Conheça Fernanda de Castro Lima, autora de As Dez-Vantagens de Morrer Depois de Você

Entrevistar autores tem sido uma experiência incrível, preciso confessar. E neste mês de setembro eu convidei a Fernanda de Castro Lima, autora de "as dez-vantagens de morrer depois de você", para contar um pouquinho mais sobre ela e seu lançamento pela Verus.


as dez-vantagens de morrer depois de você

PS AMO LEITURA: Oi, Fernanda! É um prazer enorme ter você nesse novo quadro aqui do blog e divulgar ainda mais você e seu trabalho.
   Bom, já sei que você é formada em rádio e TV, trabalhou em diversas emissoras e também em editoras (como Abril!) e faz freelancer como jornalista. Sua vida é uma loucura, hein? (risosMas me conta, quem é a Fernanda por trás de todas essas áreas?

FERNANDA: Fabi, antes de mais nada, gostaria de agradecer a você por todo carinho e pela atenção que sempre me deu. Menina, a vida está uma loucura mesmo….rs. Mas uma loucura deliciosa!
   Olha, Fabi, eu acho que eu sou uma pessoa em constante aprendizado sobre mim mesma. É muito difícil a gente se definir de um ou de outro jeito porque, quando nos vemos diante de algumas situações inesperadas, descobrimos coisas sobre nós mesmos que nem imaginávamos. E isso vale tanto para o lado bom, de nos surpreendermos positivamente com nossas reações, quanto para o lado de ruim, de nos decepcionarmos com nossas próprias atitudes.
   Eu estou num momento de autorreflexão, reavaliando comportamentos e, por que não dizer, me encontro em um momento de crescimento. Hoje me sinto um pouquinho mais leve do que há uns anos, no sentido de tentar levar a vida menos a sério, também acho que estou mais corajosa e feliz com minhas escolhas. Tenho me descoberto uma ótima mãe, uma grande amiga, um ser humano extremamente falho, mas uma pessoa de coração bom, que se esforça ao máximo para ter empatia com os outros.



PS AMO LEITURA: Você, por ser radialista e ter um vasto conhecimento, acredito que deve ter muitas ideias para colocar no papel, estou certa? E quando e como surgiu a ideia de escrever um livro?

FERNANDA: Vou falar bem a verdade: a ideia pra mim é o mais complicado.
Depois que ela vem, escrever é a parte mais gostosa e, digamos, menos difícil – mesmo porque está longe de ser fácil. Eu me cobro bastante, procuro prestar atenção em cada frase que escrevo; se não gosto, reescrevo. Assim mesmo, ter uma ideia de história que possa interessar as pessoas é realmente o mais desafiador pra mim. Eu procuro observar a vida para ter algumas ideias, porque na vida acontecem coisas tão malucas que, se colocarmos num livro, as pessoas podem achar que nem é crível.


PS AMO LEITURA: Em uma pesquisa rápida na internet, vi que você tem o conto “o meu pior ex é pior do que o seu?” e que foi lançado de forma independente na Amazon. Como foi a sua experiência de publicação?

FERNANDA: Na verdade não foi de forma independente. Eu sou agenciada pelo escritório da Lucia Riff e, conversando com ela e com minha editora, Eugênia, achamos que seria legal eu colocar um conto na Amazon para algumas pessoas começarem a conhecer um pouquinho do meu trabalho de escritora, para não lançar meu primeiro livro sem ter absolutamente nada publicado. Mas todo o processo de publicação foi feito pela Agência Riff, que tem uma parceria bacana com a Amazon.


 As Dez-Vantagens de Morrer Depois de Você
PS AMO LEITURA: Agora falando sobre o seu lançamento de estreia pela Verus, “as dez- vantagens de morrer depois de você”, como você se sentiu após saber que seu livro seria publicado por editora tão conceituada como o Grupo Editorial Record? Quais as dificuldades você encontrou?

FERNANDA: Eu consegui esse contrato através dos meus agentes literários. Eu me lembro como se fosse hoje quando recebi um e-mail do Roberto Matos, da Agência Riff, me contando que a Verus queria contratar o meu livro. Eu fiquei eufórica, as minhas pernas tremiam e não conseguia acreditar que, depois de 7 anos tentando publicar algo, finalmente iria dar certo. Eu passei o dia inteiro sorrindo que nem boba. Depois de alguns anos recebendo muitos e muitos
“nãos”, eu tive a grande sorte de ter sido abraçada pela Lucia Riff e por todos da Agência Riff, que acreditaram no meu potencial.
   A sensação de saber que eles queriam apostar em mim foi de uma felicidade tão intensa quanto a do dia em que recebi aquele e-mail contando da contratação do livro. Ter o respaldo de nomes tão fortes e respeitados no mercado para mim foi - e continua sendo, claro - uma honra enorme. Se não fosse pelos meus agentes, provavelmente eu teria desistido, porque todos esses “nãos” fazem a gente duvidar da nossa capacidade, a gente começa a acreditar que as pessoas têm razão em nos dizer esses “nãos”. É uma armadilha muito perigosa que armamos para nós mesmos.
   Acho que a questão é, de verdade, aquela que todo mundo diz: se é o que se quer de verdade, não se pode desistir. Minha sorte também é que sempre tive ao meu lado pessoas maravilhosas que sempre acreditaram em mim muito mais do que eu mesma e nunca deixaram que eu jogasse a toalha, como minha irmã, meu marido e meus pais. Até eu ver o livro impresso na minha mão não
conseguia acreditar que estava acontecendo de verdade. Só tenho agradecido ao Universo e a todos que me ajudaram até esse momento, inclusive seu blog e seu Ig Literário.



PS AMO LEITURA: Eu li e amei o seu livro (não nego!), mas durante a leitura fiquei me perguntando se ele foi inspirado em alguma pessoa que fez ou faz parte da sua vida. Foi? Você tem alguma amiga com um vínculo tão grande quanto Gabriela e Júlia?

FERNANDA: Eu tenho uma grande amiga, a melhor do mundo, que é a minha irmã, Cláudia. Mas nossa relação só tem a intensidade em comum com a amizade da Júlia e da Gabriela. Se eu tivesse que, de alguma forma, estabelecer comparativos, diria que minha irmã está mais para a Júlia e eu para a Gabriela, no sentido do tamanho da admiração que tenho pela minha irmã, e pela alegria que ela tem de viver a vida.
   De semelhante com o livro também há o fato de que perdemos uma grande amiga num acidente de carro. A Raquel era a nossa vizinha e melhor amiga de infância da minha irmã. Como eu não desgrudava da Cláudia, por consequência, estava sempre com a Raquel também. Todos os dias. Ela tinha 20 anos quando um motorista alcoolizado ultrapassou o sinal vermelho e bateu no carro em que ela estava. A Raquel não resistiu aos ferimentos. Foi, sem dúvida, um dos momentos mais difíceis das nossas vidas. Até hoje, muitos anos depois, essa história ainda não foi completamente digerida.
   Vira e mexe nos pegamos pensando como ela estaria agora, o que estaria fazendo. Era linda, inteligente, sorridente, tinha um futuro brilhante pela frente, que foi arrancado dela pela irresponsabilidade de um homem. E o curioso é que, pouco mais de um ano antes, minha irmã e eu havíamos sofrido um acidente de carro no mesmo local em que foi o da Raquel, vítimas também de um motorista bêbado que ultrapassou o sinal vermelho. Mas tivemos mais sorte e, por poucos segundos de diferença, hoje eu estou aqui para contar as minhas histórias.



PS AMO LEITURA: Dentre os itens que a Júlia deixou para Gabriela realizar, você já fez algum ou tem vontade? Eu confesso que acho super corajoso as pessoas que ficam com plaquinhas de abraços na Paulista.

FERNANDA: Ahahahaha… Essa do abraço eu não faria jamais! Mas já saltei de paraquedas, já acampei em um lugar selvagem, já fiz aula de dança de salão com a minha mãe (que durou pouco), já adotei uma cachorrinha, que é a minha filha de quatro patas… E me apaixonei, claro. Uau! Nem tinha me dado conta de quantas coisas eu já tinha feito dessa lista até agora. Agora não vou revelar mais para parar de dar spoiler...rs.


 As Dez-Vantagens de Morrer Depois de VocêPS AMO LEITURA: Sei que sua obra acabou de sair do forninho, mas já estou curiosa para saber se devemos esperar mais obras da Fernanda. E aí, tem alguma novidade que pode nos contar?

FERNANDA: Eu já tenho outro livro escrito e estou torcendo muito para que ele seja publicado. É também Young Adult e sou apaixonada pela protagonista. Na verdade, este foi o primeiro livro que escrevi que acreditei ter potencial de ser publicado e o que fez a Lucia Riff topar ser minha parceira.
   O livro As “Dez-vantagens” é o segundo que escrevi, mas foi publicado antes. No momento estou trabalhando em duas produtoras como editora de texto de reality shows, fazendo uma pós em escrita literária, cuidando do filhote, da cachorra e escrevendo um terceiro livro e um conto também. Parece muita coisa para dar conta - e é, na verdade -, mas, nós mulheres temos esse poder de organização que eu acho incrível. Claro que não consigo dedicar o tempo que gostaria à escrita por causa de tantos afazeres e por não ser minha fonte de renda principal ainda. Mas, com a ajuda do marido e da família, é possível encontrar brechas na agenda para me divertir, escrevendo histórias.



PS AMO LEITURA: Cada autor possui um jeitinho único de escrever. Como “as dez-vantagens de morrer depois de você” é a sua primeira obra, como você estruturou as ideias para escrever o enredo? Você sempre teve em mente todos os acontecimentos ou foi surgindo conforme escrevia?

FERNANDA: Eu não tenho um padrão de escrita. Às vezes eu começo a história sabendo apenas o fim, já comecei um livro também a partir da primeira frase que me veio à cabeça. No caso de “as-dez vantagens”, eu fiz uma primeira lista de desejos e já sabia que ia começar o livro pelo salto de paraquedas. Mudei várias vezes os desejos conforme ia escrevendo.
   O que eu preciso saber bem é quem é a minha personagem principal, ou personagens principais. Os secundários, às vezes, surgem das situações que crio na história. Mas, assim… Basicamente eu sento e escrevo...rs. Aí as coisas vêm à minha cabeça. Quando eu travo, sinto a necessidade de pensar e estruturar o que vem a seguir - que pode mudar, quando retomo a sequência dos capítulos. Ou seja, meu processo, honestamente, é uma bagunça! rs




PS AMO LEITURA: Desde quando eu criei o blog, comecei acompanhar mais de pertinho autoras nacionais e confesso que cada vez mais fico feliz com cada obra-prima publicada! Você acredita que a literatura nacional vem ganhando cada vez mais espaço na estante dos leitores? Acredita que as editoras começaram a dar mais espaço para nacionais?

FERNANDA: Eu acredito que existe um movimento, sim, pela literatura nacional. Muito também por causa de influenciadores, como você, que se permitem ler de tudo e vão descobrindo coisas incríveis pelo caminho e espalham isso para quem gosta de leitura.
   Acho que devemos muito também a outras autoras brasileiras, como Thalita Rebouças, Paula Pimenta, que, de certa maneira, abriram caminho e fizeram o jovem se identificar com as histórias e se sentirem pertencentes a elas. Mas ainda penso que existe preconceito, sabia? Especialmente quando falamos em Young Adult.
   Tenho a impressão de que as histórias nacionais escritas para jovens não são consideradas “literatura” por muitos. É como se perdessem um pouco do valor por ter, na maioria das vezes, uma linguagem mais coloquial e uma leitura mais fluida. O que, na minha opinião, é uma grande bobagem. Mas torço muito para que cada vez mais autores nacionais sejam “descobertos”, lidos e divulgados. Quanto mais isso acontecer, melhor para todos do ramo.


 As Dez-Vantagens de Morrer Depois de Você

PS AMO LEITURA: E chegamos a última pergunta! Gostaria de agradecer imensamente a sua participação e adorei saber um pouquinho mais sobre você. Então para finalizar, muitas pessoas possuem um sonho de publicar um livro, principalmente através de uma editora. Qual a sua dica para elas?

FERNANDA: Eu que agradeço, Fabi, de coração, por esse convite.
Publicar um livro por uma editora não é um caminho fácil. Mas eu conheço autores que foram publicados por terem enviado originais pelo correio para as editoras. Pesquise quais delas têm a ver com a sua linha editorial e fique atento às datas em que estiverem recebendo originais.
     Também há autores que conseguiram visibilidade em plataformas de autopublicação, como Wattpad e Kindle, por exemplo, e as próprias editoras foram atrás deles. Esse pode ser um ótimo caminho. Instagram e Facebook também são bacanas para publicar textos mais curtos e, se acompanhados de uma produção visual bacana, a chance de serem lidos e compartilhados parece ser maior.
   Outro caminho é procurar por agentes literários, como eu fiz. Eles são pessoas que têm bastante conhecimento do mercado editorial e que podem, inclusive, sugerir alterações nos seus livros para que ele se torne mais “publicável”, além de terem muitos contatos e mais abertura com as editoras.
   E, como dizem, se é o que realmente ama, procure sempre se aperfeiçoar, fazer cursos, ler muito e, claro, não desista nunca.



Conheça Fernanda de Castro Lima, autora de As Dez-Vantagens de Morrer Depois de Você Conheça Fernanda de Castro Lima, autora de As Dez-Vantagens de Morrer Depois de Você Reviewed by PS Amo Leitura on setembro 19, 2019 Rating: 5

36 comentários:

  1. AAAH eu adorei conhecer a autora, mesmo sem ter lido a obra dela!! As respostas dela mostram como ela é um amor!!

    Beijo
    Imersão Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Fernanda é uma querida! Fiquei mega feliz pelas respostas dela e me fez admirar ainda mais o seu trabalho *-*

      Excluir
  2. Oi!
    Amo quando posso conhecer mais uma autora nacional e com história de sucesso após tantos anos de batalha.
    Também por isso as entrevistas sao mportantes, nos dão uma visão maior da pessoa, da autora e de sua obra.
    Desejo sucesso!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, fazer entrevista tem sido algo incrível, pois a gente consegue conhecer mais dos autores e por trás de suas obras.

      Excluir
  3. A Fernanda é tão linda!!!
    Não vejo a hora de ler esse livro♥️

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Eu não conhecia a autora e adorei a possibilidade de conhecer ainda que de forma breve outro talento da literatura nacional!!!
    Parabéns pela iniciativa!!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha conhecido a autora. É sempre importante falar sobre autores nacionais.

      Excluir
  5. Oi!

    Como ela é fofinha né. A tem a vida mega agitada. Adorei conhecer um pouco dessa autora (que ate agora nem conhecia a obra).

    Fiquei curiosa para saber o que é editora de textos de reality show uihohuihauie não imagino como isso funciona.
    Enfim, a ideia central do livro me chamou atenção e quero ler agora por causa dessa lista.

    Silviane Casemiro
    Blog Memento Mori@Blogueiras.Cansadas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A autora é um amorzinho mesmo <3 fico feliz que tenha gostado e ficado curiosa por alguns pontos hahaha. Espero que leia. Esse livro é muito bom!

      Excluir
  6. Que maravilha de entrevista!
    Eu quero muito ler o livro da Fernanda, e saber um pouco sobre a Fernanda foi bem prazeroso. Só aumentou a vontade de conhecer a escrita dela.
    E você fez uma pergunta que eu tinha muita curiosidade, se a obra foi inspirada em uma situação real.
    Ansiosa para ler todos os livros da Fernanda.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu confesso que muitas vezes fico curiosa se a obra foi inspirado em alguém ou alguma situação da vida do autor. Acho isso tão legal! Espero que você ame o livro da Fernanda, assim como eu amei.

      Excluir
  7. Essas entrevistas são ótimas para a gente se sentir mais próximo do autor, né? Saber alguma coisa mais íntima sobre a história de vida deles. A gente acha que é quase amigo deles. hahaha Adoro.
    E eu, por exemplo, não conhecia a Fernanda. Já vou ficar mais antenada.
    Grande beijo

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, tem sido incrível fazer entrevistas. Me sinto próxima e dá aquele quentinho no coração, sabe? Estou amando!

      Excluir
  8. Olá, estou com muita vontade de ler o livro da autora e amei conferir sua entrevista e poder conhecer mais um pouquinho sobre ela, ótimas perguntas e respostas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado :D garanto que vai amar muito o livro dela.

      Excluir
  9. Olá! ♡ Ahhh, adorei a entrevista! A Fernanada é uma fofa ♡ Eu amei esse novo quadro do Blog, adoro entrevistas, é sempre maravilhoso conhecer mais de perto um escritor que a gente admira ♡
    Adorei saber sobre a vida da autora, me identifiquei com ela em alguns aspectos, de um tempo pra cá também estou tentando levar a vida menos a sério.
    Imagino a emoção ao saber que seria publicada por uma editora tão conceituada como a Verus, a sensação de ter o próprio livro impresso em mãos deve ser incrível! ♡
    Ameiii a entrevista, e já estou animada para conhecer As Dez-Vantagens de Morrer Depois de Você!
    Beijos! ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é fofa demais! Ficou totalmente com meu coração. E fico feliz que tenha gostado desse quadro novo no blog. Tem sido uma experiência incrível! E espero que leia esse livro porque vale muito a pena.

      Excluir
  10. Oiii Fabi

    Uau que entrevista completinha e incrível, adorei conhecer a Fernanda, ela parece ser mesmo um amor, além de super alto astral. Fiquei triste pela amiga que ela e a irmã perderam também num acidente de carro, iso é realmente difícil de digerir. Surtei em saber que já tem mais livro escrito, vamos torcer muito pra que a Fernanda consiga publicar logo, fiquei apaixonada por essa estreia da autora, li em nada e com certeza vou adorar conferir outras estórias.

    Beijos, Alice

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei com o coração super apertadinho nessa parte também. Mas a Fernanda é uma pessoa incrível mesmo! Fico tão feliz em ver que você gostou. Me motiva a continuar cada vez mais com esse quadro no blog!

      Excluir
  11. Oiii ❤ Adorei essa entrevista, a Fernanda é tão fofa!
    Acho que a ideia para criar uma história, é realmente a parte mais difícil, pois sem um ideia bem pensada, não tem como o resto da trama ser escrito.
    Não sabia que a autora já tinha um conto publicado na Amazon, achei que "as dez vantagens de morrer antes de você" era o primeiro escrito que ela lançava.
    Gostei da mensagem que a autora passou sobre não desistir por causa dos "nãos" que recebemos na vida.
    Legal que ela também já realizou algins itens da lista do livro.
    Realmente, muitas vezes a literatura nacional mais voltada para jovens não recebe o mérito que merece e não são vistas como literatura de verdade.
    Foi bem legal poder saber mais sobre a autora.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A literatura nacional vem crescendo muito e isso me deixa cada vez mais feliz e orgulhosa por essas obras. A Fernanda é uma fofa e saber mais o que levou a escrever o livro e toda a sua trajetória, não tem preço <3

      Excluir
  12. Já li ótimas resenhas sobre esse livro e confesso que estou querendo ler. Já add a minha lista de desejo, então ele deve entrar pra lista de escolhidos do fim do ano. E entrevistas sano sempre interessantes porque temos a oportunidade de conhecer um pouco mais do autor por trás da história né!?
    Entendi a autora, também estou numa fase de autoconhecimento e recomeços ... Pretendo fazer uma segunda graduação após dez anos e formada ... 2020 me aguarde!!!
    A algum tempo pensei em escrever um livro, mas por enquanto ele ainda está em fase de pensamento kkk e amo ver os autores dizendo que observar a vida ao nosso redor foi uma das coisas que os inspiraram e isso tem me ajudado.
    Nossa empolgante saber dessa felicidade dela de ter o livro em mãos após sete anos de Nãos. Lembrei até da J.K.Rowling que sofreu muito antes de conseguir lançar Harry Potter.
    Enfim parabéns pela entrevista e sucesso a autora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você precisa conhecer esse livro! É aquele livro que cativa o leitor do começo ao fim e isso é incrível. Acho ótimo a gente passar por processos de autoconhecimento e eu desejo muito sucesso nessa sua nova jornada. Que 2020 seja o seu ano! E sim, também lembrei da JK por ter recebidos vários "nãos". hahaha A vida é uma caixinha de surpresas, né?

      Excluir
  13. Olá,
    Quanta coisa interessante. Ainda não li nenhum livro da autora, mas parece seguir a linha YA que muita gente lê. Gostei de mais da entrevista, falando mais do livro dela assim como tem ótimas dicas.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um YA, mas é aquele que cativa demais, conquista o coração e deixa o leitor com um sorrisinho no rosto, sabe? Eu super recomendo.

      Excluir
  14. Que bacana essa entrevista, tudo de bom conhecer a Fernanda. Não sabia que ela tinha um conto publicado na Amazon, vou procurar por ele. Me senti por dentro de todo o processo do lançamento de Dez Vantagens e das ideias para a obra. É ótimo ver que a literatura nacional vem alcançando grandes metas e recebendo devido valor cada vez mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que essa entrevista tenha lhe proporcionado essa sensação <3 e a literatura nacional vem crescendo demais e eu fico tão feliz por isso! Merece todo o valor do mundo.

      Excluir
  15. Oi Fabiana.

    Adorei a entrevista porque não conhecia a autora. Nem imaginava que ela tinha escrito As dez-vantagens de morrer depois de você. Só através da sua entrevista que liguei os pontos. Parabéns pela entrevista.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Eu já estou bem curiosa para ler esse livro e depois de ler a entrevista e conhecer mais da autora, fiquei mais animada ainda!
    Parabéns! Adorei a entrevista!

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Own, só de ler essa entrevista fiquei apaixonada pela autora. Não tinha conhecimento mas fiquei bem interessada por ela e por suas obras também. Adorei a entrevista!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é muito amor! Eu fiquei ainda mais encantada por ela.

      Excluir
  18. Olá!
    Que lindo, eu ainda não conhecia essa minha xará, mas adorei ler um pouquinho dela e de sua obra! Amei conhecer o caminho que ela fez e saber dessa conquista maravilhosa! Ótima entrevista, deu pra sentir a alegria de ambas as partes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Fico realmente feliz que tenha gostado. Entrevistar a autora foi algo maravilhoso, ainda mais depois de ler um livro incrível como esse <3

      Excluir

Tecnologia do Blogger.