Resenha | Mais que um olhar, de Renata R. Corrêa

Se você descobrisse que tem uma doença e que ela provavelmente te deixaria cega, como você reagiria deste momento em diante? Essa é a história que vamos conhecer em “mais que um olhar”, publicado pela Editora Coerência.

 Renata R. Corrêa

Uma drástica doença que mudou o seu futuro.

Victória é jovem, tem um futuro brilhante pela frente e vários planos, principalmente com seu noivo Otaviano. Um certo dia, em uma consulta de rotina, ela descobre que tem uma doença oftalmológica degenerativa. Em outras palavras: essa doença irá cegá-la com o tempo.

Apesar de pensar no futuro, ela acha que seu noivado está esfriando. Seria possível Otaviano deixar de amá-la por conta de sua cegueira? Isso, assim como lidar com a aceitação de sua doença, acaba deixando-a confusa e com seus sentimentos bem conflitantes.


Quanto de nossas vidas podemos controlar? Até que ponto o destino está em nossas mãos? Às vezes fazemos planos para o futuro, projetamos uma infinidade de possibilidades e lutamos dia após dia para que tudo se encaminhe do jeito que imaginamos, porém a verdade é que controlamos muito pouco do que nos acontece. O acaso é de fato misterioso e pode nos pregar peças. (pág. 07)

Porém nessa busca para encontrar o seu novo caminho antes de perder sua visão e aceitar o que o destino lhe reserva, Victória se associa a uma instituição onde pessoas com problemas visuais tem uma vida normal. Ela descobrirá um novo mundo, um novo começo.

Só que não é só isso: além de se aceitar, ela descobrirá se o seu noivado é capaz de superar todas as dificuldades e principalmente a sua doença; descobrirá que o amor está nos pequenos detalhes e nos pequenos gestos; descobrirá mais sobre si mesma e sobre sua realidade. E encontrará uma pessoa que irá mexer com seus sentimentos.

 Renata R. Corrêa

“Mais que um olhar” é aquele livro com uma grande história de superação.

Me colocando no lugar da personagem, eu não sei se reagiria da mesma forma que ela. Quando descobriu a sua doença, ela demorou um pouco para aceitar (o que é totalmente compreensível), mas depois ela buscou inúmeras alternativas.

Acredito que não existe um outro caminho para seguir. O que ela fez foi descobrir antecipadamente como seu futuro poderia ser, só não esperava que muitas coisas, além da sua visão, mudaram no meio do caminho.


Todos merecem ser feliz, amar e ser amado com a mesma intensidade. E, principalmente, acredito que deve haver cumplicidade entre um casal. Além, é claro, de respeito, entrega e comprometimento um com o outro. (pág. 37)

Tudo o que aconteceu na vida de Victória foi uma lição incrível e de aprendizado.  Além disso, a autora Renata R. Corrêa aborda assuntos muitos importantes, como adoção. É um assunto delicado de relatar em um livro, mas ela soube como fazer isso e deixar com o coração bem quentinho.

Além disso, ela mostrou sobre o verdadeiro amor. Quando um certo personagem surge, tudo começa a fazer sentido e principalmente na vida de Victória. Ela começa descobrir muito além do que jamais teve em sua vida.

 Renata R. Corrêa

Um clichê, mas que vale a pena.

Apesar do livro ser um clichê em alguns aspectos, é uma leitura gostosa de ser feita. Você se conecta com a personagem, sente todos os seus dilemas, sofrimentos, alegria... a forma como a escritora relata cada acontecimento faz valer a pena.

Ressalto apenas um ponto que me incomodou durante a leitura: as falas da criança. Não é algo que tire a beleza do enredo, mas não gosto quando há uma criança em um livro e as palavras são escritas de formas erradas, como por exemplo “quelo”. Compreensível que crianças não falem corretamente, mas isso relatado em um livro é algo que me incomoda.


O mais triste de se perder alguém, além de ter de se conformar com a falta, é perceber que a vida continua. Por mais que seu coração esteja partido, suas esperanças perdidas e sua fé abalada, é preciso seguir em frente. (pág. 126)

Exceto isso, “mais que um olhar” é aquele livro que muitas pessoas vão adorar e que vai finalizar com um grande suspiro.

 Renata R. Corrêa

O livro me trouxe algumas reflexões.

Até onde o amor é capaz de suportar? Um amor verdadeiro é capaz de superar qualquer barreira, não importa a sua deficiência/necessidade, não importa quanto tempo vocês estejam juntos, não importa nada. Se o sentimento for real, qualquer coisa será banalidade.

Mais que um olhar” é um livro que vai te mostrar a importância do amor nos momentos mais difíceis, a importância de compartilhar esse sentimento com mais pessoas e como ter empatia pelo próximo.


Existem momentos na vida em que precisamos tomar decisões, e escolher é sempre abrir mão de algo, o que não costuma ser fácil. (pág. 193)


Avaliação: 3,5 ❤ - adicione no skoob: mais que um olhar
*livro recebido em parceria com a editora coerência.


Título original: Mais que um olhar
Escritor: Renata R. Coerrêa
Editora: Coerência
Páginas: 206
Lançamento: 2019
Gênero: romance / sick-lit / drama / literatura nacional

SINOPSE:
Victória descobre ainda jovem que tem ficará cega devido a uma grave doença oftalmológica degenerativa. Enquanto luta para se adaptar a sua nova realidade, ela ainda precisa enfrentar outros dramas pessoais, questionando inclusive seus sentimentos pelo noivo, após se sentir atraída por um outro rapaz. E é nessa busca por si mesma, aceitando que o destino às vezes é cruel e implacável, que Victória se mostrará muito mais forte do que um dia imaginou. Prepare-se para se emocionar com uma história sensível, dramática e sensual, sobre superação e amor.

Resenha | Mais que um olhar, de Renata R. Corrêa Resenha | Mais que um olhar, de Renata R. Corrêa Reviewed by PS Amo Leitura on agosto 02, 2019 Rating: 5

24 comentários:

  1. Olá Fabiana!
    Que história emocionante. A mensagem que ela passa foi o que mais me tocou. Não sei se também reagiria da mesma forma que a protagonista ao descobrir a doença mas o fato de ela não ficar deprimida e nem se lamentando, e sim buscar alternativas possíveis para lidar com isso me surpreendeu bastante. Eu achei a capa do livro simples e bonita.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Esse ponto foi o que mais me agradou no livro: ela buscou formas de conviver com aquilo. Incrível, né? Me tocou bastante nesse aspecto.

      Excluir
  2. Achei interessante a historia do livro, mas sick-lit geralmente nao é minha praia. Foram poucos os que li (e amo muito eles) e sempre choro no final kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse você não vai chorar, mas vai te trazer grandes lições e em muitos momentos aquele apertinho no coração. Recomendo a leitura.

      Excluir
  3. eu vi algumas pessoas falando sobre esse livro e confesso que achei a capa muito bonita mas não parei pra prestar atenção no que o livro aborda e fiquei encantada, confesso. Me deu muita vontade de ler, mesmo que chick lit não seja muito a minha praia eu gosto as vezes de uma história mais intensa <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É aquele livro clichê, mas gostoso de ser lido, sabe? É uma linda história e tem muitas lições por trás dela.

      Excluir
  4. Não conhecia o livro, mas acabei lembrando da série 'Sabrina' pq uma das amigas dela tem essa doença. É triste mesmo!!! Deve ser um enredo bem emocinante mesmo. Valeu demais pela dica, gostei.
    Parabéns pela leitura e resenha!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Ainda não assisti Sabrina, mas muito bom saber disso. E sim... é um livro que realmente vale a pena a leitura.

      Excluir
  5. Oiiii,

    A peneira coisa que preciso dizer é que está capa é muito linda! E depois que eu fiquei extremamente curiosa pra poder conferir a leitura e saber como ela irá enfrentar o processo de cegueira e seno noivo vai permanecer com ela ou não. Gostei de saber que o livro traz reflexões, é um tema muito importante e é ótimo saber que te deixou pensando depois da leitura. Espero poder conferir em breve e a dica esta mais do que anotada.

    Beijinhos...
    http://www.equipenerd.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado da dica. É um livro que vale a leitura, principalmente por toda reflexão que ele traz. Espero que curta.

      Excluir
  6. Acho que isso de sempre colocarem as palavras da criança erradas deixa a leitura cansativa. Fiz uma leitura recentemente que tinha uma garotinha com língua presa e a autora colocava só de vez em quando as palavras erradas e no início ela explica que faria isso. É um jeito mais inteligente de abordar. O que você fala da postura da personagem em relação a doença me deixa agoniada kkkk eu não sou a pessoa mais positiva, então quando os personagens são mais assim eu tenho mais dificuldade hahha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre a criança: exatamente. É algo que me incomoda um pouco. Sobre a personagem: acho que é uma excelente perspectiva de ver a vida, sabe? Acredita em um amanhã melhor. Gostei disso rs.

      Excluir
  7. Queria dizer que além da capa ser linda eu achei as suas fotos maravilhosas! Tão delicadas como o próprio enredo do livro, o qual me despertou certa curiosidade e atenção. Não costumo ler livros que abordam esse tipo de tema, ainda mais quando a protagonista tem alguma deficiência, mas justamente por isso fiquei interessada, já que é tão importante que a literatura aborde esse assunto e fale sobre essas pessoas.
    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, muito obrigada <3 Fico feliz que tenha se interessado pelo livro e espero que dê uma chance. É uma história que vale a pena conhecer.

      Excluir
  8. Não conhecia o livro, aliás para ser sincera acho que nunca li nada dessa editora, mas gostei da premissa e pretendo dar uma chance futuramente.
    Tenho problema de visão sério e consigo me identificar um pouco com a confusão da protagonista ao receber o diagnóstico. <3 Já quero ler

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, sério? :/ mas acredito que você pode gostar da leitura. Tem muitas reflexões e ainda deixa aquele "quentinho" no coração, sabe?

      Excluir
  9. Oi!
    Adorei o enredo e os temas abordados, pode ser até clichê mas sempre tiramos uma reflexão quando lemos, a aprovação que a personagem tem que passar para sua vida e seu futuro é um crescimento. Adorei a capa e mais por ser literatura nacional. Parabéns pela resenha, estou curiosa para saber como se desenrola a trama, obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Por isso digo que é um clichê que vale a pena. Uma leitura boa, descontraída e apesar de todo o tema abordado, ainda é leve.

      Excluir
  10. Olá, antes de tudo eu preciso dizer como essa edição tá linda demais, poxa vida, que coisa maravilhosa! Confesso que não sei como iria reagir com uma noticia dessas, fique bastante pensativa a respeito disso, sua resenha me deixou curiosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a gente nunca consegue imaginar como reagiríamos, né? É um livro bom e que vale a pena a leitura e reflexão.

      Excluir
  11. Olá!
    Uau que premissa! Descobrir que no futuro esta doença pode deixar a protagonista cega com certeza mudou a vida dela! Também gostei de saber que a trama aborda um pouco adoção, porque acho um assunto tão importante e tão pouco explorado na literatura... Enfim, que pena que alguns pontos de desanimaram, também não gosto de personagens crianças que falam errado, sei lá, também me imcomoda. Mas fiquei curiosa para ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que esse é só um ponto que me incomodou mesmo, mas exceto isso, é um livro com muita reflexão. É verdade... deveriam falara mais sobre adoção na literatura.

      Excluir
  12. Oiê,
    Não conhecia esse livro e estou super curiosa por tudo o que o livro oferece. Amo histórias que nos trazem reflexão e o exercício da empatia, então tenho certeza que esse é o tipo de livro que vou gostar!
    Parab´ns pela reseenha!!

    ResponderExcluir
  13. Então com certeza você vai amar muito essa leitura! Espero que leia <3

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.