Resenha | O segredo da livraria de Paris, de Lily Graham

by - abril 17, 2020

O Segredo da Livraria de Paris, lançamento de março da Editora Gutenberg, vai contar a história de Valerie que foi tirada de sua mãe durante a Segunda Guerra Mundial.


Lily Graham
Foto: PS Amo Leitura


A Segunda Guerra foi um marco na história de todos nós, principalmente daqueles que lutaram e enfrentaram todos os horrores da mesma. Apesar de O Segredo da Livraria de Paris ser uma obra de ficção, a mesma apresenta personagens em situações reais e que poderiam ter sofrido durante essa tragédia.

Aqui nós vamos conhecer Valerie, com 21 anos, que acabou de descobrir que seu avô Vincent Dupont está vivo. Ele é a única pessoa que sabe o que realmente aconteceu com seus pais biológicos, já que ela foi separada deles quando tinha apenas 3 anos e levada para Londres, para longe da Guerra.

Todos seus segredos estavam vindo à tona, e, como um trem desgovernado sendo arremessado para fora dos trilhos, não conseguia parar, mesmo que quisesse. Estava completamente autodestrutiva.

Mas como se aproximar dele sem revelar sua verdadeira identidade? É quando ela se candidata, com um nome falso, a vaga de emprego na livraria de seu avô. Aos poucos ela vai o conhecendo melhor e tentando descobrir sobre seu passado, mesmo que no começo, de maneira discreta.

Em algum momento, Valerie terá que revelar sua verdadeira identidade e Dupont terá que revelar um segredo que mudará a vida dela para sempre. O que essa história reserva?

Lily Graham
Foto: PS Amo Leitura

Sabe aquela história comovente, repleta de segredos e que nos faz viajar no tempo e vivenciar todos os terrores da Segunda Guerra Mundial
? Foi assim que me senti durante a leitura de O Segredo da Livraria de Paris.

A forma como a autora Lily Graham descreve os acontecimentos, intercalando os capítulos entre o presente, onde Valerie está visitando seu avô em busca de verdades, e capítulos do passado, onde conhecemos a perspectiva de Meirele, mãe da Valerie, fez com que eu me conectasse com a história de uma forma incrível.



Lily Graham
Foto: PS Amo Leitura

Quando a autora apresentava capítulos do passado, era possível perceber toda a dor e sofrimento que Meirele enfrentou. A Guerra foi capaz de provocar diversos horrores e me deixou com o coração bem apertadinho também.

O contexto de Valerie retornar a Paris, anos depois, e conhecer sua família foi algo que realmente me cativou bastante. Ela conhecia algumas histórias que haviam contado para ela, mas não a sua verdadeira identidade: quem ela eraQuem eram seus pais? Por que ela foi levada de Paris para Londres? Eram respostas que ela precisava para se encontrar.

Eu poderia pensar que, de repente, passei a acreditar em contos de fadas e segundas chances, e nunca me aconteceu nenhuma dessas coisas.

Apesar de ter ficado um pouco dividida se gostei do final do livro ou não, acredito que a obra passou a realidade do tempo de guerra e a nota da autora reforçou esse sentimento. Não cheguei a me emocionar com a mesma, mas causou, em alguns momentos, um apertinho no coração.

Lily Graham
Foto: PS Amo Leitura

O Segredo da Livraria de Paris
é aquele livro que fala sobre amor, medo e coragem. Mostra que, mesmo com todas as lembranças e dores, é preciso enfrentar seu passado e descobrir sobre quem você é, confiar em si mesma e acreditar no amor.

Quando nos arriscamos, quando decidimos fazer a coisa certa, não sabemos se vai funcionar ou não; simplesmente temos que seguir em frente, fazer o que nos pedem.



adicione no skoob: O Segredo da Livraria de Paris

Título original: The Paris Secret
Escritora: Lily Graham
Editora: Gutenberg
Páginas: 208
Lançamento: 2020
Gênero: romance histórico / Segunda Guerra Mundial

SINOPSE
Valerie tinha três anos de idade quando foi levada de Paris para Londres, durante a Segunda Guerra Mundial. Agora, aos vinte anos e sozinha no mundo, ela se candidata, com nome falso, a uma vaga de emprego na livraria do avô, Vincent Dupont. Ele é seu único parente vivo e a única pessoa que sabe o que realmente aconteceu com seus pais biológicos. À medida que passa a conhecer melhor o ranzinza e reservado Dupont, Valerie vai puxando o fio da própria história.
Mas essa história não se completa: qual seria o segredo devastador que Vincent estava disposto a tudo para esconder?


You May Also Like

7 Comments

  1. Que ótima resenha, fiquei bem curiosa pra ler esse livro.

    https://www.submersaempalavras.com/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que gostou. Espero que tenha a chance de conhecer essa obra.

      Excluir
  2. Oi, Fabiana!
    Eu já estava de olho nesse livro só pelo título. Esses dias li uma resenha sobre e agora a sua, que só fizeram minha vontade de ler aumentar. Eu gosto muito de livros que abordam a Segunda Guerra Mundial.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Gostei muito dessa resenha e indicação, gosto de livros com essa temática que se passem nessa época da história. Sempre tem uma carga emocional forte e muito bacana e curto esse tipo de leitura.
    Já anotei a dica e vou procurar para ler em breve.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  4. Desde que vi o lançamento desse livro fiquei curiosa pela leitura, adorei sua resenha e fotos ficaram lindas quero mais ainda a obra!

    ResponderExcluir
  5. Oi Fabiana.

    Quando vi este lançamento eu já fiquei com vontade de lê-lo. Adorei conferir a resenha e saber que a história é cativante. Vou tentar adquiri -lo o mais rápido possível. Parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. obras com final que nos deixa confuso sobre gostar ou não, andei sentindo isso esses dias kkk.

    ResponderExcluir