Evento | O que rolou na Flipop 2019

Nos dias 2, 3 e 4 de agosto, aconteceu a terceira Flipop em São Paulo, organizada pelo grupo Companhia das Letras, e eu fui lá conferir de pertinho o que rolou.

companhia das letras

Bate-papos essenciais.

Pela programação de todos os dias, pude perceber o quanto rolou bate-papos importantes para o mundo da literatura. Como fui apenas em um dia, tive a oportunidade de conferir de pertinho um bate-papo sobre comédia romântica, que contou com presença de autores da literatura brasileira como Victor Martins (um milhão de finais felizes), Clara Alves (conectadas), entre outros.


O bate-papo falou sobre “a volta das comédias românticas”, a sua importância nesse meio literário e como aos poucos a diversidade está aparecendo nesse gênero. Foi ótimo saber um pouco mais sobre cada autor e sobre o que inspirou aos mesmos criar histórias cheias de diversidades.

Também houve bate-papo com as autoras internacionais que contaram presença no evento: Erin Beaty (o beijo traiçoeiro) e Kristen Ciccarelli (a caçadora de dragões). Infelizmente não consegui participar, mas vi alguns stories e percebi que foi algo bem descontraído, divertido e o que podemos esperar nas próximas continuações das sagas.



O evento também contou com debates como: “o que torna um livro infantil em um clássico?”, “como contar nossas histórias?”, “outras formas de publicar”, “romances de época”, e muito mais! Então é possível perceber como a flipop é um evento cultural importantíssimo para o meio literário e como isso pode auxiliar em diversos aspectos.

companhia das letras

Eu conheci Erin Beaty, Kristen Ciccarelli e Isis Figueiredo!

Ir para a flipop e não conhecer nenhum autor, isso não seria a experiência completa para mim! Antes de ir no domingo, conferi quais seriam os autores presentes naquele dia e aproveitei a oportunidade para conhecer as autoras internacionais e uma autora nacional, é claro.

Como adquiri meus exemplares da Erin e da Kristen no local do evento, não tive muito o que conversar com ambas, mas pude perceber o quanto são simpáticas, acessíveis e estavam superfelizes de estarem naquele evento. Se fiquei com vontade para começar os livros naquele exato momento? Sem dúvidas.

Erin Beaty, autora de “o beijo traiçoeiro” e “a missão traiçoeira”:

Conheça: Uma garota obstinada que não quer se casar. Um soldado que fará de tudo para provar seu valor. Um reino à beira da guerra. Com sua língua afiada e seu temperamento rebelde, Sage Fowler está longe de ser considerada uma dama — e não dá a mínima para isso. Depois de ser julgada inapta para o casamento, Sage acaba se tornando aprendiz de casamenteira e logo recebe uma tarefa importante: acompanhar a comitiva de jovens damas da nobreza a caminho do Concordium, um evento na capital do reino, onde uniões entre grandes famílias são firmadas. Para formar bons pares, Sage anota em um livro tudo o que consegue descobrir sobre as garotas e seus pretendentes — inclusive os oficiais de alta patente encarregados de proteger o grupo durante essa longa jornada. Conforme a escolta militar percebe uma conspiração se formando, Sage é recrutada por um belo soldado para conseguir informações. Quanto mais descobre em sua espionagem, mais ela se envolve numa teia de disfarces, intrigas e identidades secretas. E, com o destino do reino em jogo, a última coisa que esperava era viver um romance de tirar o fôlego.


Erin Beaty

Kristen Cicarreli, autora de “a caçadora de dragões” e “a rainha aprisionada”.

Conheça: Primeiro volume de uma trilogia fantástica, em que dragões e humanos estão em guerra — e cabe a uma garota matar todos eles. Quando era criança, Asha, a filha do rei de Firgaard, era atormentada por sucessivos pesadelos. Para ajudá-la, a única solução que sua mãe encontrou foi lhe contar histórias antigas, que muitos temiam ser capazes de atrair dragões, os maiores inimigos do reino. Envolvida pelos contos, a pequena Asha acabou despertando Kozu, o mais feroz de todos os dragões, que queimou a cidade e matou milhares de pessoas — um peso que a garota ainda carrega nas costas. Agora, aos dezessete anos, ela se tornou uma caçadora de dragões temida por todos. Quando recebe de seu pai a missão de matar Kozu, Asha vê uma oportunidade de se redimir frente a seu povo. Mas a garota não vai conseguir concluir a tarefa sem antes descobrir a verdade sobre si mesma — e perceber que mesmo as pessoas destinadas à maldade podem mudar o próprio destino.


Kristen Ciccarelli


E por último, mas não menos importante, Iris Figueiredo – autora de “o céu sem estrelas”. Ainda não tive oportunidade de ler o livro dela, porém a forma como ela me recebeu e todo carinho, foi incrível. Quando entreguei meu marcador e ela entendeu a referência, começou a me contar sobre seu amor pela Cecelia Ahern. Foi impossível não sentir vontade de colocá-la em um potinho!

Simpática, transbordando alegria, sorrisos, abraços e atenção. Iris é mega atenciosa e merece esse destaque!

Conheça: Um romance sensível e envolvente sobre autoestima, família e saúde mental. Cecília acabou de completar dezoito anos, mas sua vida está longe de entrar nos trilhos. Depois de perder seu primeiro emprego e de ter uma briga terrível com a mãe, a garota decide ir passar uns tempos na casa da melhor amiga, Iasmin. Lá, se aproxima de Bernardo, o irmão mais velho de Iasmin, e logo os dois começam um relacionamento. Apesar de estar encantado por Cecília, Bernardo esconde seus próprios traumas e ressentimentos, e terá de descobrir se finalmente está pronto para se comprometer. Cecília, por sua vez, precisará lidar com uma série de inseguranças em relação ao corpo — e com a instabilidade de sua própria mente.



Iris Figueiredo

Brindes, sorteios e livros!

O evento é organizado pelo grupo Companhia das Letras com o apoio de outras editoras como Aleph, Grupo Editorial Record, Morro Branco, Rocco, entre outras. Lá você encontra muitos livros, conhece muitos lançamentos e até tem oportunidade de ter um livro antes de chegar às livrarias – como foi o caso da editora Morro Branco com o lançamento A Trama Perdida, terceiro livro da Biblioteca Invisível.


Os preços não são tão diferentes do que encontramos em uma Bienal, por exemplo. Variavam de R$ 28,00 até mesmo R$ 49,00. Achei os valores um pouquinho salgados, principalmente para livros que não eram lançamentos, porém, valia a pena se você quisesse conhecer o autor que estava no local, como foi o meu caso.

Tinha muitos brindes, sim! Logo quando você fazia o credenciamento, recebia uma ecobag da flipop com vários marcadores. Em cada estande de editora você podia pegar marcadores, bottons e muito mais! E foi assim que saí do evento transbordando de brindes. Já estou até pensando em fazer um sorteio bem recheado!



E também teve sorteios! A editora Seguinte fez uma batalha musical valendo um livro, assim como o turista literário, que também contou presença neste evento, estava sorteando vários brindes e até mesmo uma malinha! Eu não tive tanta sorte... consegui apenas 3 marcadores.

companhia das letras

E essa foi a flipop 2019!

Enfim, deu para perceber o tanto de coisa que podemos encontrar neste evento, não é mesmo?

Queria muito ter comparecido nos 3 dias e vivido todas as experiências, principalmente assistido vários debates, mas de qualquer forma, foi um dia incrível de livros, bate-papos e ver muitas pessoas que também são apaixonadas pela literatura.

Para quem nunca participou do evento, programem-se para o do ano que vem. É uma experiência diferente da Bienal, mas que vale a pena conhecer de pertinho. A Companhia das Letras está de parabéns por um evento pop como esse!

Evento | O que rolou na Flipop 2019 Evento | O que rolou na Flipop 2019 Reviewed by PS Amo Leitura on agosto 08, 2019 Rating: 5

12 comentários:

  1. Oi, Fabiana! Fiquei sabendo do evento um pouco tarde e não consegui comparecer :(
    Amei a sua postagem! Deve ter sido uma experiência incrível mesmo ♥ As fotos ficaram lindas e que bom que você conseguiu conhecer alguns autores!
    Estou super ansiosa por esse sorteio e espero que o marcador de Menina Veneno esteja nele (hahaha)

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu decidi tudo em cima da hora, mas foi uma experiência incrível e válida. Espero que ano que vem você consiga participar :D e eu estou programando mesmo o sorteio. Estou bem empolgada e vou pensar sobre esse marcador hahaha.

      Excluir
  2. Olá, tudo bem? Menina, que tudo essa postagem! Nunca fui na Flipop, mas tenho bastante vontade, e adorei tu ter trazido pra gente o que rolou por lá. "Céu sem estrelas" é lindo demais, leia assim que possível, hahaha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado. É sempre bom contar nossa experiência em eventos, né? E eu estou mega ansiosa para ler esse livro, ainda mais depois de ter conhecida a fofa da Iris!

      Excluir
  3. eu estou em prantos com este post, chorando muito aqui hahahahaha
    eu queria tanto ter ido na flipop, sempre tive vontade de ir porque amo todos os autores que foram, mas eu tive uns imprevistos terriveis e não consegui ir.
    Ai amei suas fotos, seu post, eu tô aqui babando em tudo, socorro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que ano que vem você consiga participar dessa experiência. Estou bem ansiosa para ler esses livrinhos e amar!

      Excluir
  4. Que arraso de evento! E ainda conheceu 3 autoras maravilhosas, muito bom mesmo.
    Fica nítido o quanto foi proveitoso.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Que legal! E os autógrafos super fofos! Gostaria de ter participado do bate papo sobre literatura infantil: que torna um livro infantil em um clássico? Deve ter sido maravilhoso.

    ResponderExcluir
  6. Eu fiquei tão triste por não ter conseguido ir, mas amei acompanhar os eventos nas redes sociais e ver que foi um sucesso <3 *_*

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  7. Oi! *-* Tudo tão lindo!! Deve ser o paraíso na terra eventos como esse! Eu moro numa cidade que tem só uma livraria, ir a um evento como esse seria quase que surreal pra mim! Acho quem consegue ir sortudo demais! Imagina que máximo, você poder conhecer autores, e amigos feitos por causa das redes sociais.. ♥ Sonho!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  8. Ai que legal eu queria muito ter ido, mas fica longe demais da minha casa. Os valores estavam puxados mesmo hein, mas na Bienal ainda é possível encontrar promos de 5, 10 reais. Adorei as fotos e saber como foi a sua experiência com o evento.

    ResponderExcluir
  9. Eu amo participar de feiras literárias, a Flipop é uma das que tenho muita vontade de conhecer. Que massa a sua experiência, amei ler seu post e saber um pouco do que aconteceu!!!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.