Resenha | Mil beijos de garoto, de Tillie Cole

Um beijo dura um instante, mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Em “mil beijos de garoto”, publicado pela Outro Planeta, vamos conhecer a jornada de Poppy e Rune, e tudo que o amor é capaz de construir.

Tillie Cole

Faz um tempo que este livro estava na minha lista de leituras e eu sempre prorrogava. Cheguei até pensar: “será mesmo que quero ler este livro ou é só pelo momento?”, mas após ver a Ellen, do @maisquelivros, fazendo uma leitura coletiva dele, não tive dúvidas que era o momento exato para embarcar nessa jornada e não me arrependo.

Em “mil beijos de garoto” nós vamos conhecer a história de dois personagens que são amigos desde crianças: Rune e Poppy. Eles eram vizinhos e cresceram juntos. Eles compartilhavam todos os momentos e até mesmo todos os segredos, e dessa incrível amizade, surgia algo que nenhum dos dois esperavam: o amor.

Esta vida... bem, ela é só uma grande aventura enquanto a temos. Uma aventura para apreciar e amar com todo o nosso coração antes de ir para a maior aventura de todas.

No começo eram apenas duas crianças, descobrindo o primeiro amor e com o passar do tempo, esse sentimento foi ficando cada vez mais forte a ponto de não se desgrudarem mais. Porém, nem tudo dura para sempre, aos dezessete anos, Rune precisa retornar a Noruega. Ele não tem opção a não ser seguir junto com seus pais.

Mesmo com muita raiva e coração partido, Rune e Poppy acabam se distanciando, mas esse não é o único motivo que leva Poppy a se afastar do seu melhor amigo. Muitas coisas acontecem durante dois anos e somente quando Rune retorna é que realmente descobre toda a verdade. E é a partir desse ponto que muitas emoções começam a surgir e uma jornada pela vida começa.

Talvez porque às vezes tudo o que temos são momentos. Porque não há repetições; o que acontece em um momento define a vida - talvez seja a vida.

Tillie Cole


Vontade de contar inúmeras coisas que acontecem durante a história não falta, mas não farei pelo motivo que todos precisam ler, conhecer e entender o porquê de cada situação. Devo dizer que “mil beijos de garoto” foi uma boa leitura, mas tenho algumas ressalvas.

Primeiro devo dizer que algumas atitudes do personagem Rune me incomodaram um pouco. Ok, ele é um adolescente e adolescentes são rebeldes e revoltados. Certo, mas isso, ao meu ver, não justifica a falta de educação e a forma como ele fala com os pais. Confesso que no começo eu não criei nenhuma empatia pelo personagem. Isso só surgiu do meio para o final.

A vida não precisava ser sempre tão séria. Que a vida era para ser vivida. Que a vida era uma grande aventura, para ser vivida bem e ao máximo.

E por que minha visão de Rune mudou? Porque ele estava diferente. Viajar para Noruega, ficar dois anos fora, mudou o personagem. Apesar de ainda ser jovem e enfrentando todos os dilemas de um, ele volta totalmente diferente e ainda precisa lidar com tudo o que deixou para trás e com seus sentimentos com a Poppy.

A minha segunda ressalva é que este livro foi uma mistura de “um amor para recordar” com “a culpa é das estrelas”. Conforme avançava na leitura, era possível perceber essas semelhanças. A história não foi algo totalmente original, mas de certa forma, foi emocionante e com muitas lições.

Por que é necessário o fim de uma vida para se aprender a apreciar cada dia? Por que precisamos esperar até ficar sem tempo para começar a conquistar tudo o que sonhamos, quando um dia tínhamos todo o tempo do mundo? Por que não olhamos para a pessoa que mais amamos como se fosse a última vez que a vemos? Porque, se olhássemos, a vida seria tão vibrante. A vida seria tão verdadeira e completamente vivida.

E por último devo dizer sobre os capítulos. Apesar da Tillie Cole apresentar uma narrativa fluída e emocionante, os capítulos foram longos. Isso, infelizmente, proporcionou uma leitura mais lenta e em certos momentos cansativa, afinal, o livro possui uma grande carga emocional e que precisava ser mais dividido para absorver a enxurrada de acontecimentos.

De qualquer forma, é um ótimo livro. Ele te faz pensar em quantas vezes deixamos de aproveitar determinado momento por pensar que sempre o teremos e até mesmo que a vida nos pega de surpresa e muda tudo o que sempre planejamos. Nada é como queremos. A vida é uma caixinha de surpresa.

Mostrou que o amor era simplesmente a tenacidade em certificar-se de que a outra metade de seu coração sabia ser adorada de todas as maneiras. Em cada minuto de cada dia. Que o amor era a ternura em sua forma mais pura.

Se você gosta de romance com drama, esse livro é indicado para você. Leia, se emocione e entenda o porquê de “mil beijos de garoto”.



adicione no skoob: mil beijos de garoto | 4 ❤


Título original: A thousand boy kisses
Escritora: Tillie Cole
Editora: Outro Planeta
Páginas: 400
Lançamento: 2017
Gênero: romance / jovem adulto / drama


SINOPSE
Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.

Resenha | Mil beijos de garoto, de Tillie Cole Resenha | Mil beijos de garoto, de Tillie Cole Reviewed by PS Amo Leitura on outubro 15, 2019 Rating: 5

30 comentários:

  1. Oi. Eu li esse livro e foi um dos meus preferidos do ano passado. Eu me envolvi muito com a história dos personagens, praticamente desidratei de tanto chorar. Não tive problemas com a narrativa, fiquei apaixonada pela forma como a história foi desenvolvida.
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que o livro tenha te cativado bastante. Infelizmente alguns pontos deixou a desejar para mim, mas de resto, é uma ótima história!

      Excluir
  2. Oi, tudo bem? Ainda não li esse livro e não quis lê-lo no hype, porque eu estava em outro momento de vida, querendo outras leituras. Infelizmente, acho que ainda é um livro que não me interessa, sabe? Saber que o personagem masculino é desagradável me fez perceber que não é o tipo de personagem que eu gosto, apesar de saber que a adolescência tem um pouco disso (apesar de eu nunca ter sido assim, quando adolescente, então não me relacionaria). Na época do hype, vi muita gente dizer ótimas coisas, mas nunca me interessou. Adoro romances de amor, mas esse não me despertou. Saber que ele é uma mistura de "Um amor para recordar" e "A culpa é das estrelas" me fez perceber que não é o tipo de livro que procuro (apesar de ter lido estes há uns anos e ter achado ok, mas meio superestimados). Odorei a dica, mas passo, hehe.

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, eu demorei bastante para ler por conta do hype. Eu gostei do livro, mas como eu disse, tem suas ressalvas. Eu esperava que fosse um pouco diferente, sabe? E o final eu fiquei tipo "ué?!". Não fez sentido. De qualquer forma, espero que um dia você dê uma chance.

      Excluir
  3. A escrita da autora é bem gostosinha para sair da rotina e a capa desse livro uma fofura! Tenho ele desde o lançamento, mas é uma leitura fora da minha rotina, então leio livros assim quando quero realmente me aventurar em coisas novas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita dela é realmente boa, isso não tenho mesmo o que dizer. Espero que um dia você leia e curta.

      Excluir
  4. Olá, tudo bem? Depois de enrolar bastante, eu acabei lendo esse livro, e não me arrependo nem um pouco! Foi uma das leituras mais incríveis que eu já tive a oportunidade de realizar. Adorei tua resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que o livro tenha superado as suas expectativas <3

      Excluir
  5. ai, eu vejo tanta gente falando bem desse livro e eu ainda não li ele, mas por falta de tempo mesmo!
    Ele parece ser o tipo de livro que faz a gente chorar horrores, chega que dá até uma preocupação hahahahaha
    adorei sua resenha e suas fotos estão divinas! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, o livro causa aquele apertinho no coração e para quem curte um livro de chorar, tem que se preparar!

      Excluir
  6. Nossa, eu amo esse livro.
    Como Poppy diz: Meu coração quase explodiu.
    Me incomodei com as atitudes do Rune também, mas Poppy superou tudo.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Poppy é uma personagem incrível mesmo! Eu super adorei.

      Excluir
  7. Não tive oportunidade ainda de ler esse livro e achei suas ressalvas perninentes. Não suporto falta de educação de filho para com os pais.
    Quanto ao fato de ser uma mistura de dois grandes livros, já deu para notar que tem algo haver com alguma doença grave e isso me deixou bem curiosa.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma mistura mesmo, só consegui apensar nisso durante a narrativa haha é um bom livro, apesar das ressalvas. Espero que tenha a chance de ler.

      Excluir
  8. Oi, eu ganhei esse livro num amigo secreto mas vi um spoiler sobre ele e preferi adiar a leitura. Bom saber que foi uma boa leitura apesar de algumas ressalvas.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente uma droga quando pegamos spoiler! Espero que ainda tenha interesse em ler.

      Excluir
  9. Eu já vi muita gente falando que tem algumas ressalvas sobre esse livro. Eu não sei exatamente o que acontece, mas desconfio por conta dos livros que você usou como exemplo. Não sei se leria agora.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, infelizmente tem ressalvas :( é uma boa história, mas peca em alguns pontos.

      Excluir
  10. Eu amo romance com drama e estou curiosa com esse faz tempo, acho que posso gostar dele. Adorei a resenha <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você já curte o gênero, você tem chance de amar demais esse livro. <3

      Excluir
  11. Me identifiquei pq tbm faz um tempo que estou com esse livro parado na estante e sempre acabo passando outra leitura na frente. Eu não sou muito fã de romances, mas gosto de ler para intercalar com as leituras que geralmente faço. E já sinto que vou me emocionar com esse livro rs

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que, de alguma forma, o livro te conquiste. E realmente, é para emocionar haha.

      Excluir
  12. Oi Fabiana.

    Estou com este livro na meta de leitura para ler e achei sua resenha interesse com as ressalvas que você mencionou. Ainda tenho curiosa para lê -lo, mas não vou com grandes expectativas. Parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que o livro te surpreenda positivamente, de verdade. Que seja uma boa leitura :D

      Excluir
  13. Oi!
    Obrigada por nos apresentar esse livro! Eu sempre via a capa dessa obra no instagram e mesmo sabendo que se tratava de um romance eu não sabia qual era a premissa e mesmo sendo um livro que os personagens amadurecem, pelo que você citou junto a comparação com outras obras que não gostei muito, eu te digo: fujo de sofrimento, logo os fatores citados me fizeram pensar que essa não é uma leitura pra mim, infelizmente.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena que não gostou das outras obras citadas, mas se isso te ajudou a decidir em ler ou não o livro, fico feliz. É uma leitura que realmente causa um aperto no coração. Tem que gostar de drama para realizá-la.

      Excluir
  14. Esse é um livro da Tillie que preciso ler, tô bem curiosa por ele e espero curtir. Adorei sua opinião e como vc acho que capítulos mais curtos em livros com muita carga emocional, é bem melhor!

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bom?
    Senti exatamente o que disse na resenha sobre o livro ser uma mistura de um amor para recordar e a culpa é das estrelas! Não estou dizendo que é ruim, pois adorei demais a história e me emocionei, mas original não é!! rs Adorei a resenha e as ressalvas feitas. Foi ótimo relembrar um pouco do livro através da sua resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, eu também adorei o livro, mas não achei algo extraordinário e único, sabe? Fico feliz que tenha se sentido assim também.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.