Resenha | Madeleine em mim, de Danielle Gonçalves

Você seria capaz de mudar a sua vida em busca da sua liberdade e autoconhecimento? “Madeleine em mim”, lançamento da autora Danielle Gonçalves, vai contar a história de Laura e a sua aventura pela vida em busca de uma nova história.

Danielle Gonçalves

Começo essa resenha dizendo que o livro foge um pouco do gênero que estou acostumada a ler. De certa forma, o livro é um conteúdo com uma linguagem diferenciada e mais sexy, mas, independente disso, foi uma leitura que me fez sair da zona de conforto e me fez devorar em poucos dias.

Madeleine em mim” conta a história de Laura, uma jovem de 22 anos, que decidiu que era hora de mudar a sua vida e buscar novas experiências e novas aventuras para preencher o vazio que ela sentia.

Toda vez que se começa uma frase e não a termina, abre-se nela uma lacuna, um espaço, um direito para o interlocutor finalizá-la. Os três pontos que representam esta incompletude indicam um infinito de possibilidades. Infelizmente, a vida da maioria das pessoas é feita de mais começos do que fins. (pág. 7)

Nessa jornada de autoconhecimento, ela acaba fazendo escolhas questionáveis e descobrindo o poder que existe nela. Descobre sobre outras pessoas, suas origens, além de uma grande descoberta espiritual que a surpreende e muda completamente o rumo da sua história.

Danielle Gonçalves

Você seria capaz de qualquer coisa para descobrir quem você realmente é?


Isso é um ponto que a autora Danielle Gonçalves relata bastante durante o livro. Desde o começo é possível perceber como a nossa personagem já é determinada, afinal, sentir um vazio e arriscar toda a sua trajetória até ali para viver novas experiências, é realmente saber o que busca para a sua vida.

Mas esse não é o único ponto. Inúmeras coisas que aconteceram com Laura durante a narrativa me fizeram perceber que a nossa jornada em busca de um autoconhecimento é realmente longa. Muitas vezes acreditamos que estamos no caminho certo, mas será mesmo? Quando descobrimos novas coisas, novos mundos, questionamos se não vale a pena arriscar e embarcar nessa nova aventura.


E quando falo em arriscar, falo que Laura arriscou tudo: abdicou dos seus estudos, da sua vida e se transformou em uma mulher diferente. Todos os acontecimentos a fizeram amadurecer em diversos aspectos e, muitas vezes, ela teve que ser forte para enfrentar algumas barreiras da vida e não desistir de lutar por aquilo que acreditava.

Isso foi um ponto que gostei muito do livro. Quantas pessoas não querem ter uma vida livre, explorar o mundo, conhecer novas pessoas, viver diversas aventuras? Quantas pessoas têm coragem de fazer isso? É um questionamento incrível que a autora nos apresenta ao decorrer das 272 páginas.

Danielle Gonçalves

Como disse no começo dessa resenha, o livro me fez sair totalmente da zona de conforto. Para quem me acompanha sabe que leio muito romance, aqueles bem fofinhos, e quando peguei o livro da Danielle para ler, encontrei uma narrativa mais sexy, um conteúdo mais adulto.

Isso não foi ruim. Foi muito bom, por sinal. Eu pude explorar uma escrita boa e com várias situações. Porém quando digo várias situações, digo de uma forma boa, aliás, quantas coisas não acontecem quando buscamos por mudança, não é? Mas a forma como a autora encaixou tudo, fez com que a leitura fluísse e me deixasse curiosa para saber como a jornada de autoconhecimento de Laura terminaria.

O meu orgulho era mais que um simples defeito, ele era uma bússola importante que guiava os meus passos. (pág. 59)

O título do livro – Madeleine em mim: o poder da serpente – é explicado no decorrer da leitura e que tem um bom contexto por trás de tudo. Eu confesso que não esperava por uma explicação como aquela, mas isso auxiliou no crescimento e amadurecimento da personagem.

Danielle Gonçalves

Confesso que no começo da leitura me senti um pouco desconfortável pelo tema bordado e a descrição de alguns acontecimentos, mas isso foi apenas inicialmente. Nos capítulos seguintes eu já estava totalmente presa ao enredo e curiosa pelo desfecho final. A escrita da Danielle realmente teve esse poder em mim.

Se você nunca se aventurou por livros assim, dê uma chance ao enredo. Ele vai além do que a capa é capaz de revelar. E se você gosta de livro new adult, com uma personagem determinada, forte e madura, e em busca de autoconhecimento, indico que leia “Madeleine em mim”.

Um dos defeitos que carrego é a capacidade de pensar demais, tudo que acontece comigo fica sendo passado e repassado na minha mente por horas, dias, semanas e até meses. (pág. 124)


adicione no skoob: Madeleine em mim
*livro recebido em parceria paga com a autora.


Título original: Madeleine em mim
Escritora: Danielle Gonçalves
Editora: Lua Nova
Páginas: 272
Lançamento: 2019
Gênero: new adult


Uma jovem de 22 anos, com sentimentos inquietantes, decide abandonar o conforto do seu lar para buscar experiências e aventuras que preencham o vazio existencial do qual ela já está cansada de sentir. Em sua busca por si própria, Laura acaba fazendo escolhas questionáveis e descobrindo muito mais do que podia imaginar sobre ela mesma, sobre as outras pessoas e sobre as suas origens, além de descobertas espirituais surpreendentes que mudam completamente a sua história.
Resenha | Madeleine em mim, de Danielle Gonçalves Resenha | Madeleine em mim, de Danielle Gonçalves Reviewed by PS Amo Leitura on outubro 11, 2019 Rating: 5

8 comentários:

  1. Acho que nem sempre é necessário abrir mão e se jogar como a personagem fez pra se descobrir. Mas que é necessário saber quem você é, isso é fato. Não sei se leria agora, mas parece uma história bem interessante, apesar do seu incomodo inicial.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, eu não sei se seria capaz de mudar assim, tão drasticamente. Eu sou alguém que presa muito algumas coisas que têm na vida. E o desapego precisaria ser trabalhado bem fortemente.
    Interessante a abordagem da autora. Deve ser daquele tipo de leitura que coloca a gente pra pensar.
    Um beijo

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  3. Goto de livros que me faz sair da zona de conforto também. E gostei dessa proposta, acredito que deve ter sido uma leitura bem reflexiva, além de ter vários aprendizados. Não sei se eu seria capaz de mudar minha vida por completo, mas às vezes é disso que precisamos para seguir em frente, né?
    Gostei da resenha, dica anotada

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  4. Olá, que bom saber que o livro lhe tirou da sua zona de conforto e lhe agradou, adorei conhecer a obra pelo seu post e acho a premissa do descobrimento da personagem bem interessante.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esse livro mas lendo a sinopse e sua opinião pude sentir que ele tem um enredo bem intenso e porque não dizer tocante. Parabéns pela leitura, sair um pouco da zona de conforto nos amplia os horizontes. Valeu pela dica, quem sabe o leia em breve.

    ResponderExcluir
  6. Oi Fabiana.

    Você apresentou um livro interesse que eu não conhecia. Adoro ler histórias intensas e pela sua resenha ele tem pontos bem positivos. Vou adicionar na lista de desejados, pois sempre é bom sair da zona de conforto.

    Bjos

    ResponderExcluir
  7. A premissa parece ser bem interessante, acho que deve resultar numa ótima leitura. Fiquei bem curiosa.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  8. Gosto muito dos livros mais sexys e aqui ainda fiquei mais interessada por ver que a protagonista arrisca tudo para poder se descobrir ou descobrir quem realmente é e o que quer da vida.
    É muito difícil abrirmos mão de tudo para podermos experimentar novas experiências e pelo jeito bem ousadas.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.