Resenha: Tudo o Que Deixamos para Trás, de Maja Lunde

julho 03, 2018

E se as coisas que aconteceram no passado se encaixassem perfeitamente no presente e tivesse uma grande mudança no futuro? “Tudo que deixamos para trás” vai narrar uma incrível história sobre o desaparecimento das abelhas, assim como a relação entre pais e filhos, expectativas, sonhos, perdas e esperanças.


Maja Lunde


Nesta incrível distopia, nós vamos conhecer o passado de William, em 1852, que era um biólogo inglês que desejava criar uma colmeia e que ela trouxesse um grande reconhecimento para a sua família. Ele batalhou, aos olhos dos anos, para que isso fosse possível. Mesmo doente, William fez tudo que esteve ao seu alcance, mas uma de suas filhas o ajudou a ter uma visão e uma perspectiva diferente. Será que era o momento de ser reconhecido?

Maja Lunde
Já no presente, em 2007, somos apresentados para George que é um apicultor americano e luta para manter o seu negócio produtivo e acredita que seu filho pode ser a salvação da fazenda e da sua família. Aliás, devido aos problemas que vem enfrentando, as abelhas estão começando a entrar em extinção. Tudo depende apenas do modo como as coisas irão acontecer. A fazendo e sua família está nas mãos de George. Até onde ele conseguirá alcançar?

E no futuro, em uma China futurista, em 2098, nós conhecemos Tao que trabalha com polinização manual, já que as abelhas desaparecem alguns anos atrás. Tudo o que ela deseja é que seu filho tenha uma educação e uma vida melhor do que ela. Mas, as coisas acontecem em um piscar de olhos e Tao se vê completamente perdida. Mesmo assim, luta para que nada abale sua esperança e são nos livros que ela encontrará a resposta para dias melhores.


🐝 “Aquela breve hora era tudo que tínhamos, e naquela breve hora eu talvez pudesse fazer uma diferença.” (pág. 17)

O que a extinção das abelhas causaria em todos nós? E é através desta incrível distopia que a autora norueguesa Maja Lunde nos faz refletir sobre as pequenas coisas e até mesmo vivenciar grandes conflitos familiares. Você está pronto para esta realidade?

💭

Maja Lunde

Tudo que deixamos para trás” foi uma surpresa muito agradável. Confesso que li a sinopse e me despertou um interesse pela mesma, assim como a capa. Já imaginava que o livro abordaria assunto como as abelhas, mas não imaginava que a narrativa iria além disso!


🐝 “Sem paixão não somos nada.” (pág. 83)

Quando somos apresentados para os personagens, a autora nos mostra os conflitos que os pais e filhos enfrentam nessa jornada e é algo que acaba afetando a família em todos pontos. Assim como também somos apresentados todos os sonhos e expectativas dos personagens em ter algo melhor, um futuro melhor e fazer com que tudo simplesmente aconteça e se realize. E são 475 páginas que você fica completamente fixado na história e desejando saber o que irá acontecer no capítulo seguinte.

Maja LundeComo possuem três narrativas, cada uma em um tempo, a expectativa para determinado capítulo aumenta. Confesso que o capítulo narrado por Tao foi o que mais me prendeu no decorrer da história. Talvez a forma como os acontecimentos eram diferentes por acontecer em um futuro distante e como ela se mostrou completamente forte e determinada em lutar por aquilo que acreditava. Lutou, estudou e provou o seu valor! Isso foi incrível.

Os capítulos narrados por William mostraram como as coisas eram no passado. Ele, como o “chefe” da casa, tinha que trabalhar e sustentar sua família. Já sua mulher ficava em casa cuidando das crianças e dos afazeres domésticos. Isso não vai além do que já vivenciamos no passado, certoE Charlotte, uma das filhas de William, é completamente inteligente e vai ter um grande valor no decorrer da narrativa.


🐝 “Tinha pensado que teria de escolher, mas eu daria conta das duas: tanto da vida como da paixão.” (pág. 208)

E por último os capítulos de George. Nele é visível os problemas que um pai e um filho pode ter quando ele decide tomar as suas próprias decisões e seguir um caminho completamente diferente do que o pai desejava. Decepção, mas também uma grande lição, inundam esses capítulos. Talvez tenha sido a narrativa que menos me apeguei aos personagens, mas que tem grande valor na história.

Quando finalmente todos os acontecimentos começam a cruzar e todos as questões serem resolvidas, a leitura começa a ficar ainda mais empolgante! É quando começamos a entender o valor de cada personagem nessa importante jornada, assim como a vida das abelhas. Você alguma vez já parou para pensar nessa importância? Talvez, assim como eu, nunca. Mas esse livro vai te trazer uma visão diferente e essa ligação entre eles é realmente incrível! É uma distopia maravilhosa.

Maja Lunde

Para iniciar a leitura de “tudo que deixamos para trás” é preciso abrir totalmente seu coração para conhecer os nossos personagens e conhecer mais sobre as abelhas. Um livro que realmente vai trazer uma grande reflexão e uma grande importância para as nossas vidas. Um livro que vai te fazer criar diversas teorias, expectativas e sonhar grande, assim como Tao, William e George. Um livro para te trazer esperança!


🐝 “Como seria simples apenas deitar, envolver-me nas cobertas, deixar tudo ficar escuro e quente.” (pág. 322)

Avaliação: 4/5 ❤


Título original: Bienes Historie
Escritora: Maja Lunde
Editora: Morro Branco
Ano de publicação: 2016
Páginas: 475
Gênero: Distopia / Drama / Ficção

SINOPSE | SKOOB
Em 1852, William é um deprimido biólogo inglês, que deseja criar um novo tipo de colmeia capaz de trazer reconhecimento para sua família. Em 2007, George é um apicultor americano que luta para manter o negócio produtivo e acredita que seu filho pode ser a salvação de sua fazenda. Em uma China futurista, quando todas as abelhas desapareceram, Tao trabalha com polinização manual. Enquanto passa seus dias pendurada em árvores, deseja para seu filho uma educação e vida melhores do que a sua.
   Mais do que uma distopia sobre o desaparecimento das abelhas, em que passado, presente e futuro se encontram, Tudo Que Deixamos Para Trás é uma poderosa história sobre o relacionamento entre pais e filhos e o sacrifício que fazemos por nossas famílias. 

You Might Also Like

10 comentários

  1. Amei sua resenha, fiquei interessada no livro que ainda não conhecia!

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Parece um livro bem diferente, olhando para a capa eu nunca diria ser um distopia e ter algo a ver com a China. Acho legal isto, quando a gente é totalmente surpreendido pela trama...
    A capa é linda!!

    ResponderExcluir
  3. Olá! Acredita que acabei de ler um livro que também se passa na China? Eu adoro histórias assim. Nunca ouvi falar deste livro, mas parece ser realmente interessante. Não li nada que se tratasse das abelhas, nem sobre uma possível extinção das mesmas, mas penso que é um tema muito necessário para nós. Adorei a resenha!

    Beijos.
    http://cantinhodaescritaa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Acho que acabei de ver algo sobre o livro no facebook, mas parece que era com uma capa diferente. A história parece legal, mas não algo que eu leria no momento. Que bom que a leitura te agradou!


    bjs,
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Não conhecia o livro, mas me parece ser um livro bem reflexivo!
    Adorei a resenha, beijos

    ResponderExcluir
  6. Ai que delicia de livro! Gostei dos cenários diferentes em épocas diferentes , achei demais! Na verdade não costumo ler distopias , mas só de ler sua resenha pude perceber o quanto o livro é lindo e certamente fará diferença depois da leitura. Amo livros que nos trazem , de alguma maneira, esperança.
    Amei a dica de leitura e certamente já está na minha lista.

    um beijo

    www.chuvanojardim.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie!

    Não conhecia esse livro e vendo a capa nunca imaginaria que se trata de uma distopia. Adorei a resenha e a forma como você diz que o livro trata dos relacionamentos familiares.

    Beijos
    Carol
    www.thereviewbooks.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá.
    Eu nunca tinha parado pra pensar no impacto que as abelhas causam no mundo e o quanto elas são importantes para o planeta. Acho que o livro é bem feliz ao mostrar como as abelhas fariam falta se elas deixarem de existir. Além disso, os três personagens principais são bastante autênticos.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu não conhecia o livro e achei bem diferente como o autor abordou os temas. Gosto de livros com histórias paralelas, acompanhar os personagens é sempre bem gratificante. Sua opinião me deixou bem empolgada para ler o livro.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  10. Oiii, nunca tinha visto esse livro e fiquei bem curiosa pela forma como os temas foram conduzidos. Adorei ler a sua resenha, perceber que ele tem características que eu gosto e por isso já anotei a dica!

    ResponderExcluir

Instagram

NO FACEBOOK

SOBRE

blog PS Amo Leitura
PS Amo Leitura surgiu em 2014 com o intuito de compartilhar o meu amor pela leitura com todos.

o que estou lendo

Skoob