros" deixam alguma coisa para sempre. São lembranças fortes que se tornam marcos na nossa vida. (pág. 51)

Cláudia Chapier
Foto: PS Amo Leitura

Um livro super leve!

Já dá para imaginar pela capa e a premissa do livro que a leitura é bem leve, né? E é mesmo! Com o propósito de conquistar um público mais jovem, sem dúvidas a autora Cláudia Chapier soube como fazer uma história divertida, cheia de dilemas adolescentes e que muitos vão se identificar.

O livro é narrado na visão da personagem Juliana e ela conta todos os seus dilemas de uma forma descontraída, tirando sarro das situações pela qual enfrentou e leva tudo numa boa. Isso me fez pensar que na minha época de adolescente, eu criava um drama para cada problema e aqui, a personagem vê sua vida toda bagunçada, mas ainda busca determinação para enfrentar tudo de cabeça erguida.



Cláudia Chapier
Foto: PS Amo Leitura

Tive apenas um problema ao longo da narrativa...

Quando comecei a leitura de Olhando a Vida de Pernas pro Ar, eu já sabia o que iria encontrar. O problema que ao longo dos capítulos, fiquei confusa com a idade da personagem. Apesar da premissa apresentar que ela estava prestes a fazer 15 anos, eu não consegui identificar isso em suas atitudes. Muitas vezes até a achava mais jovem.

Mas um ponto que realmente me fez questionar foi o primeiro porre. Não sei se eu sou ultrapassada ou o que, mas uma adolescente, com menos de 15 anos, enchendo a cara?! Isso não me agradou muito.


O amor é assim. Faz a gente querer dividir até aquilo que há pouco a gente jurava ser só nosso. (pág. 104)

Cláudia Chapier
Foto: PS Amo Leitura

Em cheio para o público-alvo.

Apesar do meu probleminha citado acima, não é nada que atrapalhe a leitura. É algo que realmente achei necessário fazer uma ressalva e alertar para aqueles que buscam uma leitura mais jovem para seu filho.

Exceto isso, Olhando a Vida de Pernas pro Ar é uma obra engraçada e que atinge o público jovem em cheio! Mas também atende os apaixonados por um Young adult, chick-lit e que buscam uma leitura para curar aquela ressaca literária ou passar um tempo.



*livro recebido em parceria com a editora


Título original: Olhando a vida de pernas pro ar
Escritora: Cláudia Chapier
Editora: Novo Século
Páginas: 128
Lançamento: 2020
Gênero: chick-lit / jovem adulto

SINOPSE
Juliana é uma menina legal! Tem pais coroas, um irmão bem mais velho e uma turma na escola sem gêneros ou preconceitos. Falta muito pouco para ela quinzar e sua vida virou de pernas pro ar nos últimos meses. Também é muita coisa acontecendo pra dar conta: primeiro, conheceu um menino de Edimburgo que mexeu com a sua cabeça. Delícia, o primeiro beijo! Mas, depois do primeiro beijo, veio a primeira decepção. Com a primeira decepção, veio também o primeiro porre. Mas, afinal, a vida é mesmo cheia de primeiros, né? Primeira menstruação, primeiro sutiã, primeiro show, primeiro rolê, primeiro dia de aula… Na família de Juliana tem sempre uma novidade. No ano passado, Juju viajou com os pais e um monte de primos para a Itália. Que top, eles alugaram uma van e atravessaram o país com muitas aventuras. Voltaram já pensando no próximo destino: a França! Cada dia, um dia diferente. É nesta vibe, sempre acompanhada do seu fiel amigo Sandro, que Juju vai nos apresentando personagens incríveis, em histórias inesquecíveis e divertidas, que fazem da adolescência, sem dúvida alguma, a melhor fase de nossas vidas!

You May Also Like

2 Comments

  1. Olá, tudo bem ?
    Quando vi o livro e a capa, fiquei muuuito animada. Mas ao ler desanimei.
    Esperava um chicklit. Mas acho que para o público alvo talvez seja algo bem divertido e legal, mas para minha idade, talvez se torne exaustivo.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Mesmo não fazendo mais parte do publico seletivo, gosto de ler esses livros. É bom ver como assuntos tão importantes são abordados na ficção a Clayci do passado senti saudades da época e agradeceria muito se tivesse companhia nos livros hahahaha

    Adorei a leveza e resenha

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir